Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Desporto > Poker: Desporto ou não?

Poker: Desporto ou não?

Categoria: Desporto
Visitas: 2
Poker: Desporto ou não?

A grande maioria das pessoas quando ouvem falar de Poker imediatamente o associam a “jogos de sorte ou azar”, jogos de Casino ou até nalguns casos jogos ilegais. Não é de estranhar por isso que muitos lhe atribuam uma conotação negativa e não o vejam “com muito bons olhos”.

Nos casos em que se torna um vício e uma fonte de problemas financeiros e familiares para o jogador, obviamente é uma situação desagradável, no entanto, não devemos culpabilizar o Poker mas sim a pessoa porque não soube encarar o jogo da forma mais correcta e saudável, e procurou no Poker uma forma “fácil” e rápida de resolver os seus problemas e/ou realizar os seus sonhos.

Essa situação tem vindo a mudar e o Poker é já encarado por muitos como um verdadeiro Desporto, havendo já inúmeros profissionais da modalidade e um sem número de eventos internacionais onde competem os melhores. Existem inclusive competições, torneios e circuitos mundiais à semelhança do que acontece noutras modalidades desportivas, chegando a haver mesmo torneios de apuramento para essas fases finais.

Tal como noutros desportos para se chegar ao topo e estar entre os melhores são necessárias muitas horas de treino, estudo dos aspectos técnicos e tácticos da modalidade, grande controlo emocional e também uma boa preparação física. Apesar de ser uma modalidade sobretudo mental, por vezes nos Torneios compete-se 12 horas (ou nalguns casos mais) seguidas e se o jogador não tiver uma capacidade física que lhe permita aguentar o esforço, o seu intelecto irá ressentir-se e isso será uma desvantagem competitiva. O cansaço excessivo resultante da má preparação física pode levar o jogador a tomar decisões precipitadas e menos acertadas que poderão levar à sua eliminação prematura do Torneio e a não alcançar os resultados pretendidos.

Como em todos os desportos o factor sorte é uma variável a ter em conta, mas, ao contrário do que muitos possam pensar, não o é em maior proporção do que em qualquer outro desporto. Senão vejamos: em qualquer competição de qualquer modalidade desportiva existem sempre os candidatos a ganhar e normalmente o vencedor final é um dos que à partida era apontado como possível campeão. Ora nos torneios e Circuitos de Poker acontece exactamente o mesmo. Não se pense por isso que basta ter sorte. Para se ser um campeão de Poker os requisitos necessários são os mesmos que para ser um campeão em qualquer outro desporto.

Em suma, quando jogado em competição (Torneios ou Circuitos) o Poker preenche todos os requisitos de qualquer outra modalidade e é um desporto como qualquer outro.



Carlos Vieira

Título: Poker: Desporto ou não?

Autor: Carlos Vieira (todos os textos)

Visitas: 2

734 

Comentários - Poker: Desporto ou não?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios