Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Relacionamentos > Como Conhecer O Outro

Como Conhecer O Outro

Categoria: Relacionamentos
Como Conhecer O Outro

Talvez, você esteja querendo conhecer a fundo uma pessoa. Embora nunca venhamos a conhecer realmente o ser humano em sua totalidade, podemos decifrá-lo a partir de alguns detalhes. Espero que você goste desta pequena observação e que possa conhecer o outro como queira!

O melhor local para estudar o homem é na nossa própria mente, fazendo uma análise completa de nós mesmos. Quando conseguirmos nos conhecer perfeitamente (se é que conseguiremos isso), saberemos também muito sobre os outros.

Procure conhecer-se por dentro. É certo que as pessoas mudam muito e não há pessoas iguais num mundo tão dinâmico. Porém, há alguns indícios em que podemos decifrar um pouco como essa pessoa é. Vejamos alguns indícios importantes para conhecer o outro.

Para conhecer os outros, não como parecem ser, mas como realmente são, precisamos estudá-los nos seguintes aspectos:

1. — A posição do corpo e o modo de caminhar
2. — O tom da voz, sua qualidade, seu volume
3. — Os olhos, se evitam as pessoas ou se as encaram
4. — O emprego das palavras, a sua tendência, natureza e qualidade

Através dessas janelas abertas podemos “entrar na alma de um homem” e ter uma visão do que ele é realmente.

Antes de se poder conhecer qualquer homem, tal como é realmente, é preciso observá-lo em todos os seus estados de espírito, o que equivale virtualmente a dizer que não se tem o direito de julgar os outros apenas pelas aparências. As aparências valem, não há dúvida, mas enganam muito.

Tente observar a pessoa em um dado momento de seu comportamento. E principalmente quando essa pessoa nem perceber. Os detalhes quando se quer conhecer o outro é fundamental. Ninguém consegue enganar por muito e muito tempo.

Fique atento como a pessoa fala e age. Se o que essa pessoa fala condiz com seu comportamento. O modo como ela se comporta é um fator determinante, assim como no que ela acredita, suas crenças e filosofias de vida!

Antes de se relacionar com alguém profundamente e ter um compromisso mais sério, deixe as observações definirem em que tipo de pessoa ele é. Quando nos apaixonamos, tendemos a não ver o óbvio! É preciso sair um pouco de nós e deixar que essa pessoa seja lida por nossa mente.


Adriana Santos

Título: Como Conhecer O Outro

Autor: Adriana Santos (todos os textos)

Visitas: 0

10 

Comentários - Como Conhecer O Outro

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios