Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alojamento > Quando arrendar casa sai mais barato que ir para um hotel...

Quando arrendar casa sai mais barato que ir para um hotel...

Categoria: Alojamento
Visitas: 2
Comentários: 4
Quando arrendar casa sai mais barato que ir para um hotel...

Os viajantes estão cada vez mais criativos e poupados. A última inovação tem a ver com o alojamento. A tendência do turismo de cidade começa a abrir horizontes e em vez de se marcar dormida num hotel, já há quem prefira um lugar em que se sinta mais em casa, como tal, alugam apartamentos. Muitos acreditam que esta é a melhor maneira de se sentir a atmosfera do local.

Face a esta procura, proliferaram sites de aluguer de estadia de curta duração, havendo mesmo proprietários que investiram numa boa remodelação para conseguir cativar mais clientes. Existem factores essenciais que o possível hóspede procura, tais como a qualidade e a localização. Casas nos centros históricos, remodeladas, equipadas com electrodomésticos, berços e aparelhagem sonora, bem decoradas, são o que pode determinar ou não um arrendamento. Empresas de gestão destes apartamentos têm sido criadas. No fundo estas casas acabam por funcionar como aparthotéis, sendo o check in feito na casa com um membro da equipa e, o hóspede tem acompanhamento 24 horas por dia, através de uma linha telefónica especial. Tanto a limpeza como a manutenção estão incluídas no preço final, que ronda em média os 65 euros (casa para duas pessoas) por noite, variando estes valores de acordo com as épocas do ano e também com a duração da estada. O grande objectivo deste tipo de turismo é que as pessoas se possam sentir em casa, ao mesmo tempo que podem ter a experiência da vivência nos bairros típicos.

Este tipo de mercado é procurado maioritariamente por europeus, mas já desperta interesse junto de quem faz viagens de negócios. Muitos consideram que esta é mesmo uma forma de se sentirem em casa, tendo a vantagem de poderem também convidar pessoas para um melhor convívio. No fundo é quase como se nem saíssem de casa, podendo manter muitos dos hábitos que tinham: ir às compras, cozinhar o que mais apetece no momento, receber amigos e estes poderem comer e beber à vontade, já que existe a hipótese de dormirem lá por casa…

Se tudo o que foi descrito no texto o começa a entusiasmar e quem sabe a pensar mesmo em planear umas férias em casa, mas fora de casa, faça pesquisa na Internet que certamente irá encontrar várias opções de alojamento. Depois é só definir o local onde quer ficar, fazer contas ao dinheiro que quer gastar, ao tempo que quer ficar e reservar. Tão simples quanto isto.

Eu vou aderir e você?



Catarina Guedes Duarte

Título: Quando arrendar casa sai mais barato que ir para um hotel...

Autor: Catarina Guedes Duarte (todos os textos)

Visitas: 2

632 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • SophiaSophia

    21-04-2014 às 16:51:00

    A Rua Direita acredita que é uma das melhores soluções de estadia e poupa muito dinheiro. Tudo está tão caro hoje que arrendar tornou-se já bem comum!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSofia Nunes

    13-09-2012 às 17:12:56

    Concordo completamente consigo quando refere que alugar uma casa ou um apartamento é a forma mais eficaz de conhecermos a cultura de um país/região. Isto porque não temos à nossa disposição as mordomias de um hotel, tendo que comprar a nossa comida, procurar o nosso próprio transporte (enquanto alguns hotéis providenciam serviços de transporte aos clientes). No entanto, há algo insubstituível na estadia num hotel que nos faz sentir que estamos verdadeiramente em férias.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoRita P.

    15-03-2009 às 23:37:00

    Que ideia mais original que em tempos de crise faz todo o sentido.

    Infelizmente , eu e o meu marido estamos desempregados por isso este ao férias só mesmo as nossas idas diarias ao Café Central.

    No entanto, vou estando atenta ás oportunidades...

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoLisberto

    15-03-2009 às 13:37:00

    Galera adorei o seu texto...muito obrigado!

    ¬ Responder

Comentários - Quando arrendar casa sai mais barato que ir para um hotel...

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Organizar Qualquer Tipo De Evento

Ler próximo texto...

Tema: Eventos
Como Organizar Qualquer Tipo De Evento\"Rua
Com todas as mudanças no mundo precisamos de pessoas capacitadas e qualificadas para se organizar um evento de porte. Não mais uma pessoa que faz tudo, que quebra-galho, mas um profissional estudioso no ramo para levar um evento de grande estima que atinja seu público de forma satisfatória e abrangente.

Para estar na frente exige-se muito trabalho, esforço e dedicação extrema para que se obtenha grande sucesso não somente para quem recebe como também para a própria instituição em que se realiza o evento. Isso tem causado uma procura por esses profissionais e até tem sido reconhecido como uma profissão que será valorizada muito nesses próximos anos.

Como Organizar?

Para estar na frente de um evento é necessário muita dedicação e amor. Muitas horas planejando e com uma grande antecedência. Pois, qualquer problema que ocorra no dia, será de responsabilidade de quem está organizando.

Então, todos os cuidados devem ser levados em consideração, devemos ter ações prevenidas e tudo deve ser listado, feito e dado uma atenção especial. Diante dos que se pretende fazer em um evento seja ele cultural, religioso, comercial, precisa de alguns parâmetros para serem seguidos cuja finalização tenha muito sucesso.

Eis quais são as etapas para você compreender melhor:
1. Objetivos: você deve primeiramente traçar um objetivo daquilo que se pretende realizar. Deve ser dividido em duas partes: a geral e a específica;

2. Públicos: quem são os públicos que serão atingidos? É um grupo de mulheres, um grupo de homens? Que faixa de idade? Essas e outras perguntas devem ser feitas;

3. Estratégias: essas estratégias consistem simplesmente em como você vai atingir o seu público, o que mais irá atraí-los para que possam ir ao seu evento?

4. Recursos: os recursos tanto materiais, humanos, físicos, todos esses recursos devem ser bem estruturados e anotados;

5. Implantação: Que métodos serão usados para o evento desde o início até o término do evento? Refere-se a todos os procedimentos;

6. Acompanhamento e controle: estipular alguém que irá acompanhar todo o processo e controlar, como por exemplo, as despesas;

7. Avaliação: feita após o término do evento, ela é produzida em formato de relatório e entregue a quem organizou o evento;

8. Orçamento Previsto: este deve ser feito bem detalhado. Uma das mais importantes partes de todo o evento. Pode buscar patrocínio, parcerias com empresas para assim evitar os gastos, mas tudo deve ser anotado e controlado.

Pesquisar mais textos:

Luene Zarco

Título:Como Organizar Qualquer Tipo De Evento

Autor:Luene Zarco(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios