Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Como fazer um currículo

Como fazer um currículo

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Como fazer um currículo

Atualmente, criar um currículo apresentável e mantê-lo sempre atualizado, pode fazer toda a diferença na hora de ingressar no mercado de trabalho ou de procurar uma nova oportunidade de emprego. Muitos profissionais têm um currículo preenchido com várias experiências profissionais e cursos, porém sem o mínimo de organização e clareza nos dados. Isso pode ser prejudicial para sua carreira na hora de participar de uma triagem de currículos, pois pela maneira que estão organizadas as informações no currículo, o avaliador pode ver traços positivos ou negativos do candidato. Por isso, conheça algumas dicas importantes sobre como fazer um currículo e se destacar em processos seletivos.

1 - Não faça um currículo as pressas. No momento de fazê-lo é importante manter a calma e pensar no que você pode demonstrar de diferencial perante os outros candidatos.

2 - Se possível, antes de enviar um currículo para uma empresa, procure saber que tipo de profissional a empresa procura e qual o perfil desse profissional. Assim, será possível montar um currículo que esteja de acordo com o perfil da vaga desejada.

3 - Procure fazer um currículo original, sem cópia de outros modelos. É possível olhar outros currículos para tê-los como exemplos, mas lembre-se que terão vários outros currículos para o avaliador olhar. E se o currículo estiver igual a outro modelo, ele não ganhará destaque em meio aos outros.

4 - De destaque para suas informações de localização. Elas são essenciais para que o avaliador faça contato com você, por isso é importante mantê-las sempre atualizadas. Nome completo, telefone fixo, celular e um endereço de e-mail são necessários.

5 - Se você está procurando vaga em diferentes áreas, faça um currículo para cada uma delas. Dessa forma, será possível destacar todos seus pontos positivos para cada uma dessas áreas e não terá um currículo com informações desnecessárias.

6 - Nunca invente informações ou deixe-as nas entrelinhas. Seja claro, direto e objetivo, pois quando a empresa percebe que os dados constados no currículo não correspondem com a realidade, você será desqualificado.

7 – Os currículos podem ser escritos de maneira mais informal, mas não podem apresentar erros de gramática ou ortografia. Confira e releia com atenção e, se for o caso, peça para alguém com maior conhecimento verificar se está tudo correto, pois erros de português certamente irão te prejudicar.

8 - Informações essências em seu currículo: Dados para contato, como e-mail, telefone fixo e celular; Seu nome, estado civil e se tem filhos, cidade onde mora; Experiências profissionais com o período de duração e atividades desenvolvidas; Formação acadêmica e participações em cursos e eventos, e outras atividades relevantes à sua área; Aptidões adicionais como dirigir, veículo próprio e outras informações relevantes para a vaga em questão.

9 - Obviamente, o importante no currículo é a clareza das informações e seu conteúdo, entretanto, não deixe o capricho de lado por causa disso. Imprima-o com cuidado e no caso de estar desatualizado, edite o documento no computador e imprima novamente. Não rasure com a caneta, pois isso não causará uma boa impressão. Se seu currículo estiver caprichado e bem feito, as chances de entrarem em contato com você são grandes.


Rua Direita

Título: Como fazer um currículo

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

672 

Comentários - Como fazer um currículo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios