Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Publicidade > Por favor parem!!!

Por favor parem!!!

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Publicidade
Visitas: 4
Comentários: 1
Por favor parem!!!

Por favor parem! Este é o grito que no íntimo parece bradar dentro dos nossos próprios ouvidos quando escutamos um simples telefone tocar!
O mundo não para, e a nossa vida é cada dia mais agitada. A crise dos últimos anos, absolutamente instalada, e as decisões pouco inteligentes dos nossos governantes, arrastaram inevitavelmente cada pessoa para situações galopantemente mais complicadas, levando-as a trabalhar cada vez mais, e mesmo assim não conseguindo manter o nível de vida que tinham estabelecido.

Com o avultar da austeridade, e com o alarmante noticiar de medidas prejudiciais à vida de cada um, antes mesmo destas virem à luz por mão de quem têm que vir, as pessoas ressentiram-se não comprando com a regularidade com que o faziam anteriormente, e progressivamente os mercados têm também reagido negativamente, levando as empresas à rotura.

Assim, quando todos os dias procuramos verificar se há ainda alguma coisa que possamos evitar de comprar, o mundo comercial tornou-se mais agressivo, as campanhas publicitárias cercam-nos de todos os ângulos, e quase não damos um passo sem ver um letreiro ou um panfleto anunciando qualquer produto ou serviço. Esta publicidade silenciosa pode ser muita, mas não é incomodativa, porém ultimamente, as empresas têm ainda investido mais e de uma forma mais atrevida no sentido de quase quererem obrigar as pessoas a adquirir produtos que não querem, coisas que não lhe interessam e que chegam mesmo a prejudicar a sua situação económica não lhe dando no fim aquilo que proclamam…

E o mundo grita: Por favor parem! Não podemos estar sossegados no aconchego do nosso lar, onde seria suposto não entrar nada nem ninguém sem a nossa permissão, e vêm tocar a campainha para vender um serviço de televisão, dizemos que temos um e que é bom, mas quem nos bate à porta tem sempre uma melhor solução… Não bastando isso o telefone toca e do outro lado uma voz nem sempre serena, nem sempre agradável, procura impingir-nos um seguro que não nos serve para nada porque não temos os dentes estragados e até vamos ao dentista todos os anos, e quando lhes dizemos que estamos satisfeitos com o nosso serviço nem nos ouvem e seguem com a lengalenga… e desligamos e ligam outros para vender-nos o mesmo ou um cartão de crédito de que não precisamos, porque o que precisamos é poder de compra real e não a crédito porque isso iria comprometer ainda mais o dia de amanhã… Irritados gritamos: Por favor, parem…

Mas as coisas não ficam por aqui, e quando pensamos ter um pouco de paz, abrimos o nosso e-mail e encontramos 53 mensagens de Spam tentando vender as mesmas coisas que nos vimos loucos para conseguir não comprar pelo telefone… Apagamos tudo. É noite e precisamos descansar, mesmo sabendo que amanhã será tudo igual, com a agravante de não sabermos se amanhã não seremos nós a ter que fazer estes telefonemos cruéis ou a tocar a campainha de pessoas que não nos querem receber porque o trabalho se foi e a vida vai a pique!!!

Neste turbilhão de emoções e de dúvidas fechamos os olhos e de tudo o que vimos e ouvimos no dia que passou, apenas ecoa na nossa mente a frase persistente: Por favor parem!!!


Ana Sebastião

Título: Por favor parem!!!

Autor: Ana Sebastião (todos os textos)

Visitas: 4

605 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    19-05-2014 às 03:10:50

    Há momentos que elas incomodam bastante mesmo!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Por favor parem!!!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios