Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Celulite: o que é e como eliminá-la?

Celulite: o que é e como eliminá-la?

Categoria: Beleza
Celulite: o que é e como eliminá-la?

O que é?
A celulite é uma afecção benigna que afecta o tecido adiposo sob a pele. Trata-se de uma inflamação gerada pelo excesso de gordura no organismo, que causa inchaço no tecido conjuntivo e, consequentemente, as tais “ondinhas” que são a celulite. Esta é mais comum em mulheres que em homens.

Quais as causas?
A celulite pode ter como base a predisposição genética, alterações hormonais, alimentação pouco saudável ou má circulação sanguínea.

Como eliminar?
Como devem imaginar, não existem milagres. No entanto existem várias técnicas e tratamentos, umas mais simples que outras, que podem ser usadas.

-Exercício regular
O exercício é conhecido por ajudar a eliminar a celulite. Deve incluir meia hora de exercício no seu dia-a-dia. Os exercícios abdutores são bons para eliminar estas gordurinhas acumuladas. Caso não tenha tempo para exercício físico, opte por pequenas mudanças na rotina, como usar as escadas em vez do elevador, andar de transportes e parar uma paragem antes para poder andar um pouco a pé, não usar o carro dentro da cidade, entre outras.

-Alimentação correcta
A alimentação é muito importante na eliminação da celulite, especialmente para quem não tem tempo para se exercitar muito. O mais importante são os vegetais e a água. Inclua em todas as refeições vegetais, de preferência crus (saladas, por exemplo). Ingira dois litros de água por dia e use menos sal, pois este causa retenção de líquidos, que prejudica a celulite. Alguns chás, como a cavalinha, têm propriedades que combatem eficazmente a celulite.

-Tratamentos cosméticos
Alguns tratamentos mais conhecidos para eliminação da celulite são dispendiosos, feitos em clínicas estéticas ou massagistas. No entanto, existem tratamentos caseiros que podem ajudar a combater este problema mais depressa.

-Exfoliação
A exfoliação ajuda à activação da circulação sanguínea e à renovação das células da epiderme. Deve aplicar em cada duche um exfoliante.

-Massagens
As massagens anti-celulíticas têm como princípio “partir” a celulite para que esta seja mais facilmente expulsa pelo corpo. Para tal, proceda como neste vídeo:



-Hidratação e tonificação
É importante aplicar todos os dias um creme hidratante/refirmante que ajude a tonificar a pele.
-Drenagem linfática
Este tipo de tratamento é importante para expelir as toxinas através do sistema linfático. Pode fazer-se drenagem linfática em casa. Neste vídeo pode ver como fazer auto-drenagem:





-Roupa
Há algumas considerações a ter relativamente à roupa, para evitar prejudicar, principalmente, a circulação sanguínea. Estas são:
-Evitar roupa apertada;
- Evitar meias com canhão apertado ou collants demasiado justos;
-Evitar qualquer tipo de roupa que não deixe a pele respirar convenientemente ou que prejudique a circulação sanguínea (por exemplo: latex muito justo);
-Evitar saltos altos;

Se seguir estes passos com algum rigor, em breve a sua celulite não se notará. No entanto, é importante que continue a tomar cuidados específicos, pois a celulite é crónica e voltará se não tiver cuidado.


Patrícia Carvalho

Título: Celulite: o que é e como eliminá-la?

Autor: Patrícia Carvalho (todos os textos)

Visitas: 0

763 

Comentários - Celulite: o que é e como eliminá-la?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os benefícios do piso laminado

Ler próximo texto...

Tema: Materiais Construção
Os benefícios do piso laminado\"Rua
Ao se realizar uma obra, ou na renovação de ambientes, há sempre muitas opções de técnicas e tecnologias de construção civil, arquitetura e decoração a serem escolhidas da forma mais adequada ao resultado que se espera. O piso adequado ao ambiente que se está construindo ou reformando é uma questão bastante relevante para o sucesso do empreendimento e para o bem-estar dos usuários.

Os tipos de pavimentos ou assoalhos ou revestimentos são diversificados e para cada tipo de ambiente, construção e gosto pessoal há um mais adequado. Pelos inúmeros benefícios que tem apresentado, o piso laminado tem sido bastante escolhido como revestimento nos ambientes modernos. Ele é composto por quatro camadas, feitas de fibras de madeira de alta densidade, lâminas de celulose, lâminas decorativas e filme cristalino de celulose, colados diretamente ao chão. Essa composição garante estabilidade, beleza, resistência, facilitando a limpeza. Somente com estes argumentos já se pode notar as vantagens desse tipo de piso, contudo ainda existem outras.

Os pisos laminados custam menos que os pisos de madeira, seu substrato é ecologicamente correto, já que as madeiras utilizadas na composição desse piso provêm de florestas certificadas e possui fácil instalação, sem a necessidade de pregá-lo ao chão. Além disso, os pisos laminados não precisam de envernizamento como os pisos de madeira que causam mau cheiro e sujeira. Os pisos laminados são mais resistentes que os pisos de madeira devido a sua alta pressão. A superfície dos pisos laminados de alto tráfego contém papel decorativo que garante diversas possibilidades de estampas e combinações.

Existem, portanto, dois tipos distintos de pisos laminados. Os pisos laminados de madeira têm em sua composição madeira natural e são revestidos com verniz. São indicados para ambientes residenciais e menos movimentados. Os pisos laminados de alto tráfego são compostos por madeiras de alta densidade cobertas por papel decorativo. São mais resistentes e, em virtude disso, indicados para ambientes de grande circulação. Podem estar em ambientes residenciais, porém para ambientes comerciais é o ideal.

Os pisos laminados são resistentes à luz do sol, a riscos e a manchas. São práticos devido à diversificada opção de padrões e funcionais devido à facilidade de limpá-lo. Acomodam-se perfeitamente em qualquer ambiente, proporcionando fácil decoração. Entretanto, medidas para mantê-lo em bom estado por mais tempo (apesar da sua alta durabilidade) devem ser tomadas. Colocar proteção na entrada das portas evita a instalação de sujeira e pedras. Forrar móveis e peças decorativas, que entrem em contato com o piso, é recomendado, a fim de não marcá-lo. Esses forros podem ser feitos com tecidos felpudos ou recortes em feltro. Forrar os móveis ao movimentá-los é apropriado para não riscar o piso. Salto alto fino com base metálica também marca esse tipo de piso. Evitar molhar em demasia o piso é necessário, pois caso contrário pode haver o inchamento do piso. Deve-se mantê-lo sempre seco.

Esse tipo de piso também tem a vantagem de não carregar cupins, contudo é preciso verificar as condições de presença desses insetos. Ambientes com cupins requerem a desintetização prévia.

Pesquisar mais textos:

Rosana Fernandes

Título:Os benefícios do piso laminado

Autor:Rosana Fernandes(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    12-05-2014 às 12:45:43

    O piso laminado é muito bom, sua durabilidade é de quase 40 anos e são mais fáceis de manter.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • silvana 22-02-2014 às 18:17:44

    o piso laminada tem durabilidade de quantos anosposso passar pano umido no piso loaminado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios