Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Receita – Cestinhas com sorbet de pêssego e cala de erva-cidreira

Receita – Cestinhas com sorbet de pêssego e cala de erva-cidreira

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Receita – Cestinhas com sorbet de pêssego e cala de erva-cidreira

Se você está à procura de um diferente tipo de receita, aposte nas cestinhas com sorbet de pêssego e cala de erva-cidreira. Seu tempo de preparo pode demorar pouco mais de uma hora, serve cinco pessoas e é uma deliciosa sobremesa. Anote os ingredientes.

Para o sorbet você irá precisar de: 2 claras; 4 colheres (sopa) de açúcar; 1/2 xícara (chá) de água e 2 xícaras (chá) de iogurte de pêssego.

Para as cestinhas você irá precisar de: 3 xícaras e meia de cereal de flocos de milho sem açúcar; 3 colheres (sopa) de mel e 4 colheres (sopa) de creme vegetal sabor manteiga.

Para a calda: 1 xícara (chá) de água; 1/2 xícara (chá) de açúcar e 1 xícara (chá) de erva cidreira picada.

Como preparar – bata as claras de ovo até o ponto de neve na batedeira. Depois, em uma pequena panela, mistura a água e o açúcar, leve ao forno médio e cozinhe por 10 minutos ou até formar uma calda em ponto fio ralo. A seguir, bata novamente às claras e adicione a calda quente, bata por mais 5 minutos ou até que se forme um merengue.

Retire a mistura da batedeira, adicione o iogurte sabor pêssego e mecha devagar. Depois, transfira para uma fôrma para gelo e coloque no congelador ou freezer por 2 horas. A seguir, bate novamente a mistura na batedeira por somente 3 minutos ou até que ela fique com uma consistência cremosa. Ponha novamente na fôrma de gelo e deixe no congelador por mais 2 horas.

Cestinhas – Deixe o forno pré-aquecido em temperatura média. Depois, pegue o cereal de flocos de milho e triture no liquidificador até que se obtenha uma farinha. A seguir, transfira a farinha para uma tigela e adicione o mel e o creme vegetal, amasse a misture até obter uma farofa úmida.

Distribua a farofa por 10 fôrmas médias de empada (8 cm de diâmetro). Depois, pressione com as costas de uma colher até acobertar todo o fundo e a lateral da fôrma. Deixe no forno por 15 minutos ou até dourar um pouco. Reserve.

Calda – Pegue uma panela média, coloque a água, o açúcar e a erva-cidreira. Cozinhe por 10 minutos ou até formar uma calda grossa, em fogo baixo e não mexa. Passe a calda pela peneira e retire a erva-cidreira. Reserve.

Como montar – Pegue o sorbet do congelador e aguarde 5 minutos. Depois faça bolas usando um boleador de sorvetes ou uma colher (sopa) e recheie as cestinhas de massa. Após isso, cubra com a calda de erva-cidreira e pronto! Basta servir em seguida.


Rua Direita

Título: Receita – Cestinhas com sorbet de pêssego e cala de erva-cidreira

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

633 

Comentários - Receita – Cestinhas com sorbet de pêssego e cala de erva-cidreira

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios