Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alojamento > Cinco hotéis de sonho em Portugal

Cinco hotéis de sonho em Portugal

Categoria: Alojamento
Cinco hotéis de sonho em Portugal

Portugal, pelas suas características climáticas e paisagísticas, permite oferecer ao viajante ou turista dias de sonho absoluto, principalmente se a estadia for num dos belíssimos hotéis espalhados pelo nosso país. A oferta é variada, e os preços também. Verifiquemos, pois, como cinco hotéis da esfera onírica portuguesa presenteiam os seus hóspedes.

Comecemos pelo Norte do país, na Zona Demarcada do Douro (a mais antiga do Mundo). A Vintage House, localizada no Pinhão (área que foi recentemente classificada como Património Mundial, pela UNESCO), vê a sua designação associada aos vinhos de excelência produzidos na região, nomeadamente por ingleses. O edifício, datado do século XVIII, foi recuperado e actualmente funciona como hotel inserido numa zona de absoluta quietude e paz. A vista é soberba, podendo contemplar-se uma antiga ponte de ferro, os socalcos vinhateiros, montes durienses a perder de vista e, claro está, o rio Douro. Aproveite a estadia para encetar um pequeno cruzeiro no Douro, com duração de uma hora e partida do Pinhão.

Mais a Sul, na romântica Sintra, deparamo-nos com o incomparável Hotel Tivoli Palácio de Seteais, mergulhado numa das zonas mais protegidas e bem cuidadas da serra. Antiga Quinta da Alegria, foi construída por um holandês que se terá enamorado perdidamente da paisagem que corre a sul (verde e praias) e a noroeste (planície da Várzea e Colares). O local é profundamente idílico (tanto pelo exterior, como pela magnificência da decoração interior do palácio) e recomendado para casais apaixonados que pretendam proferir declarações de amor ou pedidos de casamento.

Se preferir as frondosas florestas a perder de vista do centro do país, proponha-se passar um fim-de-semana no Palace Hotel do Buçaco, antigo mosteiro dos monges carmelitas, que o inauguraram em 1626. Local eleito pelos mesmos como um refúgio acolhedor, um ermo inóspito, perdido no meio de árvores exóticas por eles também plantadas, entre as quais se encontra o famoso cedro do Buçaco, plantado, pensa-se, em 1644. Saiba ainda que este magnificente e luxuoso hotel albergou, por uma noite, o rei D. Manuel II e a actriz Gaby Desley, antes deste partir para o exílio. O palácio é convertido em hotel de luxo em 1917 e, desde então, os seus hóspedes têm tido oportunidade de provar leitão à Bairrada com talheres de prata e vinho do Buçaco elaborado artesanalmente.

Passeando pelo Alentejo, mais precisamente na pitoresca vila de Portel, encontramos o Hotel Rural Refúgio da Vila, uma antiga casa senhorial datada de 1830 que, em 1999 foi convertida em hotel, com apenas 10 quartos – actualmente conta já com 30. Típica casa solarenga alentejana, possui as paredes caiadas de branco, com sacadas verdes e tectos ostentando frescos recuperados. O visitante pode fazer passeios de bicicleta, cavalo ou mesmo de todo-o-terreno e, ainda, cursos de gastronomia alentejana.

Finalmente, rume em direcção ao Atlântico e pouse no L’Escale de L’Atlantic, na Ilha do Pico, Açores. A paisagem é estonteante e pode vislumbrar a ilha de S. Jorge, ao longe, na bruma. Neste refúgio (bastante acessível, diga-se) o hóspede pode deleitar-se com o rendilhado das madeiras, as cores alegres da envolvência, com a vegetação luxuriante que espreita do exterior e com pequenos-almoços suculentos (deliciosos pão e compota caseiros e leite açoriano) entregues à porta. Mais tarde, alugue um carro e suba ao Pico, o ponto mais alto de Portugal.


Isabel Rodrigues

Título: Cinco hotéis de sonho em Portugal

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 0

804 

Imagem por: Alan Light

Comentários - Cinco hotéis de sonho em Portugal

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Imagem por: Alan Light

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios