Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Ataques de pânico – liberte-se!

Ataques de pânico – liberte-se!

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Ataques de pânico – liberte-se!

Os ataques de pânico são silenciosos e dissimulados e podem acontecer a qualquer pessoa. De uma maneira geral, eles ocorrem repentinamente, quer sem causa aparente quer em situações em que a pessoa sinta que está, de facto, a correr um risco, mas na realidade não existe perigo algum.

Os sintomas mais comuns são a falta de ar, sentir frio e calor quase simultaneamente, tonturas, dor no peito, alteração do ritmo cardíaco, que se torna mais acelerado ou com palpitações, suores e náuseas. Estes sintomas podem ocorrer de forma bastante intensa e quem os sente pode acreditar estar a sofrer um ‘ataque cardíaco’.

Ainda que o pânico dure apenas alguns minutos, o simples facto de a pessoa recear que a situação se repita pode desencadear novo pânico. Em situações mais extremas, algumas pessoas ficam com tanto medo que nem ousam sair de casa durante meses ou anos!

A causa deste tipo de ataque não é ainda uma certeza, mas os estudiosos e peritos na matéria acreditam que um trauma de infância ou mesmo a hereditariedade desempenham um papel fundamental na doença. É necessário estar atento aos sinais do corpo antes que um ‘ataque de pânico’ se torne incapacitante. Pode recorrer a técnicas simples para prevenir o aparecimento dos ataques de pânico e evitar que eles possam dominá-lo.

Respire devagar, lenta e profundamente. Isto alivia a tensão muscular e as tonturas, além de outros sintomas que podem iniciar um ataque. Inspire, faça uma pequena pausa, e expire. Sinta todo o corpo a descomprimir e a entrar em relaxamento. Repita as vezes que forem necessárias até se sentir melhor. Aproxime-se de alguém e converse. O diálogo com o outro aliviará a sua tensão e fará sentir-se melhor. Fale inclusivamente sobre o que está a sentir nesse momento. Elogie-se e diga a si mesmo palavras de calma e serenidade. Entoe uma canção favorita.

O exercício físico regular é muito importante. Faça uma caminhada ou um número de exercícios leves para poder relaxar. Dedique-se a atividades domésticas que o distraiam e mantenham relaxado como as limpezas ou a jardinagem. O contacto com as plantas e animais é uma ótima terapia.

Se algo na sua vida está a acontecer que eseja a provocar esses ataques de pânico, procure ajuda e tente, o mais rápido possível, livrar-se dessas tensões que o estão a prejudicar. Uma simples alteração no quotidiano pode trazer grandes benefícios para a sua saúde!


Rua Direita

Título: Ataques de pânico – liberte-se!

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

602 

Comentários - Ataques de pânico – liberte-se!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Jardinagem Fonte de Vida

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Bricolage Jardim
Jardinagem Fonte de Vida\"Rua
A jardinagem é conhecida há anos como uma forma de emprego que possibilita a muitos uma renda familiar mensal. A jardinagem também pode ser artística onde a arte do profissional é aplicada. A jardinagem pode ser de inúmeras formas conhecida e exercida, trazendo benefícios imensuráveis a aqueles que dela são adeptos.

Muito mais que fonte de renda ou arte a jardinagem é uma fonte de inúmeros beneficio a vida do ser humano, fonte de alegria, relaxamento e distração. E por ser uma atividade tão simples não é difícil de ser realizada. A jardinagem é por si só fonte de vida, fonte de aprendizado e principalmente fonte de intimidade do ser humano.

Ser adepto da jardinagem não é somente revirar terra, ser adepto da jardinagem é decisão de vida que transforma seu dia-a-dia mudando a rotina de dias estressantes e cansativos.

Ao olhar de muitos a tarefa possa parecer penosa, cansativa e até chata, mais somente estando envolvido na jardinagem para perceber que muito mais ter um corpo cansado após a tarefa, você na verdade descansa seu corpo sua mente e seu espírito da agitação do dia-a-dia.

Alguns minutos dedicados à jardinagem são o suficiente para inibir grande carga emocional e física do nosso dia-a-dia, e proporcionando uma energia a mais para os próximos dias.

A jardinagem pode ser realizada de varias formas simples que vão trazer todos estes benefícios a sua vida e não são necessários grandes investimentos ou mudança radical da sua rotina de vida ou qualquer outra mudança que você possa imaginar. Na verdade as maiores mudanças são comportamentais e só depende de você.

Para detalhar um pouco o que você poderá fazer com alguns minutos dedicados à jardinagem você irá perceber que não há nenhuma dificuldade em realizar esta tarefa.

Com um mínimo de espaço você pode cultivar plantas simples, em vasos pequenos que não irão ocupar espaço e serão na verdade uma linda forma de ornamentar sua casa.

Você poderá cultivar uma espécie de planta conhecida como:
- Rosa de pedra

É uma suculenta, planta que armazena água nas folhas e caules, que tem o formato parecido com o de uma rosa. É muito usada para fazer arranjos em vasos com outras suculentas e cactos. Deve ser regada apenas uma vez por semana, pois a umidade pode apodrecer suas raízes. Não tolera muito sol.

E você vai perceber que se dedicar alguns minutos a jardinagem é muito bom para você, os resultados não tem como ser calculados, somente há possibilidade de experimentar o quanto bom é o resultado final.

Então não espere muito é dedique-se um tempo a descobrir o quanto é bom a jardinagem para sua vida.

Pesquisar mais textos:

Rodrigo Junio Ferreira

Título:Jardinagem Fonte de Vida

Autor:Rodrigo Junio Ferreira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:43:33

    É tão gratificante nós mesmos realizarmos a jardinagem. Essa atividade relaxa, gera prazer e o resultado nos deixa muito felizes. Vale a pena!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios