Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Empresariais > Sanguessugas À Porta Do Hipermercado

Sanguessugas À Porta Do Hipermercado

Categoria: Empresariais
Comentários: 1
Sanguessugas À Porta Do Hipermercado

Chateada, incomodada e com os nervos à flor da pele… Esta é a forma como fico cada vez que à porta do supermercado sou abordada pelos inconvenientes que se amontoam para vender sob qualquer pretexto.
Pretextos são inúmeros… Ofertas de cartões de crédito, lindos, dourados e sem mensalidades mas que ao utilizar as pessoas têm naturalmente que pagar… Vendas de produtos para angariar fundos para criancinhas, toxicodependentes, cegos e até animais… Ou simplesmente fazer-nos perder o nosso "tempinho" para imaginar quanto poderia valer uma porção de um metal qualquer se fosse o caso de ser ouro… ouro que muda de preço todos os dias…

Quem fez isto? Dizem que foi a crise. Com o propagar desta maleita a que todos chamamos crise, este tipo de acções desenvolveu-se grandemente… Porquê? São também várias as justificações, senão vejamos:

1 – As instituições têm carências cada vez maiores sendo os seus financiadores cada vez de menor dimensão e em menor quantidade. Assim uma solução é fazer peditórios e claro a porta do hipermercado um lugar apetecível uma vez que todos lá vão.

2 – O desemprego propagou-se de tal forma que as pessoas são tentadas a fazer qualquer trabalho seja ele melhor ou pior, pague mais ou menos, ou mesmo que nem pague nada, afinal têm que ajudar as instituições a que muitas vezes têm que recorrer…
Acontece porém que todas as pessoas de todos os lugares estão a viver simultaneamente a mesma crise. Muitas das pessoas que entram nos hipermercados gostariam de poder comprar algo mais e têm que se restringir ao essencial… por vezes menos… ao mínimo possível… Muitas destas pessoas, com tantas dificuldades quanto as que recorrem a instituições, por vezes até mais mas não o fazem por vergonha ou porque ainda têm esperança…

Estas inúmeras pessoas são abordadas sem dó nem piedade porque são tão anónimas quanto anónimo é o que lhes vai no íntimo, a sua dor, a sua luta e o seu sofrimento… Estas pessoas são incomodadas e saem com um nó na garganta porque não têm o que dar, não têm como dar e são tantas as sanguessugas que já nem sabem o que lhes responder… saem envergonhadas como se por não terem dado o que não têm tivessem roubado alguma coisa.

Bonita a solidariedade não? Sim, claro que sim, mas é tempo de encontrar outras formas, é tempo de haver uma abordagem menos intimidadora… tempo de mudar de atitude, e tempo de entender que a crise é uma e de todos, e que esses todos não têm que ser incomodados sempre que vão ao hipermercado com o seu último Euro para de um bocado de pão fazer aquém sabe a única refeição do dia…


Ana Sebastião

Título: Sanguessugas À Porta Do Hipermercado

Autor: Ana Sebastião (todos os textos)

Visitas: 0

512 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

Comentários - Sanguessugas À Porta Do Hipermercado

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Estratégia do arco-íris

Ler próximo texto...

Tema: Serviços
Estratégia do arco-íris\"Rua
Pessoas comuns estão a descobrir novas estratégias que supostamente fazem dinheiro rápido. Mas, a verdade da questão é que, isso é quase impossível. Ao longo de sua jornada de negociação, vai experimentar algumas vitórias e derrotas. Então, vejamos uma das estratégias que irá produzir mais vitórias do que derrotas: a estratégia do arco-íris. Esta é uma estratégia muito poderosa que qualquer um pode utilizar, especialmente novatos lá fora. Se é novo no comércio de opções binárias e gostaria de ganhar dinheiro online, esta é a estratégia ideal para si.

A estratégia do arco-íris envolve um período de 6, 14 e 26 períodos, períodos de média móvel exponencial. Estes permitem filtrar os movimentos menores no mercado e dar-lhe uma visão clara da tendência.

O mercado está numa tendência alta quando o período de 6 EMA está no topo dos 14 períodos EMA e dos 26 períodos EMA. A tendência baixa ocorre quando as EMA cruzam-se. Agora, os 26 períodos EMA devem estar no topo da EMA de 14 períodos. Em tendências altas, os comerciantes devem concentrar-se principalmente em opções de compra.

Uma opção de compra pode ser acionada quando o preço para baixo remonta à EMA 14 e começa a mover-se para cima. Uma opção de venda pode ser acionada quando o preço refaz para cima, e os períodos EMA 14 começam a mover-se para baixo.

As vantagens desta estratégia é que muitos dos sinais são precisos e não requerem muita análise para fazer um bom negócio. Com a gestão de risco adequada, pode fazer desta a sua principal estratégia. Mas, antes de tomar essa decisão, saiba que existem algumas desvantagens. O preço às vezes pode ir além dos 14 períodos de EMA. Alguns comerciantes podem não saber como reagir a isso.

Além disso, mesmo se os mercados são tendências, ainda existe a possibilidade de dar sinais falsos, mas com a gestão de riscos aplicadas, esses sinais falsos não causam muito dano. Combinar esta estratégia com coisas como Fibonacci, linhas de tendência ou médias móveis podem ajudar a reduzir as chances de perdas.

Em geral, a estratégia do arco-íris é um grande indicador. Ele faz maravilhas nos mercados de tendências e é muito fácil de usar para os comerciantes de todos os níveis. No fim de contas, é apenas uma questão de fazer uma boa gestão de risco. É uma ótima estratégia para iniciantes começarem a usar e obterem vitórias, experiência e bastante dinheiro.

Pesquisar mais textos:

Jerónimo Diogo Magalhães

Título:Estratégia do arco-íris

Autor:Jerónimo Diogo Magalhães(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios