Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Desporto > Manual de aquecimento

Manual de aquecimento

Categoria: Desporto
Comentários: 1
Manual de aquecimento

O aquecimento é uma peça muito importante antes de iniciar qualquer tipo de actividade física, pois este funciona como um activador do corpo humano e é fundamental para prevenir muitas lesões. Embora não elimine o risco de as contrair reduz o mesmo consideravelmente, este facto deve-se a os músculos humanos funcionarem como elásticos que se esticados repentinamente rebentam facilmente, mas caso sejam trabalhados e activados previamente esticam bastante. Daqui se verifica a importância extrema de fazer um aquecimento antes de qualquer tipo de exercício físico, contudo o aquecimento a fazer para jogar futebol ou para ginástica não é o mesmo como é natural, aqui reside outro facto importante, o referido anteriormente deve ser efectuado de acordo com aquilo que se vai efectuar ou como o propósito que é efectuado.

Assim todo o aquecimento de qualquer modalidade deve iniciar-se por um corrida ligeira. De cerca de sete a quinze minutos para activar os músculos sem grandes esforços e para não forçar os músculos ainda frios, após terminada esta primeira parte devem ser efectuados alguns alongamentos, ligeiros sem insistências e sem forçar qualquer músculo pois o processo ainda se encontra no inicio, recomenda-se que passe minimamente por todas as articulações pois são zonas vulneráveis e que facilmente podem contrair lesões com um simples esforço da forma menos correcta, terminada esta primeira parte, iniciam-se alguns exercícios mais específicos para cada parte do corpo para activar o mesmo, como corrida lateral, bater pés atrás, joelhos no peito, rodar braços e pescoço entre outros, por forma a garantir que todos os músculos se encontram em condições de iniciar a actividade desportiva sem grande risco de facilmente contraírem lesões, que podem ser muito complicadas de curar. Seguidamente procedem-se a alguns alongamentos já mais profundos e agora já mais rebuscados pois o corpo já está preparado para iniciar a actividade. Por fim, o aquecimento deve incidir sobre exercícios específicos ao tipo de desporto que se pratica, isto é, vamos imaginar no futebol, o atleta deve fazer exercícios de contacto com a bola, no sentido de os pés se adaptarem aos movimentos mais comuns do jogo e mesmo aos mais bruscos como o remate no caso do futebol. Dado isto está completo o aquecimento.

Um bom aquecimento pode demorar algum tempo mas uma lesão contraída por falta de aquecimento, por exemplo uma ruptura de um tendão pode demorar meses a voltar ao normal e por vezes podem ser necessárias intervenções cirúrgicas.

Vitor Costa

Título: Manual de aquecimento

Autor: Vitor Costa (todos os textos)

Visitas: 0

789 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoZé duarte

    18-04-2014 às 10:44:36

    Muito prático e interessante este texto referente ao manual de aquecimento , para mim fez todo o sentido

    ¬ Responder

Comentários - Manual de aquecimento

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios