Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Truques caseiros para a sua roupa

Truques caseiros para a sua roupa

Categoria: Vestuário
Visitas: 12
Comentários: 8
Truques caseiros para a sua roupa

Com alguns segredos caseiros vai poder deixar o guarda-roupa de toda a sua família mais branco, macio e perfumado.

Para a roupa não desbotar, coloque um pouco de sal ou vinagre na máquina de lavar durante a lavagem.

Para que as suas meias de lycra durem, molhe-as e congele-as logo de seguida. Depois, deixe que descongelem e sequem ao sol.

Teve uma distracção e a sua camisola de lã encolheu? Deixe-a de molho em água morna com bastante shampoo, até que volte ao tamanho normal.

Para tirar pastilha elástica da roupa das suas crianças, ponha um papel branco encima do local onde a mesma está colada, e passe com o ferro de engomar bem quente.

Para evitar humidade no guarda-roupa, pendure dentro pedaços de giz.

Pequenas peças, como soutiens, devem ser colocadas dentro de fronhas ou sacos de tecido próprios para lavagem na máquina.

Se foi de férias e não tem ferro de engomar, pendure as roupas na casa de banho, ligue a torneira da água quente na banheira e feche a portada casa de banho. O vapor irá eliminar as rugas.

Uma dica valiosa para que as peças não fiquem amareladas é envolvê-las num pano preto.

Um pouco de shampoo colocado now colaruinhos das camisas, ajuda a tirar as manchas de gordura mais resistentes.

Os riscos de tinta podem ser retiradas da roupa se embeber as manchas água onde cozeu feijão branco. Em seguida, lave a peça como de costume.

Entornou café em cima da roupa? Passe imediatamente um cubo de gelo sobre a zona afectada e, de seguida, molhe a área com água, detergente e algumas gotas de vinagre. Lave como habitualmente e verá que a nódoa sai facilmente.

Para se livrar das nódoas de gordura, comece por retirar o excesso com pó de talco. Espere que a gordura seja absorvida e escove bem. Esfregue a nódoa com sabão humedecido em água morna, e deixe de molho por uma hora. Em seguida, lave como habitualmente.



Catarina Bandeira

Título: Truques caseiros para a sua roupa

Autor: Catarina Bandeira (todos os textos)

Visitas: 12

797 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 8 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    17-09-2014 às 04:04:40

    Perfeito esses truques caseiros para as nossas roupas. Adorei a dica do sal ou vinagre na hora da lavagem, vou fazer com toda a certeza. Muito agradecida!

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    08-06-2014 às 04:49:22

    Fantásticos truques caseiros para as roupas. Assim, evitamos os gastos desnecessários! Muito bom!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • lusiane araujo

    03-11-2013 às 01:59:07

    adorei as dicas sobre as meias lyera agora as minhas vao durar mas um pouco obrigada

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    13-09-2012 às 15:34:58

    adorei os seus truques, parecem-me ser muitos úteis. a mais preciosa para mim é sem dúvida para os colarinhos brancos. o meu companheiro transpira muito e os colarinhos acabam por sofrer. esfrego, esfrego e não sai. espero que com a sua dica os colarinhos passem a andar mais brancos. gostei muito do seu texto e espero que continue a dar sugestões deste género. já conheci o truque do giz para a humidade.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarla Horta

    07-09-2012 às 23:06:52

    Olá Darcilia. Quer tirar nodoas de ferrugem da roupa? Coloque sal e depois esfregue com limão. De seguida coloque num saco de plástico. Coloque-o ao sol durante meia hora. Por fim lave-o normalmente com água e detergente. Dizem que dá resultado. Boa sorte

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãovivi

    27-04-2011 às 09:14:45

    São sempre uteis estas dicas..Gostei a do colarinho! As camisas do meu marido chegam a tar uma vergunha, as nódoas do colarinhos são o pior..São muito dificeis de tirar..
    Já agora sabe como tirar a ferrugem da roupa?
    Obrigado.

    -º de nada

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãobea

    27-04-2011 às 09:12:52

    uau qe giro , ate la nao feira da parvonia encontro coisas mais bonitas , nossa eu se tivesse uma cara como a sua punha a minha mae em tribunal :D

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDarcilia

    24-08-2009 às 12:23:02

    São sempre uteis estas dicas..Gostei a do colarinho! As camisas do meu marido chegam a tar uma vergunha, as nódoas do colarinhos são o pior..São muito dificeis de tirar..
    Já agora sabe como tirar a ferrugem da roupa?
    Obrigado.

    ¬ Responder

Comentários - Truques caseiros para a sua roupa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os descendentes de Eça

Ler próximo texto...

Tema: Literatura
Os descendentes de Eça\"Rua
Recentemente, por via da comunicação social, soubemos da entrega do prémio Leya, a um trineto de Eça de Queirós. Julgo que bastou essa noticia, para que todos ficássemos curiosos sobre os seus descendentes…esse mistério, como o Mistério da Estrada de Sintra, começou a adensar-se entre quem se interessa por estas coisas da literatura e da genealogia…então aqui deixo algumas notas que poderão ser importantes para quiçá, um dia, um qualquer jornalista, ou editor, se lembre, de conseguir reunir todos os seus descendentes vivos e se tire uma fotografia de família.

José Maria Eça de Queirós, escritor pródigo da nossa nação, contraiu matrimónio em 1886, com Emília de Castro Pamplona Resende, condessa de Resende, deixando à data de sua morte, em Paris, quatro filhos como seus descendentes e herdeiros diretos; foram eles António Eça de Queirós, Maria Eça de Queirós, Alberto Eça de Queirós e José Maria Eça de Queirós; portanto três meninos e uma menina.
Através do site Geneall.net, foi possível perceber as linhas genealógicas que se seguiram aos seus filhos. No entanto, nem todos os nomes dos seus bisnetos e trinetos estão aí presentes, com certeza por motivos de ordem pessoal, de resguardo da privacidade, motivos que não podemos questionar. Porém, é possível, pelo menos determinar a existência desses membros da família queirosiana.

De antemão sabemos que não houve descendência por parte de dois dos seus filhos, António Eça de Queirós e de Alberto Eça de Queirós.
Maria Eça de Queirós teve dois filhos, uma menina e um menino, porém a menina morreu muito nova, ficando apenas o menino, de seu nome Manuel Pedro Benedito de Castro, que mais tarde casou com Maria da Graça Salema de Castro, a mulher que se tornou a primeira diretora da Fundação Eça de Queirós, na casa de Tormes, pertença da família da esposa de Eça de Queirós. Como Manuel Pedro Benedito de Castro não teve filhos, sabemos que por este ramo, terminou a descendência do escritor.

Convém, entretanto, acrescentar aqui uma curiosidade. Depois do regresso a Portugal da viúva de Eça, ela e os filhos, foram residir para a casa da Granja, pertencente à família de Sophia de Mello Breyner. Inicialmente como esta casa costumava ser arrendada pela família de Sophia, Emília de Castro, arrendou-a, vindo a compra-la uns anos depois. Portanto, é aqui nesta casa que ela cria os seus filhos, e é onde, José Maria Eça de Queirós, um dos seus filhos, permanece após a sua morte, tendo criado aqui os seus filhos e netos, e tendo aqui também falecido.

Podemos então seguramente afirmar que a sua grande linha de descendência parte do seu filho, com o mesmo nome, José Maria Eça de Queirós, que teve também ele, atente-se à curiosidade, quatro filhos, neste caso, ao inverso, um menino, e três meninas, respetivamente de seus nomes, Manuel Eça de Queirós, Maria das Dores Eça de Queirós, Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós e Emília Maria de Castro Eça de Queirós. Esta ultima, Emília, teve ao que consta nove filhos, sendo que um deles, Afonso Maria Eça de Queirós Cabral, é quem atualmente preside à Fundação acima citada, depois da morte da primeira presidente, referida atrás, Maria da Graça Salema de Castro.

Manuel Eça de Queirós por sua vez teve seis filhos, Maria das Dores Eça de Queirós teve três filhos, e Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós, dois filhos. Somados, contabilizamos vinte, os bisnetos do famoso escritor. Seria interessante avançar um pouco mais nos ramos genealógicos e aflorar quem são ou pelo menos, quantos são os trinetos e tetranetos de Eça, por conseguinte fica aqui o desafio, pois é certo que porventura alguns destes descendentes não se conhecem, e nunca terão trocado qualquer impressão sobre o seu ascendente, para uns, bisavô, para outros trisavô, e ainda para outros, tetravô.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Os descendentes de Eça

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios