Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Motas > A Evolução Da Mota

A Evolução Da Mota

Categoria: Motas
Visitas: 116
A Evolução Da Mota

A moto foi inventada por um alemão em 1885, só que ainda estava longe de se tornar o que entendemos ser uma moto hoje. Era uma bicicleta onde instalou um motor a gasolina para testar o quanto o motor era prático. Este motor de combustão interna foi o que impulsionou a construção de motocicletas em escala industrial, só que mesmo assim não estava aperfeiçoado, porque os fabricantes não sabiam onde instalar o propulsor, se no selim, dentro ou sob o quadro da bicicleta ou no cubo da roda dianteira ou traseira.

Inicialmente não houve consenso, como tal, todas estas alternativas acabaram por ser adoptadas e ainda hoje existem alguns destes modelos. Mas no início do século XX, os fabricantes decidiram que o melhor local para colocar o motor da mota seria na parte interna do triângulo formado pelo quadro. Esta é a norma que perdura.

Em 1894 surgiu na Alemanha a primeira fábrica de motocicletas e pouco tempo depois já existiam cerca de 43 fábricas espalhadas pela Europa. A concorrência rapidamente aumentou, o que levou fabricantes do mundo inteiro a introduzir inovações e aperfeiçoamentos, lutando para ser a mais original. As suspensões iam sendo aperfeiçoadas para oferecer ao comprador um maior conforto e segurança.

Em 1914, a fábrica alemã NSU, já tinha chegado à suspensão traseira do tipo monochoque, que ainda é usada nos nossos dias. Durante este ano e ao longo da década, a moto mais confortável era a Indian de 998cm3 que tinha braços oscilantes na suspensão traseira e uma partida eléctrica, uma inovação que só foi adoptada mais tarde por outras empresas.

Em 1923, surgiu a famosa motocicleta inglesa da marca Douglas, que usava freios a disco em provas de velocidade. Mas foi nos motores que se observou uma maior evolução, tendo a tecnologia alcançado níveis extremamente profissionais.

Mas foi após a Segunda Guerra Mundial, que se deu a maior evolução, tendo esta ocorrido no Japão. Assim, progressivamente, as máquinas japonesas invadiram o mercado mundial, com as suas motos de alta tecnologia, design moderno, motor potente e leve, confortáveis e baratas. Com isto, o Japão levou ao encerramento de fábricas pelo mundo inteiro. Nos Estados Unidos apenas a tradicional Harley Davidson sobreviveu. Actualmente, o mercado já atingiu um novo ponto de equilíbrio e com espaço para todos.


Rua Direita

Título: A Evolução Da Mota

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 116

796 

Imagem por: boolve

Comentários - A Evolução Da Mota

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Estratégia do arco-íris

Ler próximo texto...

Tema: Serviços
Estratégia do arco-íris\"Rua
Pessoas comuns estão a descobrir novas estratégias que supostamente fazem dinheiro rápido. Mas, a verdade da questão é que, isso é quase impossível. Ao longo de sua jornada de negociação, vai experimentar algumas vitórias e derrotas. Então, vejamos uma das estratégias que irá produzir mais vitórias do que derrotas: a estratégia do arco-íris. Esta é uma estratégia muito poderosa que qualquer um pode utilizar, especialmente novatos lá fora. Se é novo no comércio de opções binárias e gostaria de ganhar dinheiro online, esta é a estratégia ideal para si.

A estratégia do arco-íris envolve um período de 6, 14 e 26 períodos, períodos de média móvel exponencial. Estes permitem filtrar os movimentos menores no mercado e dar-lhe uma visão clara da tendência.

O mercado está numa tendência alta quando o período de 6 EMA está no topo dos 14 períodos EMA e dos 26 períodos EMA. A tendência baixa ocorre quando as EMA cruzam-se. Agora, os 26 períodos EMA devem estar no topo da EMA de 14 períodos. Em tendências altas, os comerciantes devem concentrar-se principalmente em opções de compra.

Uma opção de compra pode ser acionada quando o preço para baixo remonta à EMA 14 e começa a mover-se para cima. Uma opção de venda pode ser acionada quando o preço refaz para cima, e os períodos EMA 14 começam a mover-se para baixo.

As vantagens desta estratégia é que muitos dos sinais são precisos e não requerem muita análise para fazer um bom negócio. Com a gestão de risco adequada, pode fazer desta a sua principal estratégia. Mas, antes de tomar essa decisão, saiba que existem algumas desvantagens. O preço às vezes pode ir além dos 14 períodos de EMA. Alguns comerciantes podem não saber como reagir a isso.

Além disso, mesmo se os mercados são tendências, ainda existe a possibilidade de dar sinais falsos, mas com a gestão de riscos aplicadas, esses sinais falsos não causam muito dano. Combinar esta estratégia com coisas como Fibonacci, linhas de tendência ou médias móveis podem ajudar a reduzir as chances de perdas.

Em geral, a estratégia do arco-íris é um grande indicador. Ele faz maravilhas nos mercados de tendências e é muito fácil de usar para os comerciantes de todos os níveis. No fim de contas, é apenas uma questão de fazer uma boa gestão de risco. É uma ótima estratégia para iniciantes começarem a usar e obterem vitórias, experiência e bastante dinheiro.

Pesquisar mais textos:

Jerónimo Diogo Magalhães

Título:Estratégia do arco-íris

Autor:Jerónimo Diogo Magalhães(todos os textos)

Imagem por: boolve

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios