Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alojamento > Alentejo Da Nossa Alma, Alojamento À Portuguesa

Alentejo Da Nossa Alma, Alojamento À Portuguesa

Categoria: Alojamento
Alentejo Da Nossa Alma, Alojamento À Portuguesa

Existem poucos lugares que, quando visitados, nos influenciam tanto espiritualmente que, a partir desse momento, a vida como a conhecemos não fica mais a mesma. Isso acontece quando passamos a fronteira do resto do mundo e entramos no Alentejo, a maior região de Portugal.A chegada às planícies douradas, ondas de erva seca perfumada que se espalham em marés bafejadas pelo vento quente e seco, são o incenso purificador da alma do visitante que chega para não mais querer partir.Sentir o Alentejo é saborear, sentir, respirar, ouvir e ver a natureza em todos os seus elementos. Percorrê-lo de norte para sul ou de este para oeste é igualmente mágico e revigorante, quer na costa litoral atlântica, quer no interior iluminado.Outrora percorrido por povos rudes e mais tarde por reis que no alto das serras erigiram os seus castelos, as searas e os sobreiros guardam histórias intemporais de um povo que deu o mundo a conhecer-se, o português.Passo a passo, quilómetro a quilómetro, são inúmeros os locais que quase sem ninguém o recebem de braços abertos, de sorriso calmo e introvertido e sotaque pitoresco. Percorrer Setúbal, Santarém, Portalegre, Beja e Évora, é encontrar guarida hospitaleira com o cuidado caseiro que em poucos lugares se encontra.Os pratos tradicionais, os óptimos vinhos e um serviço que o fará sentir perto da sua origem, onde tudo começa e acaba.Entre nas pousadas, nos hotéis ou em simples e humildes hospedarias e sinta a generosidade portuguesa em cada gesto e cuidado. Os preços são incrivelmente baixos tendo em conta a qualidade física e humana que esta região portuguesa oferece. Desfrute do melhor por um valor que não paga o que se sente e o que se recomenda depois.Falar em classificação por estrelas é ferir a alma hospitaleira alentejana. O Alentejo é o brilho de 5 estrelas.Deixe-se seduzir por esta intemporal inspiração de poetas e conquiste este espaço para si. Será seu e sentirá que lhe pertence.Escolha o seu alojamento e vislumbre a melhor paisagem no melhor lugar do mundo em cada janela que abrir. Não importa onde, só pode ser na planície alentejana.Feche os olhos e impregne-se de Alentejo! E descanse... 'Partir é olhar para trás, chorando, porque o Alentejo da nossa alma longe de nós vai ficando.'

Ruben Duarte

Título: Alentejo Da Nossa Alma, Alojamento À Portuguesa

Autor: Ruben Duarte (todos os textos)

Visitas: 0

607 

Comentários - Alentejo Da Nossa Alma, Alojamento À Portuguesa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios