Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Seja um doador de medula óssea

Seja um doador de medula óssea

Categoria: Saúde
Comentários: 1
Seja um doador de medula óssea

Saiba que você pode ser um doador de medula óssea, basta você ter interesse em salvar vidas. É tão importante você saber que pode se dá e salvar uma vida. Hoje tenho a oportunidade de esclarecer sobre o transplante de medula óssea e dizer que você pode salvar vidas. Pois o transplante de medula óssea é uma modalidade terapêutica utilizada em tratamento de inúmeras das doenças hematológicas, benignas ou malignas; hereditárias ou adquiridas. O seu fundamento lógico para o transplante de células progenitoras está baseado no fato de que todas as células maduras que circulam no sangue, ou seja, glóbulos vermelhos, e glóbulos brancos e plaquetas provém de uma única célula, contida na medula óssea, que denominada célula progenitora ou “stem cell”, e é atualmente o termo mais amplamente e aceito, é células progenitoras hematopoéticas.

Assim, o termo transplante de medula óssea vêm sendo modificado por um termo mais específico que é o transplante de células progenitoras hematopoéticas, pois essa denominação reflete melhor o tipo de procedimento realizado, e o tipo de célula que o paciente irá receber para reconstituir sua medula óssea. A realização do transplante consiste na retirada de células progenitoras hematopoéticas. Estas células estão localizadas em adultos, principalmente nos ossos achatos como a bacia, esterno, costela e vértebras.

O procedimento consiste de múltiplas aspirações com de agulhas especiais. Podem-se obter as células progenitoras periféricas mobilizadas, com fator de crescimento (G-CSF), que vão circular na corrente sangüínea, e sendo coletadas através de máquinas denominadas leucaférese. As células progenitoras circulando na corrente sangüínea se implantam na medula óssea, iniciando a reconstituição hematopoética do paciente, após regime de condicionamento. O condicionamento é um uso de altas doses de quimioterapia associados ou não à radioterapia corporal para que o paciente seja tratado desta doença hematológica. Com a infusão de células progenitoras suficiente do paciente (que é transplante autólogo) ou de um doador próximo e compatível (que é transplante alogênico), a função da medula e a produção das células do sangue e é restaurada de maneira suficiente a permitir a recuperação de um tratamento intensivo. A indicação para transplante depende do tipo, e do estágio da doença e da idade do paciente. O paciente deve estar com a doença controlada. Não é todo o paciente que é portador de leucemia ou linfoma que têm indicação para realização de transplante. Portanto saiba que o critério para realizar um transplante está estabelecido em protocolos aprovados pelos Comitês de Ética.

Para se obter células progenitoras do sangue periférico, em número apropriado para o transplante, que é um equipamento chamado máquina de leucaférese. O sangue é separado e as células progenitoras são separadas de acordo com o seu peso, e armazenadas em um compartimento especial. As células progenitoras são infundidas no paciente, após o regime de condicionamento próprio para o transplante.
um paciente portador de leucemia ou linfoma que esteja em remissão, saiba, portanto que um transplante de células progenitoras será mais apropriado para a cura da doença do que outras formas de terapia. Se houver uma indicação de um transplante alogênico, e houver um doador compatível e disponível as células progenitoras saiba, portanto que há.

Saiba, portanto que há três formas de transplante o Alogênico que as células progenitoras vêm de um doador previamente selecionado por testes de compatibilidade, principalmente o HLA que antígeno de hispocompatibilidade leucocitária normalmente é identificado entre os familiares ou em bancos de medula óssea. Os bancos de medula óssea podem ter cadastrados de doadores adultos ou bancos de cordão umbilical. E o autólogo que é as células progenitoras que vem do próprio paciente. Já o singênico que as células progenitoras vêm de gêmeos idênticos, ou seja, univitelinos. Saiba, portanto o quanto você pode ser útil e salvar uma vida. Procure um banco de medula óssea e veja você um doador.



Waldiney Melo

Título: Seja um doador de medula óssea

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 0

670 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoEduardo Landim Paim

    27-04-2010 às 19:53:40

    Estou cadastrado como doador, me sentirei honrado se tiver a chance de salvar uma vida.

    ¬ Responder

Comentários - Seja um doador de medula óssea

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios