Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > Galeria da Academia de Florença

Galeria da Academia de Florença

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Arte
Visitas: 2
Galeria da Academia de Florença

A Academia de Florença foi fundada em 1563 por Vasari, tornando-se na primeira Academia de Belas-Artes da Europa. Tinha como objetivo unir os artistas para estes trocarem ideias. A partir de 1784, evoluiu para uma sala de exposições e uma escola. Foi fundada a Galeria da Academia, um museu que tinha como fim receber as obras de arte que vinham da escola.

No museu podemos encontrar artistas e obras como: Giovanni di ser Giovanni Guidi, Cortejo nupcial ou Baú Adimari; Sandro Botticelli, Nossa Senhora do mar; Filippino Lippi, São João Batista, Santa Maria Madalena e Deposição da cruz; Pietro Perugino, Assunção da Virgem; Mariotto Albertinelli, A Santíssima Trindade; Giambologna, Rapto das Sabinas; Miguel Ângelo Buonarroti, Prisioneiro chamado escravo jovem, São Mateus, Prisioneiro chamado escravo que desperta, Prisioneiro chamado escravo barbudo, Pietà de Palestrina e David; Santi di Tito, Entrada de Cristo em Jerusalém; Lorenzo Bartolini, o vindimador; Pacino di Bonaguida, A árvore da vida; Taddeo Gaddi, Ressureição; Mariotto di Nardo, Nossa Senhora no trono e santos; Lorenzo Monaco, Nossa Senhora no trono com o Menino e santos, entre outros.

O Rapto de Sabinas, de Giambologna, é uma escultura, onde um jovem eleva uma mulher. Entre as pernas do jovem, está um homem agachado. Cada figura tem um significado para o artista: o jovem representa a juventude, a mulher a delicadeza feminina e homem agachado a velhice.
O famoso David de Miguel Ângelo Buonarroti representa o futuro rei de Israel, imitando um herói grego, David, que mata Golias. Ainda segura na mão a pedra, ou seja, a ação ainda não aconteceu.

A árvore da vida, de Pacino di Bonaguida, mostra a crucificação e a genealogia de Cristo. A cruz é feita pela árvore genealógica e das suas ramificações surgem várias cenas bíblicas. O artista demonstra nesta obra uma grande qualidade na arte miniaturista.
O políptico de Mariotto di Nardo, Nossa Senhora no trono e santos, mostra, no centro, a Nossa Senhora com o menino com anjos a rodear o seu trono. À esquerda está São Lourenço e São João, e à direita, São Tiago e São Sebastião. Nas cúspides podemos ver cenas da Paixão de Cristo. Na predela estão cenas da Virgem.

Daniela Vicente

Título: Galeria da Academia de Florença

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 2

656 

Comentários - Galeria da Academia de Florença

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios