Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > Itália e a Arte

Itália e a Arte

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Arte
Visitas: 2
Itália e a Arte

No Pentecostes, de Andrea Orcagna, o Espírito Santo desce sobre Nossa Senhora e os apóstolos, dispostos sobre uniformemente sobre o tríptico, e coloca sobre eles as línguas de fogo, tornando-os oradores astutos. Das suas cabeças vemos sair línguas vermelhas. Um dos apóstolos do painel direito olha para o observador.

Na obra Lamentação sobre Cristo morto, de Giovanni da Milano, Nossa Senhora, Madalena e São João Evangelista chorosos e tristes amparam Cristo, pálido e inanimado. As auréolas muito elaboradas quase ofuscam a cara de São João Evangelista.

Coroação da Virgem, de Jacopo di Cione, 1272-73, uma obra encomendada em 1372 pelos oficiais da Zeca, é uma pintura que que retrata a coroação da Virgem. Cristo coloca a coroa na cabeça destas, e os santos assistem a coroação. O trono onde está a Virgem e Cristo por um pano decorativo com elementos naturais e geométricos. A cor dourada predomina aqui, pois esta obra foi encomendada por uma instituição que cunha moedas de ouro, a Zeca.

Nossa Senhora no trono e santos, de Mariotto di Nardo, é um políptico, que foi encomendado pela família Corsini. No painel central está a Virgem com o Menino ao colo rodeada por quatro anjos. Nos painéis laterais estão São Lourenço e São Evangelista à esquerda, e São Tiago e São Sebastião à direita. Na predela estão cenas da vida da Virgem, ao contrário das cúspides, que têm cenas da Paixão de Cristo.

Nossa Senhora amamentando e santos, de Agnolo Gaddi, é uma personagem que ocupa a totalidade da tábua, assim como a Santa Catarina, Maria Madalena, Soão Baptista e Santo António Abade com os seus respetivos atributos: roda, vasilha de unguento, bastão com formato de cruz e livro das Sagradas Escrituras. Nossa Senhora oferece generosamente o seio ao seu filho, que retribui o amor segurando a mão da sua mãe. O Menino tem um corpo um bocado desproporcional daquilo que consideramos esteticamente bonito.

Anunciação, Mestre da Menina Straus, 1400-10, mostra Nossa Senhora e o arcanjo Gabriel num espaço fechado. O pintor captou o momento da Anunciação, ou seja, o anúncio da vinda de Jesus. A pomba do Espírito Santo mandada por Deus sobrevoa a cena.


Daniela Vicente

Título: Itália e a Arte

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 2

608 

Comentários - Itália e a Arte

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios