Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Materiais Construção > Telhas ecológicas e o caminho da sustentabilidade

Telhas ecológicas e o caminho da sustentabilidade

Visitas: 30
Comentários: 2
Telhas ecológicas e o caminho da sustentabilidade

O termo sustentabilidade, que surgiu há pouco tempo em nosso vocabulário, resume conceitos e procedimentos necessários para a manutenção da vida em nosso planeta:

“Prover o melhor para as pessoas e para o ambiente, tanto agora quanto no futuro, privilegiando as ações ecologicamente corretas, economicamente viáveis, socialmente justas e culturalmente aceitas.”

Vários setores da sociedade e da indústria têm buscado essas diretrizes através do desenvolvimento de produtos e serviços ecologicamente sustentáveis. O setor da construção civil é um deles e tem investido no desenvolvimento de produtos que não agridam o meio ambiente ou a saúde do ser humano.

As telhas ecológicas produzidas a partir de resíduos de fibras vegetais de madeiras e de não-madeiras e até de fibras de papel reciclado surgiram para substituir as antigas telhas fabricadas com amianto ou asbesto, uma fibra mineral, que pode causar doenças ao ser humano. As telhas fabricadas com fibrocimento vegetal não oferecem riscos à saúde.

Além disso, os fabricantes do produto alegam que essas telhas têm uma composição revolucionária: uma monocamada de fibras vegetais que são impregnadas de betume, pigmentadas para se obter a cor desejada e em seguida protegidas por uma resina especial que oferece proteção contra os raios UV e que o reforço dessas fibras representou uma melhoria significativa do desempenho mecânico e da durabilidade destes materiais.

Algumas outras telhas são fabricadas exclusivamente com matérias reciclados ou recicláveis, como uma empresa brasileira que usa tubos de pasta de dente na fabricação de suas telhas, e alegam que além de contribuírem para a conservação do meio ambiente, essas telhas possuem alta resistência, são extremamente leves, são antichamas e possuem ótimo nível de isolamento térmico.

Os produtores alegam que as vantagens sobre as telhas convencionais compensam o preço, que é um pouquinho mais alto, porque as telhas ecológicas possuem mais tempo de garantia de impermeabilização, baixa transmissão de calor e ruídos, são leves, flexíveis e resistentes ao mesmo tempo, não quebram no transporte e na instalação, também tornam mais fáceis o manuseio e a estocagem, resistem a chuvas e ventos fortes. São bonitas, versáteis e têm vários modelos e cores. Não agride o meio-ambiente. Como não contém amianto, seu manuseio é totalmente seguro para a saúde.

Todo o planeta está buscando garantir a manutenção de uma vida saudável no futuro e optar, dentro das possibilidades de cada um, por produtos ecologicamente sustentáveis, desenvolvidos por empresas comprometidas com a preservação da natureza, contribui para reforçar o surgimento de mais empresas ecologicamente responsáveis.


Glaucia Alves

Título: Telhas ecológicas e o caminho da sustentabilidade

Autor: Glaucia Alves (todos os textos)

Visitas: 30

794 

Imagem por: MichiganMoves

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    12-05-2014 às 14:11:26

    Seria ótimo se as pessoas as utilizassem para preservar o meio ambiente.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãodaiane

    14-09-2011 às 22:41:59

    muito bom!!!

    ¬ Responder

Comentários - Telhas ecológicas e o caminho da sustentabilidade

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Imagem por: MichiganMoves

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios