Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > 5 coisas boas que as pessoas dificilmente acreditam

5 coisas boas que as pessoas dificilmente acreditam

Categoria: Outros
Visitas: 2
Comentários: 6
5 coisas boas que as pessoas dificilmente acreditam

1. Todo mundo me odeia.
Esta é uma crença tóxica e uma ilusão, mas, infelizmente, uma grande proporção de pessoas infelizes cedam a isso, que é em grande parte por que eles são infelizes. Pessoas felizes enfrentam o mundo com uma dose saudável de curiosidade e indiferença. Eles estão interessados nos outros, ainda não tão dependente do ser amado de uma maneira específica. Fazer amigos leva tempo, e isso é tudo.

2. Eu não posso.
Se você acredita que é incapaz e deixa que essa crença incuta sua felicidade, então, finalmente, você está acreditando em falácia. A única maneira de melhorar e ter sucesso em qualquer coisa é tentar e tentar novamente.

3. Eu tenho algo a provar.
As pessoas infelizes buscam a felicidade através de aprovação. Infelizmente, essa aprovação é impossível de alcançar porque é causada por uma falta interna, que os mantém sempre se esforçando. A felicidade só pode ser alcançada através da autoaceitação. A sua é a única aprovação que você precisa.

4. Isso não importa.
"Isso não importa" é apenas uma desculpa. É o que as pessoas infelizes dizem a si mesmas para evitar o confronto quando elas foram maltratadas, ou a suportar uma falta de coragem quando elas não seguem os seus sonhos. Felicidade importa, sim. Respeito importa, sim Não descarte suas necessidades para evitar a responsabilidade de sua própria felicidade.

5. Que eu seria mais feliz, se eu fosse..........
Você sabe como é a sua rotina. Eu seria mais feliz, se eu fosse mais magra, mais bonita, mais inteligente. As pessoas felizes sabem que o segredo da felicidade é aceitar suas falhas e tudo. Não há problema em trabalhar para melhorar a si mesma, até mesmo quando estamos sempre em um estado de aprendizagem, mas não é bom para repreender a si mesma para as suas falhas. Concentre-se em seus pontos fortes.

6. Estou muito velho.
Você nunca é velho demais. Sim, isso pode parecer ridículo. E, pode ser mais difícil do que o esperado, mas nunca é tarde demais para escolher a felicidade. As pessoas felizes continuam escolhendo a felicidade a cada dia. A vida é imprevisível. A única coisa certa é que estamos todos a envelhecer um dia de cada vez, por isso não deixe manter-se feliz.


Rua Direita

Título: 5 coisas boas que as pessoas dificilmente acreditam

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 2

602 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 6 )    recentes

  • Patricia SantosPatricia Santos

    28-04-2014 às 00:32:43

    Muito bom..As vezes as coisas ruins vem antes das boas..é Deus preparando o seu caminho para um acontecimento bem melhor..

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    30-04-2014 às 20:07:49

    Com certeza, Patrícia. A Rua Direita agradece seu comentário!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoEntrudes

    27-04-2014 às 00:08:39

    Talvez sim talvez não ...mais tarde será revelado. !? ...mas o que? Vida , morte , alegria ao simplesmente Viver.

    Parabéns a Voce e a Mim. Eu gosto de mim, e eu não acredito em nada do que você fala aqui...

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    27-04-2014 às 17:41:07

    Obrigada pelo comentário, Entrudes. Como o próprio tema diz: "...as pessoas dificilmente acreditam". Mas, lá na frente você irá compreender melhor o que cada tópico quer dizer. Até!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAntunes

    26-04-2014 às 11:46:02

    Existem mais coisas, ou são só essas?

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    27-04-2014 às 17:38:30

    Existem mais sim, Antunes. Há coisas tão boas que nos acontecem, mas que rotulamos como ruins. Tudo o que ocorre neste mundo tem um propósito, até mesmo uma dificuldades, uma tragédia, cada sofrimento, dentre outros. Aprender a descobrir isso fará de você uma pessoa mais feliz e satisfeita, principalmente, quando você busca a Deus em todas as coisas. Romanos 8:28

    ¬ Responder

Comentários - 5 coisas boas que as pessoas dificilmente acreditam

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios