Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Desporto > Judô na escola-disciplina e espírito de equipe

Judô na escola-disciplina e espírito de equipe

Categoria: Desporto
Comentários: 1
Judô na escola-disciplina e espírito de equipe

A prática do judô na escola tem por objetivo introduzir nos alunos o conhecimento da filosofia e da prática desse esporte, envolvendo cultura e tradição a fim  de que os jovens valorizem a história e uma prática desportiva que prioriza e disciplina e o respeito. Estimular nos jovens o início de uma atividade esportiva que tem como principal objetivo a formação integral do ser é a ideia norteadora dessa iniciativa . A meta da práica de judô na escola é proporcionar para os alunos, através do esporte, lazer, cultura e espírito de grupo. Desenvolvendo, com isso,  de forma integrada, a  flexibilidade, o equilíbrio, a resistência física, a potência muscular e respiratória, a coordenação motora, o ritmo, a disciplina, a sociabilidade, a coragem e a criatividade. Melhorando, portanto, a qualidade de vida no aspecto sociocultural.

As aulas normalmente abordam o histórico do esporte, seu surgimento em 1822, suas origens no Japão, suas influências e seu desenvolvimento dentro do contexto pedagógico, sociocultural e político. Além disso, os movimentos básicos do esporte também são trabalhados. As técnicas para o desenvolvimento do judô, dentro do fundamento do esporte, são aprendidos: golpes, defesas e acrobacias. Atravpes dessa prática no dia-a-dia escolar é possível trabalhar, também, o espírito de grupo entre as crianças, adolescentes e adultos sem diferenças de sexo, cor ou raça.

Os encontros e horários para a prática do esporte variam de instituição para instituição, mas normalmente são realizados duas vezes por semana.  Não há contra-indicações, podendo ser praticados por crianças de ambos os sexos, a partir dos quatro anos. As aulas ocorrem, normalmente, com brincadeiras e jogos recreativos, como forma de aquecimento. Logo a seguir, há o desenvolvimento das  técnicas, inserindo os golpes e regras do judô. Para o encerramento, os professores usam, em muitos casos, a prática da caminhada, através de volta calma, com o objetivo de diminuir os batimentos cardíacos e, por fim, um alongamento final. Em muitas escolas são inclusive realziadas durante o ano esolar, atividades para iniciantes e trocas de faixas na própria escola ou em outros estabelecimentos.

Para a prática do judô, é necessiário um ambiente chamado dojô, lugar onde é efetuado o treinamento, revestidos por tatames, que são colchões
A filosofia do judô traz em seus ensinamentos conceitos de disciplina, respeito, educação e caráter. Princípios morais bem distintos para a formação de seres humanos mais justos e compreensivos. Mesmo o Judô sendo um esporte individual, visa a integração do aluno com o grupo, criando um espírito de companherismo e equipe, que objetiva envolver crianças tímidas e inibidas com asdemais; facilitar uma melhor convivência e relacionamento entre os alunos e, ainda, formar laços sólidos de família e afetividade.


Rosana Fernandes

Título: Judô na escola-disciplina e espírito de equipe

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 0

781 

Imagem por: parhessiastes

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Sensei eduardoSensei eduardo

    30-11-2011 às 14:51:37

    Muito boa sua abordagem Rosana, obrigado por mostrar para as instituições o legado do judô infantil . estou começando a lecionar na àrea.
    Abraços e Que o judô cresça sempre positivamente.
    Hei!

    ¬ Responder

Comentários - Judô na escola-disciplina e espírito de equipe

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

10 motivos para você fazer um cruzeiro

Ler próximo texto...

Tema: Viagens
10 motivos para você fazer um cruzeiro\"Rua
Vai chegando o final do ano e começa a bater aquela vontade de viajar, de ir descansar longe da correria do dia-a-dia, sem se estressar, a dica é que não há nada mais prático e relaxante do que fazer um cruzeiro, sabe por quê?

1. Você pode contratar o serviço parcelado, em muitas agências de viagem; assim começa a pagar agora e provavelmente já estará mais da metade pago na ocasião da viagem;

2. Relaxar em lugar calmo, com todas as comodidades à bordo, garçons, camareiro, equipe de animação, entre outros;

3. Geralmente o pacote já vem com comida e bebida liberados, o que quer dizer que você se delicia e não se preocupa com quanto vai gastar e onde vai comer.

4. Como o navio atraca em vários portos, dá um tempinho para conhecer vários lugares bacanas e tirar muitas fotos nos pontos turísticos. Dependendo da parada, você até consegue alugar um kit de mergulho e dar uma olhada no fundo do mar.

5. A diversidade cultural costuma ser muita e você acaba conhecendo pessoas e costumes de outros países;

6. Para não ir achando que as horas à bordo do navio são entediantes, vale ressaltar que há inúmeras atividades fornecidas pela tripulação responsável, o que inclui brincadeiras, atividades físicas em grupo, dança, sorteios e muita música.

7. Para aqueles que apreciam jogos de azar, o navio tem um cassino que é um encanto mesmo para quem não joga.
8. Outra atração impressionante é a danceteria, aberta todas as noites, com músicas de variados estilos, e bebidas liberadas com o bar no mesmo ambiente;

9. Já se preferir lagartear ao sol dentro do navio costuma ter espaço para o banho de sol e com piscinas grandes e também jacúzis para você se sentir em um verdadeiro spa.

10. Não menos importante, os navios contam com um teatro que costuma impressionar os passageiros, com um elenco digno de grandes palcos, e histórias incríveis.


Então, se você ainda não teve essa incrível experiência, vale a pena se programar aí com a família, e aventurar no mar, colecionar um misto de emoções, lembrancinhas e milhares de fotos. Com certeza será uma experiência inesquecível e você vai acabar querendo fazer mais vezes!

Pesquisar mais textos:

Clarissa Reinoco Machado

Título:10 motivos para você fazer um cruzeiro

Autor:Clarissa Reinoco Machado(todos os textos)

Imagem por: parhessiastes

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios