Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Como Escolher o Véu de Noiva?

Como Escolher o Véu de Noiva?

Categoria: Vestuário
Comentários: 1
Como Escolher o Véu de Noiva?

É um grande dia e apesar de ser importante tudo o resto que diga respeito à festa, uma coisa nunca pode descurar – O Vestido da Noiva.

Grande, rodado, em balão ou vaze, com alças ou manga comprida, o vestido de noiva merece atenção, pois uma noiva é sempre um papel de grande destaque em todo o casamento. Mas se o vestido é um factor de grande relevância, o véu faz parte de todo o conjunto. A importância é tal, que pode estragar o conjunto ou torná-lo ainda mais grandioso.

Se a escolha do vestido pode ser uma grande complicação, a escolha do véu não é muito diferente. A obrigar a regras, deixamos-lhe aqui algumas dicas que a ajudarão a escolher e a decidir o que colocar no alto da cabeça nesse dia tão magnífico.

Antes de mais decida se quer um véu que fique durante toda a festa ou um que tire quando começar a festa. Se quer dar destaque ao penteado, decida sobre um véu que retire logo após as fotografias e a cerimónia.

Se a sua cara for estreita e fina, pode optar por um longo e ao seu gosto, seja ele qual for. Uma cara fina e elegante, combina com todos os véus.

Para uma cara mais gorducha, opte por um véu que lhe caia pelos lados da cara. Vai ajudar a alongar o rosto.

Quanto ao estilo, aqui deverá ter muita atenção. Se o casamento for clássico, opte por um véu longo que percorre toda a catedral. Casamentos na praia não permitem este tipo de véu. Claro que se o casamento for formal, pode usar um véu com camadas, que lhe permitem retirar a camada mais longa após a cerimónia.

Quanto aos adornos, pode sempre utiliza-los. Pequenas florinhas ou até mesmo um véu de renda, mas isto somente se o vestido for simples. Se o vestido for ornamentado os adornos estão proibidos, naturalmente.

Há muitas noivas que optam por usar o véu da mãe ou da avó. Veja a cor do véu em comparação com a do vestido e saiba que é possível tingir o véu para o grande dia.

Importante é que experimente! Experimente tudo e veja-se ao espelho em todos os graus. Quando estiver totalmente vestida, peça à funcionária da loja que lhe coloque mais espelhos de lado e atrás para que se posse ver por inteiro. Verifique opções e esteja aberta a ideias. Mesmo que acabe por comprar o que tinha imaginado logo no inicio, o melhor é ver-se vestida de noiva com o seu véu de várias formas.


Carla Horta

Título: Como Escolher o Véu de Noiva?

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

799 

Imagem por: aprillynn77

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    20-08-2014 às 00:15:40

    Quero casar de véu, penso ser muito bonito. Um sonho que vou realizar ainda. Obrigada por ajudar-me a escolher o véu de noiva, foi-me muito útil.

    ¬ Responder

Comentários - Como Escolher o Véu de Noiva?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: aprillynn77

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios