Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Informática > Como Recuperar Ficheiros Eliminados

Como Recuperar Ficheiros Eliminados

Categoria: Informática
Visitas: 2
Como Recuperar Ficheiros Eliminados

Se forem daqueles utilizadores que já tentaram utilizar vários tipos de ferramentas para tentar recuperar ficheiros eliminados de propósito ou por engano, então sabem que o funcionamento é praticamente o mesmo nas diversas ferramentas: temos de escolher o disco onde pretendemos recuperar, esperar pela pesquisa completa de ficheiros eliminados, ver a longa listagem de ficheiros que foram encontrados e somente depois escolher aquele que realmente nos interessa. A verdade é que o processo é quase standard, contudo leva a uma grande perda de tempo.

Com base na premissa do tempo (para ganha-lo), e procurando uma relação qualidade/tempo de análise/recuperação, apresentamos o Puran File Recovery. Uma poderosa ferramenta, de uso não comercial gratuito, com os princípios base deste tipo de aplicação que, contudo, oferece ainda mais opções, flexibilidade e, provavelmente, mais recuperações de sucesso do que muitos dos seus concorrentes, sejam gratuitos sejam pagos. Vamos conhecer?

puran-file-recovery-00-pplware


O controlo da aplicação é bastante fácil. O Puran File Recovery não se limita a apresentar-nos uma lista de unidades onde pretendemos pesquisar, aqui, por exemplo, podemos escolher as partições e verificar as unidades em RAW ou física, sendo compatível com sistemas de ficheiros FAT e NTFS.

puran-file-recovery-01-pplware


No que toca a pesquisas, podemos dizer que são bastante rápiaos com a possibilidade de os resultados poderem ser apresentados de duas formas: por um lado uma vista tipo Explorador do Windows, género árvore, que é ideal quando necessitamos localizar ficheiros apagados por pasta base. Se estivermos a pesquisar por nome ou tamanho de ficheiro, a vista regular geralmente funciona melhor.

puran-file-recovery-02-pplware


Quando clicamos em cima de um ficheiro listado podemos ver, do lado direito, uma pré-visualização do mesmo. No caso da tentativa de recuperação de imagens essa função pode revelar-se bastante útil pois permite ver de avanço se aquela é a imagem que pretendemos recuperar ou não.

Seja qual for a opção escolhida de visualização, a janela de pré-visualização ajuda a reconhecer os ficheiros, exibindo miniaturas de imagem, ou um hexadecimal no caso de outros formatos.

Em todos os casos, o programa sempre informa o estado de recuperação do ficheiro em questão: Excelente, Bom, Satisfatório, etc. Quanto melhor for o estado, melhor a recuperação.

puran-file-recovery-03-pplware


Se o programa não descobriu os ficheiros que pretendíamos trazer de volta podes optar por uma pesquisa em profundidade ou completa, pois só assim ele irá vasculhar as nossas unidades para mais detalhes. Esta última opção é uma das melhores hipóteses de recuperação possíveis, através de pesquisas em baixo nível, segundo o fabricante do software, são reconhecidos mais de 50 tipos de ficheiros para ajudar a detectá-los.

A verdade é que não há nada de incomum, no entanto, a diferença reside no facto de o programa nos permitir personalizar essa lista com novos formatos. No mínimo, podemos apenas dizer ao Puran File Recovery o que procurar no início e no final de um determinado tipo de ficheiro – e para uma página web , por exemplo – e que deve ser imediatamente capaz de listar alguns exemplos na próxima pesquisa.

puran-file-recovery-04-pplware


Se encontramos aquele ficheiro que realmente necessitamos de «ressuscitar», então com um par de cliques no rato é possível fazê-lo. E até aqui temos algum controlo: por exemplo se o relatório de recuperação do nosso ficheiro fala num vídeo onde falta 1GB de tamanho quando na verdade ele tem 2GB, basta seleccionar a opção “Recuperar com tamanho personalizado”, o que permite digitar o número correcto do tamanho. A ter em conta que esta opção nem sempre estará disponível – se o ficheiro foi substituído então não há mesmo nada a ser feito. De todas as formas, existe sempre a possibilidade de recuperar alguma informação.

puran-file-recovery-05-pplware


Para terminar, podemos dizer que Puran File Recovery não é perfeito, como é óbvio, mas é muito bom. O ideal era mesmo uma versão portátil que nos permitisse flexibilidade de transporte, mas tirando esse detalhe estamos, certamente, perante uma das melhores ferramentas de recuperação de ficheiros que já conhecemos. Sem margem para dúvidas é um programa a testar, vai valer a pena!


Miguel Pereira

Título: Como Recuperar Ficheiros Eliminados

Autor: Miguel Pereira (todos os textos)

Visitas: 2

537 

Comentários - Como Recuperar Ficheiros Eliminados

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Habitação – Evolução qualidade/Preço

Ler próximo texto...

Tema: Alojamento
Habitação – Evolução qualidade/Preço\"Rua
Hoje vivemos dias muito complicados do ponto de vista económico, uma vez que a nossa sociedade moderna consumista tem acarretado para as famílias a triste ideia de que temos que possuir tudo o que existe para ser possuído.

Relativamente ao assunto especifico da habitação, com o passar dos tempos, as pessoas têm adquirido as suas casas em função do que há no mercado, e este mercado tem evoluído de uma forma perigosa em termos de custos; o que quero dizer com isto, é que há vinte anos atrás, encontrávamos apartamentos no mercado, e tenho por base um apartamento T3 que tinha 3 quartos conforme a tipologia descrita, naquele tempo uma cada de banho, uma sala de estar/jantar conjunta e talvez uma varanda, hoje o mesmo apartamento terá os três quartos, a sala, duas casas de banho das quais uma poderá estar num dos quartos a que passou a chamar-se suite, este apartamento hoje, tem forçosamente que ter pré instalação para aquecimento central, lareira com recuperador de calor, e muito provavelmente aspiração central, ou pelo menos a pré instalação… Assim, quem compra um apartamento hoje, apesar das dimensões de cada divisão estarem diminuídas, o preço foi muito incrementado pelos extras, e depois há ainda que adquirir uma caldeira para fazer funcionar a tal pré-instalação de aquecimento central, os radiadores porque sem eles o dito não funciona, naturalmente o trabalho do técnico… há ainda que adquirir em muitos casos o aspirador propriamente dito para fazer funcionar a aspiração central, e algumas coisas mais, acessórios dos quais, antes não tínhamos necessidade.

Não quero dizer com isto, que estes equipamentos não são úteis, são, mas e aquelas pessoas que compraram os seus apartamentos há uns tempos, cujos espaços não dispunham destas “modernices” como viveram? Como vivem hoje? Provavelmente aqueles que tiveram disponibilidade económica para isso, colocaram nas suas habitações, aquilo que julgaram necessário, não colocaram aquilo que não lhes é útil de todo, por outro lado aqueles que não tiveram disponibilidade económica vivem sem os equipamentos em questão, ou colocam um equipamento à dimensão das suas possibilidades. O real problema é que os referidos equipamentos valorizaram muito mais as habitações em termos de preço de compra do que o valor real dos mesmos, e as pessoas, estão apagar vinte ou trinta anos, para não dizer mais, um bom valor acima do que pagariam sem estas coisas, além disso comprariam aquilo que quisessem e pudessem.

Para além do exposto, a qualidade de construção e acabamentos não melhorou, antes pelo contrário. Hoje o valor das casas está a decair rapidamente, e as pessoas em geral vivem em casas cujos valores atuais de mercado são muito inferiores ao que estarão a pagar durante muito tempo…

Naturalmente o mercado poderá mudar, mas não é esse o caminho que parece seguir.

Pesquisar mais textos:

Ana Sebastião

Título:Habitação – Evolução qualidade/Preço

Autor:Ana Sebastião(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    21-04-2014 às 17:09:01

    A compra seja de apartamento ou casa estão mais caras e nem sempre oferecem serviços como mostram na divulgação. Não é bom financiar, pois custará o dobro. Realmente, o melhor a fazer é buscar preços que têm condições de pagar ou aderir a um consórcio.

    ¬ Responder
  • Sofia Nunes 13-09-2012 às 17:07:44

    Na minha opinião e de acordo com o que tenho observado, a relação qualidade/preço das habitações está a melhorar. E isso não é necessariamente bom, uma vez que é resultado da crise económica. Como refere, o valor das casas está a descer, pelo que se pode comprar uma vivenda pelo preço que há uns anos era de um apartamento. O problema é que, apesar de as casas estarem mais baratas, os compradores não têm dinheiro.

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios