Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > O Redentor Chegou (Peça Teatral)

O Redentor Chegou (Peça Teatral)

Categoria: Outros
Visitas: 2
O Redentor Chegou (Peça Teatral)

Personagens:

Narrador
Juiz
9 Réus
2 Guardas
Maria
2 ou 3 Pastores


Narrador
Passaram muitos anos desde que Deus criou o mundo. Fê-lo bonito, fê-lo formoso, sublime harmonioso, criou as árvores, os animais, as flores, fez rios, criou mares… fez tudo perfeito para ser habitável … então… criou o homem, fê-lo da terra, criou-o do pó… soprou nas suas narinas o fôlego da vida e colocou-o num local paradisíaco para que ele pudesse ter uma vida perfeita em comunhão com o seu criador. Deu-lhe também uma companheira com quem partilharia a terra que Deus lhe dera.

Um dia porém o homem pecou, e Deus tirou-o do jardim… Disse-lhe que agora teria de produzir o seu próprio alimento… disse à mulher que geraria filhos com dor… e expulsou-os do jardim do Eden…

O pecado afastou o homem de Deus, porque Ele é santo… Deus não pode ver o pecado. “Porque o salário do pecado é a morte…”

Deus conduziu o seu povo do Egipto à terra prometida, legislou, ensinou através do seu servo Moisés, e dos profetas que vieram depois… mas o povo não conseguiu resistir ao pecado…
“Porque o salário do pecado é a morte…”

Abre a cortina. Um juiz com ar sério sentado.

Surge o Réu 1.

Juiz Qual é a acusação?
Réu 1 Roubei, mas foi só um pão…
Juiz É culpada. Pagará com a morte.
Os guardas levam o réu 1.

Surge o Réu 2.

Juiz Qual é a acusação?
Réu 2 É injusto, eu não fiz nada…
Juiz Acabou de provar que é culpado. Não pode mentir. Pagará com a morte.
Os guardas levam o réu 2.

Surge o Réu 3.

Juiz Qual é a acusação?
Réu 3 Adultério. Eu não sabia que os homens não podiam… Que eu saiba essa lei é só para mulheres!
Juiz Não pode alegar desconhecimento da lei. É culpado de adultério. Pagará com a morte.
Os guardas levam o réu 3.

Surge o réu 4.

Juiz De que é acusado?
Reu 4 Blasfémia, parece impossível…
Juiz Culpa provada. Pagará com a morte.
Os guardas levam o réu 4.

Surge o réu 5.

Juiz De que é acusado?
Advogado Resistência à autoridade.
Juiz Resistir à autoridade é impróprio. Está condenada. Pagará com a vida.
Os guardas levam o réu 5.

Surge o réu 6.

Juiz Que crime cometeu?
Réu 6 Eu só disse a verdade. Ela é uma ladra, uma mentirosa, uma arrogante, mesquinha…
Juiz Sem apelo. Está condenada por injuria. Pagará com a morte.
Os guardas levam o réu 6.

Surge o réu 7.

Juiz E tu jovem? Qual é o teu crime?
Réu 7 Desobediência aos pais. Eles querem que eu vá à igreja todos os Domingos
Juiz para o réu Então que fizeste?
Réu 7 Nada de mal. Neguei-me a ir com eles
Juiz Confirma-se. Estás condenado. Pagarás com a morte
Os guardas levam o réu 7.

Surge o réu 8.

Juiz Qual é a sua culpa?
Réu 8 Desinteresse. Vejam lá se é normal. Desinteresse!
Juiz Desinteresse de quê?
Réu 8 Da igreja, dos cultos, a religião é um engano
Juiz A religião é um engano sim, mas Deus é a verdade. O seu desinteresse por Ele condenou-o. Pagará com a morte.
os guardas levam o réu 8.

Surge o réu 9.

Juiz De que a acusam?
Réu 9 Cobiça. Que mal tem? Se o meu irmão tem um pão eu quero dois. Se tem uma casa, quero uma maior, cobiça… é mais forte do que eu! Fazer o quê?
Juiz Agora nada. É tarde demais. Está condenado. Pagará com a morte
Os guardas levam o réu 9.

A cortina fecha.

Narrador
“E, olhando para a terra, eis que haverá angústia e escuridão, e serão entenebrecidos com ânsias e arrastados para a escuridão. Mas a terra que foi angustiada não será entenebrecida. Ele envileceu nos primeiros tempos, a terra de Zebulom e a terra de Naftali; mas, nos últimos, a enobreceu junto ao caminho do mar, além do Jordão, a Galileia dos gentios. O povo que andava em trevas viu uma grande luz, e sobre os que habitavam na região da sombra da morte resplandeceu a luz.”

Abre a cortina.

Uma jovem olha para cima como se estivesse a ver algo de muito estranho. Ao mesmo tempo ouve-se:

Narrador
“Salve Agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres. Maria não temas porque achaste graça diante de Deus, e eis que em teu ventre conceberás, e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus. Este será grande e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de David seu pai, e reinará eternamente na casa de Jacob, e o seu reino não terá fim.”

Maria Como será isso, visto que não conheço varão?

Narrador
Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; pelo que também, o santo que de ti há-de nascer; será chamado filho de Deus.

(Música (O cantico de Maria)

A cortina fecha.

Narrador
E aconteceu naqueles dias que saiu um decreto da parte de César Augusto, para que todo o mundo se alistasse. (Este primeiro alistamento foi feito sendo Sirênino presidente da Síria). E todos iam alistar-se, cada um à sua própria cidade. E subiu também José da Galileia, da cidade de Nazaré, à Judeia, à cidade de David, chamada Belém (porque era da casa e família de David), a fim de alistar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida.

E aconteceu que, estando eles ali, se cumpriram os dias em que ela havia de dar à luz. E deu à luz a seu filho primogénito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.
Ora, havia naquela mesma comarca pastores que estavam no campo, e guardavam, durante as vigílias da noite, o seu rebanho. E eis que o anjo do Senhor veio sobre eles, e a glória do Senhor os cercou de resplendor, e tiveram grande temor.

Abre a cortina.
Aparecem 3 pastores a olhar para com cara de espanto

Narrador
Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo: Pois, na cidade de David, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor. E isto vos será por sinal: Achareis o menino envolto em panos, e deitado numa manjedoura. E, no mesmo instante, apareceu com o anjo uma multidão dos exércitos celestiais, louvando a Deus, e dizendo: Glória a Deus nas alturas, Paz na terra, boa vontade para com os homens.

Pastores em coro Vamos, pois, até Belém, e vejamos isso que aconteceu, e que o Senhor nos fez saber.

(Música) (Noite de natal)

A cortina fecha.

Narrador
O nascimento de Jesus aconteceu desta forma, numa simples estrebaria, mas foi anunciado pelos anjos aos pastores nas campinas de Belém, e aos magos do oriente através de uma estrela que a ciência comprova ter aparecido uma única vez na história da humanidade. Coincidência? Naturalmente que não. A história da humanidade não é feita de coincidências mas sim da providência do Deus criador.

O mesmo Deus que providenciou no princípio dos tempos um lugar maravilhoso para morada dos nossos primeiros pais, Adão e Eva, providenciou também um Salvador para arrebatar os condenados da morte. Jesus, o menino do Natal é o Deus forte anunciado ao profeta Isaías.

Abre a cortina. Um juiz sorridente sentado.

Surge o Réu 1.

Juiz Qual é a acusação?
Réu 1 Roubei
Juiz Nasceu o salvador, estás livre! Vai e não peques mais.

Surge o Réu 2.

Juiz Qual é a acusação?
Réu 2 Menti
Juiz Nasceu o salvador, estás livre! Vai e não peques mais.

Surge o Réu 3.

Juiz Qual é a acusação?
Réu 3 Adulterei
Juiz Nasceu o salvador, estás livre! Vai e não peques mais.

Surge o réu 4.

Juiz De que é acusada?
Reu 4 Blasfemei
Juiz Nasceu o salvador, estás livre! Vai e não peques mais.

Surge o réu 5.

Juiz De que é acusada?
Advogado Resistência à autoridade.
Juiz Nasceu o salvador, estás livre! Vai e não peques mais.

Surge o réu 6.

Juiz Que crime cometeu?
Réu 6 Difamei
Juiz Nasceu o salvador, estás livre! Vai e não peques mais.

Surge o réu 7.

Juiz Qual é o teu crime?
Réu 7 Desobedeci aos meus aos pais.
Juiz Nasceu o salvador, estás livre! Vai e não peques mais.

Surge o réu 8.

Juiz Qual é a sua culpa?
Réu 8 Desinteressei-me de Deus.
Juiz Nasceu o salvador, estás livre! Vai e não peques mais.

Surge o réu 9.

Juiz De que a acusam?
Réu 9 Cobicei tudo, de toda a gente.
Juiz Nasceu o salvador, estás livre! Vai e não peques mais.

(Música) (O primeiro Natal)


Ana Sebastião

Título: O Redentor Chegou (Peça Teatral)

Autor: Ana Sebastião (todos os textos)

Visitas: 2

713 

Comentários - O Redentor Chegou (Peça Teatral)

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os benefícios do piso laminado

Ler próximo texto...

Tema: Materiais Construção
Os benefícios do piso laminado\"Rua
Ao se realizar uma obra, ou na renovação de ambientes, há sempre muitas opções de técnicas e tecnologias de construção civil, arquitetura e decoração a serem escolhidas da forma mais adequada ao resultado que se espera. O piso adequado ao ambiente que se está construindo ou reformando é uma questão bastante relevante para o sucesso do empreendimento e para o bem-estar dos usuários.

Os tipos de pavimentos ou assoalhos ou revestimentos são diversificados e para cada tipo de ambiente, construção e gosto pessoal há um mais adequado. Pelos inúmeros benefícios que tem apresentado, o piso laminado tem sido bastante escolhido como revestimento nos ambientes modernos. Ele é composto por quatro camadas, feitas de fibras de madeira de alta densidade, lâminas de celulose, lâminas decorativas e filme cristalino de celulose, colados diretamente ao chão. Essa composição garante estabilidade, beleza, resistência, facilitando a limpeza. Somente com estes argumentos já se pode notar as vantagens desse tipo de piso, contudo ainda existem outras.

Os pisos laminados custam menos que os pisos de madeira, seu substrato é ecologicamente correto, já que as madeiras utilizadas na composição desse piso provêm de florestas certificadas e possui fácil instalação, sem a necessidade de pregá-lo ao chão. Além disso, os pisos laminados não precisam de envernizamento como os pisos de madeira que causam mau cheiro e sujeira. Os pisos laminados são mais resistentes que os pisos de madeira devido a sua alta pressão. A superfície dos pisos laminados de alto tráfego contém papel decorativo que garante diversas possibilidades de estampas e combinações.

Existem, portanto, dois tipos distintos de pisos laminados. Os pisos laminados de madeira têm em sua composição madeira natural e são revestidos com verniz. São indicados para ambientes residenciais e menos movimentados. Os pisos laminados de alto tráfego são compostos por madeiras de alta densidade cobertas por papel decorativo. São mais resistentes e, em virtude disso, indicados para ambientes de grande circulação. Podem estar em ambientes residenciais, porém para ambientes comerciais é o ideal.

Os pisos laminados são resistentes à luz do sol, a riscos e a manchas. São práticos devido à diversificada opção de padrões e funcionais devido à facilidade de limpá-lo. Acomodam-se perfeitamente em qualquer ambiente, proporcionando fácil decoração. Entretanto, medidas para mantê-lo em bom estado por mais tempo (apesar da sua alta durabilidade) devem ser tomadas. Colocar proteção na entrada das portas evita a instalação de sujeira e pedras. Forrar móveis e peças decorativas, que entrem em contato com o piso, é recomendado, a fim de não marcá-lo. Esses forros podem ser feitos com tecidos felpudos ou recortes em feltro. Forrar os móveis ao movimentá-los é apropriado para não riscar o piso. Salto alto fino com base metálica também marca esse tipo de piso. Evitar molhar em demasia o piso é necessário, pois caso contrário pode haver o inchamento do piso. Deve-se mantê-lo sempre seco.

Esse tipo de piso também tem a vantagem de não carregar cupins, contudo é preciso verificar as condições de presença desses insetos. Ambientes com cupins requerem a desintetização prévia.

Pesquisar mais textos:

Rosana Fernandes

Título:Os benefícios do piso laminado

Autor:Rosana Fernandes(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    12-05-2014 às 12:45:43

    O piso laminado é muito bom, sua durabilidade é de quase 40 anos e são mais fáceis de manter.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • silvana 22-02-2014 às 18:17:44

    o piso laminada tem durabilidade de quantos anosposso passar pano umido no piso loaminado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios