Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Publicidade > Atenção ao que anuncia...!

Atenção ao que anuncia...!

Categoria: Publicidade
Atenção ao que anuncia...!

A propaganda é algo que sempre existiu. Antes mesmo de haver o que se conhece hoje como publicidade organizada, já a “banha da cobra” se vendia com recurso a pregões mais ou menos elaborados, veiculando atributos, uns mais reais do que outros, dos produtos em questão. Em certos casos, pode mesmo afirmar-se que a publicitação é a alma do negócio, suplantando as virtudes do segredo, uma vez que é através dela que se dá o ponto de inflexão nas transacções e os ventos da bonança começam a soprar favoráveis.

Há anúncios de tudo e mais alguma coisa. Hoje em dia, provavelmente mercê da solidão que muita gente experimenta, as solicitações de pessoas do sexo oposto, com vista a um possível compromisso futuro, aumentaram exponencialmente. Não seria mais prático fazer uma prospecção no “mercado”dos amigos e conhecidos? Sobretudo as mulheres, em princípio mais frágeis, sensíveis e desprotegidas, podem correr alguns riscos. Inclusive o de lhes acontecer o mesmo que sucedeu a uma distinta senhora que, depois de ter anunciado no jornal a sua intenção de arranjar marido, recebeu 1 500 respostas de esposas dispostas a oferecer os seus! E ainda há quem conteste a generosidade e a solidariedade femininas…

Nos cadernos de classificados aparecem divulgadas ofertas muito interessantes. Por exemplo:
- Vendo cama para solteiros de aço inoxidável. (Quando casarem, logo têm tempo de enferrujar, os pobres…)
- Temos martelos para carpinteiros de cabo curto. (Sem palavras…)
- Alugo apartamento com garagem no quarto andar. (Não deve dar jeito nenhum subir e descer quatro andares com o carro… Ou será que têm um elevador XXL?)
- As pessoas que passeiam com cães devem usar coleira. (Algumas até já usam, mas não há meio de ficarem presas!)
- Devido à troca da tubagem, a água quente estará fria por alguns dias. (Ainda bem que avisam, senão ninguém notaria!)
- Vendem-se meias para senhoras pretas. (Isto é que é racismo! Então e as outras cores?!...)

Do exposto conclui-se que, na publicidade, como noutros sectores empresariais, e não só, é tudo uma questão de ordem. Atente-se que o salário dos trabalhadores só vem, quando as contas andam em dia, bem visto, no fim do mês de trabalho.
Por outro lado, a mesada dos filhos, muitas vezes, está já hipotecada antes de lhes chegar às mãos. O orçamento familiar, por seu lado, vai-se reduzindo drasticamente à medida que os preços “engordam” e os rendimentos “emagrecem”. A tão badalada relação causa – efeito afinal também se aplica no domínio do encadeamento de diversas actividades, entre as quais as publicitárias.

Maria Bijóias

Título: Atenção ao que anuncia...!

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

634 

Comentários - Atenção ao que anuncia...!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios