Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > Alcobaça

Alcobaça

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Viagens
Comentários: 1
Alcobaça

Situada numa bacia hidrográfica do litoral de Portugal, Alcobaça é uma cidade totalmente construída num vale verde e simpático. Quando nos aproximamos por qualquer uma das suas quatro entradas principais começamos por ver árvores e vegetação diversa que faz dela uma cidade verde. No interior algumas ruas esburacadas apontam as obrar que nos hão de proporcionar um espaço também verde melhorado. Dentro da cidade é possível fazer vários quilómetros a pé, atividade que atrai cada vez mais adeptos que ao longo do dia e/ou noite circulam nos vários trajetos possíveis.

Alcobaça é Rica em história que começa no Reinado do nosso primeiro rei, D. Afonso Henriques, quando este mandou construir um bonito mosteiro em estilo gótico. Neste mosteiro instalaram-se há muitos anos atrás, os monges da ordem de Cister. A cidade foi palco do amor, também ele embrenhado na História, de D. Pedro e de D. Inês de Castro, por isso se chama a Alcobaça, terra de paixão. Na parte mais elevada da cidade podemos observar um castelo em ruínas que dizem, foi habitado por um certo rei mouro cujas canções ainda aprisionam raparigas que passeiem sozinhas por aquelas bandas, noite fora… Deste castelo tem-se uma vista panorâmica do mosteiro bem como de uma boa parte da cidade. É um lugar agradável e um miradouro fantástico, ótimo para quem quiser pintar uma aguarela fantástica.

Economicamente é uma entre tantas cidades do nosso país que enfrentam a crise ousadamente, porque os tempos que correm não nos permitem vacilar por um instante. Assim, o turismo, o comércio e a indústria ainda dão à cidade bem como conselho em geral o necessário para sobreviver em tempos difíceis. Neste momento decorrem também na cidade pesquisas onde se pretende explorar gás natural e quem sabe petróleo, porque estes bens essenciais à vida nos tempos modernos, existem normalmente com alguma abundância em bacias hidrográficas como é o caso da localização da cidade.

Hoje Alcobaça é considerada Património da humanidade, e o seu mosteiro é uma das sete maravilhas de Portugal.

Por tudo isto e ainda muito mais, Alcobaça é um ponto de referência no litoral oeste de Portugal, e um local a não deixar de visitar, tanto pela sua beleza, como pela sua riqueza patrimonial e arquitetónica.

Finalmente, é de acrescentar ainda que no conselho de Alcobaça existem algumas belas praias a não perder, como é o caso de São Martinho do Porto, também conhecido pela sua baía natural em forma de concha a que tem sido chamada praia das crianças pela calma das suas águas, em que as crianças podem brincar livremente.


Ana Sebastião

Título: Alcobaça

Autor: Ana Sebastião (todos os textos)

Visitas: 0

607 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    13-06-2014 às 03:46:33

    Quanta riqueza de lugar! Alcobaça possui não apenas beleza, mas uma história encantadora sobre os fatos passados. Muito interessante!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Alcobaça

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios