Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Desporto > Ganhe pedalada

Ganhe pedalada

Categoria: Desporto
Ganhe pedalada

Andar de bicicleta é, no entendimento geral, uma das poucas coisas na vida que, uma vez aprendida, nunca se esquece. Contudo, equilibrar-se em cima de um veículo destes não corresponde, necessariamente a saber andar de bicicleta. E muito menos a dominar os seus segredos e técnicas. Trata-se de um estilo de passeio em que as pernas parecem imprimir uma velocidade de asas, sobretudo em descidas pronunciadas. Cortar o vento ao sabor de agradáveis saltinhos costuma agradar a miúdos e graúdos. Tanto que a modalidade atingiu um patamar profissional e angariou honras de participação nos Jogos Olímpicos…

O sentido de clubismo foi fomentado, em boa medida, pelo ciclismo, enquanto desporto mais acessível ao seguimento atento dos espectadores, numa altura em que não existia ainda televisão para acompanhar jogos de futebol, os rádios eram raros, os jornais chegavam quando as notícias já tinham “cabelos”, e os caminhos revelavam-se pouco convidativos a deslocações. A passagem das caravanas dos ciclistas constituía, portanto, o grande momento desportivo, ansiado e “vibrado” por todos. A bandeirinha que então ofereciam era motivo de orgulho e contentamento genuíno.

Pedalar representa um esforço considerável, nomeadamente nas provas de estrada, e de forma muito particular nas etapas de montanha. A reconhecida exigência destes desafios leva a uma incondicional admiração pelos atletas que revelam superioridade. Não obstante, para alguns, inclusive dos mais afamados, é difícil resistir ao apelo do doping como auxiliar do seu empenho. Esta má opção tem conduzido a desfechos trágicos, em plena actuação ou como consequência do uso continuado e/ou exagerado de substâncias ilícitas e nocivas.

No século XVIII, as bicicletas mais podiam chamar-se triciclos, pois ostentavam uma roda da frente muito maior do que as duas traseiras, e que comportava os pedais. Esta estrutura dificultava o equilíbrio em altitude e não favorecia a velocidade. Eram muito poucos os “artistas” da bicicleta. Mais tarde, já no século XIX, apareceram bicicletas com rodas iguais e mecanismos de tracção. Tiveram, então, início as primeiras disputas de velocípedes.

Ancestralmente julgada uma modalidade excessivamente árdua para mulheres, só em 1984 é que os Jogos Olímpicos incluíram provas femininas, tendo a francesa Jannie Longo arrecadado o maior número de títulos.

Hoje em dia, pode adquirir-se uma bicicleta por menos de 50 euros, embora as de competição possam atingir os 2500 ou mais. A escolha dos locais de treino deve ser cuidada, uma vez que se constatam mais acidentes a treinar do que nas provas. Isto é válido para a preparação de corridas em estrada, em pista e fora de estrada (ciclocrosse, BMX e trial).



Maria Bijóias

Título: Ganhe pedalada

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

674 

Comentários - Ganhe pedalada

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Receptores digitais

Ler próximo texto...

Tema: TV HIFI
Receptores digitais\"Rua
Os receptores digitais são instrumentos que têm a função de receber sinal por via de canais digitais.

De acordo com a sua função, estes canais poderão ser satélite ou por cabo. Actualmente, já existem bastantes serviços de televisão por cabo que funcionam apenas com estes receptores, uma vez que é através deles que se consegue ter acesso não só aos canais de serviço, mas também a pacotes codificados.

O serviço de recepção de canais por satélite é um sistema independente para o qual é necessário ter um disco receptor satélite de modo a poder ter canais digitais fora dos serviços prestados pelos operadores de televisão digital.

Este instrumento permite que os próprios ecrãs sem tecnologia digital passem a usufruir desta através destes receptores. No entanto, a melhor qualidade só é garantida com um ecrã já com esta tecnologia.

Os receptores digitais permitem também aceder a uma multiplicidade de serviços, desde que devidamente configurados. Por exemplo, com estes receptores, é possível aceder a menus específicos de pausa de emissão para depois ser continuada, de serviços on-demand ou acesso a portais específicos, entre outros.

Esta pequena caixinha permite ao seu utilizador usufruir da televisão a um novo nível, de modo a que possa ter todas as comodidades no conforto do lar. 

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Receptores digitais

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    04-06-2014 às 06:53:28

    Gostei dos receptores digitais. Bom texto abordando isso.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios