Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Caçarola de Grão e Cebola Para um Jantar em Família

Caçarola de Grão e Cebola Para um Jantar em Família

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Caçarola de Grão e Cebola Para um Jantar em Família

Esta receita de caçarola de grão e cebola é uma refeição perfeita para um grupo alargado, uma vez que alimenta entre oito a dez pessoas. Fácil e rápida de confecionar, é indicada para um jantar após um dia passado em família. Pode, inclusivamente, prepará-la antes de um passeio, arrefecer a panela no frigorífico e aquecê-la no fogão à hora de jantar. A maioria dos ingredientes, como o grão-de-bico e o nabo, dão-lhe um sabor propositadamente rústico, naquilo que será para muitos um delicioso regresso às origens.

Os ingredientes necessários para oito a dez pessoas são, então, os seguintes: uma lata grande de grão-de-bico cozido, uma lata pequena de ervilhas, uma lata pequena de feijão cozido (pode escolher encarnado ou branco de acordo com a sua preferência), 150g de nabo cortado em cubos, 1 lata de pepinos em conserva, duas cebolas grandes, 5 tomates preferencialmente frescos pelados e sem sementes, três batatas cortadas em cubos, 100g de soja grossa (destinada a fornecer a proteína), 5 colheres de sopa de azeite, dois caldos de legumes, um ramo de coentros, piripiri em pó, quadrados de pão tostados e sal q.b.

A preparação, extremamente simples, é a seguinte: Deite, numa panela com três copos de água e dois cubos de caldo de legumes (poderá comprar o caldo já líquido, embora a sua venda seja um pouco mais rara), a soja grossa previamente passada por água abundante, as cebolas cortadas às rodelas, os cubos de batata e de nabo, os tomates cortados e uma pitada de sal (com cuidado para não salgar demais, uma vez que os caldos de legumes já contêm sal). Deixe cozinhar até que os legumes e a soja estejam macios e o tomate desfeito, acrescentando de seguida o grão, o feijão e as ervilhas. Se necessário, acrescente mais água e retifique os temperos.

Retire do lume sem deixar evaporar todo o caldo e junte o pó de piripiri, disponha os cubinhos de pão tostado no topo do preparado, já noutro recipiente e leve ao forno para que o pão aloure mais. Ao retirar do forno, polvilhe com os coentros picados, acompanhe com uma pequena travessa de pepinos de conserva e sirva. Bom proveito!

Sofia Nunes

Título: Caçarola de Grão e Cebola Para um Jantar em Família

Autor: Sofia Nunes (todos os textos)

Visitas: 0

626 

Comentários - Caçarola de Grão e Cebola Para um Jantar em Família

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios