Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Uma estante virtual

Uma estante virtual

Categoria: Literatura
Uma estante virtual

Para onde todas as pessoas boas foram?

Foi esta pergunta, indagada por Jack Johnson na música “Good People”, que inspirou os criadores do site skoob.com.br: “A primeira e maior rede de leitores do Brasil”, conforme descrição no próprio site.

O nome do site, que às vezes não é compreendido de imediato, é um anagrama simples da palavra inglesa “books”, que significa “livros” em português, e seus membros são carinhosamente chamados de skoobers.

Os autores, no texto de apresentação, afirmam que é para lá que todas as pessoas boas foram e onde elas se encontram e, com certeza, após alguns dias fazendo parte dessa rede literária, qualquer skoober concordará com a afirmação.

O site, que possui uma interface iconográfica bonita e intuitiva, permite a cada membro recriar uma estante virtual de livros com todos os títulos que fizeram parte de sua jornada literária: aqueles que foram lidos avidamente ou de forma letárgica, mas lidos por completo; aqueles que foram abandonados devido a uma linguagem difícil ou uma história maçante; os que estão em nossa cabeceira no momento sendo abertos pela primeira vez ou aqueles que estão sendo apreciados novamente pelos nossos olhos; os preferidos que nos encantam pela linguagem elaborada e poética, pela história surpreendente em uma literatura fantástica ou porque nos apaixonamos pelas personagens loucas, intensas, profundas e incomuns; os mais desejados, os preferidos, os que já possuímos e os que estamos dispostos a trocar. Todos eles são destacados em nossa estante virtual.

No perfil de cada membro ainda há um espaço para recados que pode ser utilizado para fazer novos amigos, divulgar lançamentos próprios, conversar sobre livros e, o mais intenso de todos, negociar trocas. É nesse quesito que a interação entre os membros ultrapassa a realidade virtual e se torna física.

As trocas são negociadas pelos próprios membros e normalmente são feitas através dos Correios. A confiança entre os skoobers é o “gatilho” principal das negociações, afinal de contas, é lá que as pessoas boas estão.

O site é realmente incrível e o lugar certo para os que amam ler. Além disso, avaliar livros, criar resenhas e registrar históricos de leituras com avaliações e comentários transformam os membros de expectadores a escritores incipientes.

E por mais que o site seja brasileiro e que trocas físicas pareçam um pouco impossível para membros de outros países, a troca de experiência é mais do que viável e incentivada, afinal, a internet não conhece fronteiras.


Glaucia Alves

Título: Uma estante virtual

Autor: Glaucia Alves (todos os textos)

Visitas: 0

602 

Imagem por: stephmcg

Comentários - Uma estante virtual

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Imagem por: stephmcg

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios