Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > Museu do Louvre

Museu do Louvre

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Arte
Museu do Louvre

A história do Louvre remonta a 1190, quando Filipe, o Conquistador, mandou construir um edifício com o objetivo de ser uma fortaleza para adicionar à cinta de muralhas. Passou a ser a residência dos monarcas franceses a partir de Francisco I, no século XVI. Com a Revolução Francesa, o edifício ganhou um novo rumo, o de ser um museu de acesso a todos os franceses. Abriu em 1793 ao público pela primeira vez. Este tem vários pisos com três alas: a ala Sully, a Denon e a Richelieu.

O Museu do Louvre tem salas com antiguidades Gregas, Etruscas e Romanas, com obras como O imperador Trajano, de 108 a.C., Estela de Farsalo, de 470-460 a.C., Vénus de Milo, de 100 a.C., Sarcófago dos esposos, de 520-510 a.C., O Julgamento de Páris, de 115 d.C., Nike de Samotrácia, de 190 a.C.; antiguidades egípcias, Estela do rei Serpente de Abydos, de 3100-2700 a.C., Escriba sentado, de 2620-2350, Colher com jovem nadadora, de 1400-1360 a.C., Torso feminino, de 1360 a.C., O rei Amenófis IV, de 1350 a.C., antiguidades orientais, Código Hammurabi, de 1792-1750 a.C., Estela da vitória de Naram Sin, de 2350-2200 a.C., Touro androcéfalo alado, Friso dos arqueiros, Friso dos grifos, entre outras.

No famoso Museu do Louvre podemos ver a escultura italiana, espanhola, francesa, do Norte da Europa, do século XII ao XIX . Destacamos as obras de Antonio Canova, Amor Psiché e Miguel Ângelo Buonarroti, Escravo moribundo. A pintura italiana abunda no Louvre: Leonardo da Vinci, Nossa Senhora com o Menino e Santa Ana e Mona Lisa; Cimabue, Maestà; Giotto, São Francisco recebe os estigmas; Paolo Ucello, a Batalha de São Romão; Veronese, As Bodas de Canã; a pintura espanhola: El Greco, Crucificação com dois patronos; Jusepe de Ribera, O Aleijado; a pintura francesa: Jacques-Louis David, O Juramento dos Horácios; Théodore Géricault, A Balsa da Medusa; Eugène Delacroix, A Liberdade guiando o povo; Jean-Baptiste-Camille Corot, Mulher com pérola; Jean-Antoine Watteau, Gilles; da pintura dos Países Baixos: Jan van Eyck, A Virgem do chanceler Rolin; Anton van Dyck, Retrato de Carlos I rei de Inglaterra; Jan Veermer, A rendeira; Rembrandt, Bate-Seba no banho; e a Galeria dos Médicis com 24 telas de Peter Paul Rubens.

Daniela Vicente

Título: Museu do Louvre

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 0

666 

Comentários - Museu do Louvre

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dicas para decorar salas pequenas.

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Decoração
Dicas para decorar salas pequenas.\"Rua
A realidade das grandes cidades é que a maioria das pessoas mora em espaços pequenos. É fato também que todos desejam ter um ambiente acolhedor e aconchegante para receber amigos. Em contrapartida, na medida em que os espaços encolhem, a quantidade de aparelhos eletrônicos que utilizamos aumenta cada vez mais. Há ainda quem use a sala como home-office.

Nesta busca de inspiração para organizar e incrementar sua sala, encontramos uma série de sites especializados e blogs com muitas, muitas ideias. O conceito de D.I.Y. (do it yourself) que significa "faça você mesmo” nunca esteve tão na moda. É uma alternativa para reduzir gastos com mão de obra e nada melhor do que criar um espaço com um toque todo seu. Inspirações e ideias não faltam. Hoje, de certa forma todos nos sentimos meio decoradores.

Mas planejar a decoração de uma sala pequena exige alguns cuidados para que o ambiente não fique entulhado de móveis, disfuncional ou até mesmo desagradável.

Confira algumas dicas para decorar sua sala com estilo e valorizando seu espaço:
Os espelhos, além da autocontemplação, causam efeitos interessantes. Aplicados, por exemplo, em uma parede inteira pode duplicar a amplitude do ambiente. Pode ser usado também em móveis, tetos, em diversos formatos e valorizar a luminosidade da decoração.

As cores tem poder de causar sensações. Em ambientes com pouco espaço, elas podem colaborar para que a sensação de amplitude possa tanto aumentar quanto diminuir. Para pintar as paredes de sua sala aposte em cores claras. O teto com uma cor mais clara que a das paredes, por exemplo, pode simular uma elevação do teto, já em uma cor mais escura, promoverá uma sensação de rebaixamento do teto.

A escolha e posição dos móveis são um aspecto muito importante. Opte por poucos móveis, nunca de tamanhos exagerados e posicione-os de forma que valorize o espaço. Móveis que misturam poucos materiais, baixos e com linhas retas proporcionam leveza ao ambiente.

Uma solução muito interessante para espaços pequenos é a utilização de prateleiras. Caixas para produtos horto frutícolas reformadas podem se tornar lindas prateleiras. Mas cuidado com a profundidade, para não atrapalhar na disposição de outros móveis e objetos.

Móveis multifuncionais ou móveis inteligentes são excelentes alternativas para uma sala pequena. Um bom exemplo são pufes, que podem ser usados como mesas de centro ou ficarem alojados debaixo de aparadores e quando recebemos visitas podem se transformar em assentos extras. Mesas dobráveis também são uma ótima opção.

Escolher o mesmo piso ou revestimento pode dar a impressão de área maior, de continuidade. Mudanças drásticas de um ambiente para outro pode causar a sensação de divisão e consequentemente fazer parecer menor.

Algumas outras dicas: um sofá retrátil ou reclinável garante muito mais conforto e ocupa o espaço de um sofá simples. Suporte ou painéis móveis para TV possibilitam que ela seja movida na direção desejável. Caso o ambiente tenha escadas, escolher um modelo de escadas vazadas evita divisões e pode se tornar uma peça de destaque na sala. E para as cortinas, escolha tecidos leves, lisas e sem estampas.

De qualquer forma, ouse, não tenha medo de arriscar, crie, não copie, só assim será seu!

Luciana Santos.

Outros textos do autor:
Dicas para decorar salas pequenas.

Pesquisar mais textos:

Luciana Maria dos Santos

Título:Dicas para decorar salas pequenas.

Autor:Luciana Maria Santos(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Carlos Rubens Neto 16-06-2016 às 16:20:24

    Excelente matéria! Parabéns Luciana ;)

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios