Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > Arte para todos

Arte para todos

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Arte
Visitas: 6
Comentários: 9
Arte para todos

Numa sociedade em que cada vez mais se dá uma maior importância ao que é visualmente agradável, é fácil cair em rotinas imagéticas. A arte enquanto um conjunto variado de várias áreas artísticas vem portanto, contrabalançar o ócio de gostos e estimular a mente moderna numa busca pela destruição do que é o esperado pelo quotidiano.

Desde sempre o ser humano procurou formas para expressar os seus mais profundos sentimentos, emoções e sonhos, encontrando desde muito cedo maneira de o fazer através da expressão artística. Pintura, escultura, dança, musica, cinema, poesia, street painting, etc. foram apenas algumas das formas que o Homem encontrou para exteriorizar aquilo que na rotina do dia a dia lhe seria difícil fazer.




Nomes como DaVinci, Michelangelo, Toulouse Lautrec, Fernando Pessoa, Frida Khalo, Picasso, Pollock, Francis Bacon, Andy Warhol, Jim Morrison, John Malkovich, Shepard Fairey e uma outra infindável panóplia de nomes, são considerados nomes sonantes das mais variadas formas de arte.

Uns mais conhecidos que outros, mas todos eles importantes, pois a mente do artista influencia toda a comunidade onde está inserido, subsequentemente, despertando até mesmo a nível inconsciente as mentes para que sejam ultrapassadas e vencidas as barreiras invisíveis que nos prendem a antigos hábitos, vícios e formas de encarar a vida.

Assim é bastante plausível que a Arte como um conceito um pouco abstrato e sendo o conjunto das mais variadas formas de expressão ao alcance da mente humana, que todos nós, mesmo aqueles que não são vistos como artistas, fazem parte de uma relação simbiótica artística infinita.

Todos nós somos arte e artistas, é apenas uma questão de entendermos a forma como a mente e a interação entre cada um de nos leva a ser criativos, pois num momento totalmente inesperado um de nós pode se tornar, graças a uma brincadeira de amigos um grande escritor, um cineasta ou simplesmente surgirmos com uma forma de expressão que até ao momento nunca tenha sido ponderada por mais ninguém.

Quem sabe se a Arte não é mesmo para todos!?




Bruno Jorge

Título: Arte para todos

Autor: Bruno Jorge (todos os textos)

Visitas: 6

623 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 9 )    recentes

  • SophiaSophia

    22-04-2014 às 16:10:57

    Cada pessoa pode trabalhar em algo na sua vida que pode ser uma arte. Basta descobri-la!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatização

    09-10-2012 às 10:20:26

    Força ai

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSérgio

    09-10-2012 às 09:29:48

    Ser-se artista não é ter apenas uma boa imaginação. Gostei muito

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoMarcelo

    09-10-2012 às 09:29:02

    a arte é tal como a vida, é uma troca de experiências

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAlexandra

    09-10-2012 às 09:28:16

    não percebi

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoMadalena

    09-10-2012 às 09:27:40

    Interessante forma de ver a Arte e como esta é uma relação muito mais abrangente do que a maioria das pessoas acredita ser. Concordo plenamente com o autor

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAna Rita

    08-10-2012 às 16:55:26

    Empacável!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJosé

    08-10-2012 às 16:55:02

    Curti

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoMário Limede

    08-10-2012 às 16:54:31

    Excelente este texto. Já votei e já partilhei. Está aqui uma visão interessante do que é a arte e como todos nós a influenciamos tal como ela nos influencia.

    ¬ Responder

Comentários - Arte para todos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios