Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Tratamentos capilares para homens

Tratamentos capilares para homens

Categoria: Beleza
Comentários: 2
Tratamentos capilares para homens

A calvície é um problema gradual, que ocorre antes dos trinta anos de idade, para 25% da população masculina, e para 50% dos homens próximos aos sessenta anos. Por ser um processo lento, é passível de boas soluções, antes de agravar-se. O mercado dispõe várias vertentes de tratamentos capilares, desde linhas de cosméticos a procedimentos cirúrgicos. Conheça-os.

Os fabricantes de cosméticos oferecem produtos capazes de evitar a queda excessiva do cabelo ou repor os fios. Há linhas de xampus, cremes, mousses ou gel que dão bons resultados, dependendo do grau de calvície. Decidir qual o mais apropriado para seu caso, repousa na experimentação. Entretanto, é importante recorrer a um dermatologista, profissional capaz de indicar produtos isentos de reações alérgicas ou ineficazes.

A indústria farmacêutica oferece soluções na linha medicamentosa, visando ao tratamento e à prevenção. Apresentados sob a forma de ampolas, comprimidos, gel ou cremes, podem ser injetados, ingeridos ou aplicados no couro cabeludo. Alguns reduzem ou eliminam a queda dos cabelos, outros propiciam a reposição. Estes produtos devem ser indicados exclusivamente por especialistas médicos.

Para homens adeptos a tratamentos naturalistas, existem produtos fabricados a partir de plantas medicinais com ótimos resultados e sem efeitos secundários. Espécies como babosa, alfazema, arnica, jaborandi e juá são a base desses tratamentos, algumas aproveitadas pela indústria dos cosméticos.

Nos casos de reversão difícil, quando o tempo consolidou a calvície e fechou os poros capilares, o procedimento cirúrgico surge oferecendo opções permanentes de recomposição dos cabelos. Intervenção bastante cara, normalmente é procurada quando os outros tratamentos não surtem qualquer benefício.

A cirurgia mais popular é o implante. Neste procedimento, busca-se no couro cabeludo as áreas onde os cabelos ainda são produzidos abudantemente, para transplantar os folículos para zonas onde a produção está extinta.

Quando as áreas de calvície são esparsas com, no máximo, dois centímetros de diâmetro, opta-se pela redução do couro, removendo-se as partes sem fios e reestruturando o couro cabeludo. Já no procedimento de expansão, a inserção de bolsas de silicone sob a pele incentiva o aumento do couro cabeludo. O processo dura seis semanas, depois das quais se removem as bolsas.

No enxerto, zonas pequenas com fios são removidas e reaplicadas nas áreas calvas. O número de enxertos depende do que será necessário para conferir naturalidade aos cabelos.

Há muitas opções para restituir os cabelos, mas não esqueça que a prevenção continua sendo imbatível para preservá-los.


Hediene

Título: Tratamentos capilares para homens

Autor: Hediene Hediene (todos os textos)

Visitas: 0

607 

Imagem por: zenobia_joy

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Vicente SilvaVicente

    30-06-2014 às 02:31:34

    Ohhhh, brutal o texto!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoMilton

    26-03-2010 às 17:45:09

    Me ajudem PFF!!Estou ficando sem cabelo!
    Gente sou muito novo e tenho muita vergonha. Será que alguem me pode dizer o que posso fazer.
    Estou desesperado! as meninas ficam zoando com a minha cara.

    ¬ Responder

Comentários - Tratamentos capilares para homens

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os descendentes de Eça

Ler próximo texto...

Tema: Literatura
Os descendentes de Eça\"Rua
Recentemente, por via da comunicação social, soubemos da entrega do prémio Leya, a um trineto de Eça de Queirós. Julgo que bastou essa noticia, para que todos ficássemos curiosos sobre os seus descendentes…esse mistério, como o Mistério da Estrada de Sintra, começou a adensar-se entre quem se interessa por estas coisas da literatura e da genealogia…então aqui deixo algumas notas que poderão ser importantes para quiçá, um dia, um qualquer jornalista, ou editor, se lembre, de conseguir reunir todos os seus descendentes vivos e se tire uma fotografia de família.

José Maria Eça de Queirós, escritor pródigo da nossa nação, contraiu matrimónio em 1886, com Emília de Castro Pamplona Resende, condessa de Resende, deixando à data de sua morte, em Paris, quatro filhos como seus descendentes e herdeiros diretos; foram eles António Eça de Queirós, Maria Eça de Queirós, Alberto Eça de Queirós e José Maria Eça de Queirós; portanto três meninos e uma menina.
Através do site Geneall.net, foi possível perceber as linhas genealógicas que se seguiram aos seus filhos. No entanto, nem todos os nomes dos seus bisnetos e trinetos estão aí presentes, com certeza por motivos de ordem pessoal, de resguardo da privacidade, motivos que não podemos questionar. Porém, é possível, pelo menos determinar a existência desses membros da família queirosiana.

De antemão sabemos que não houve descendência por parte de dois dos seus filhos, António Eça de Queirós e de Alberto Eça de Queirós.
Maria Eça de Queirós teve dois filhos, uma menina e um menino, porém a menina morreu muito nova, ficando apenas o menino, de seu nome Manuel Pedro Benedito de Castro, que mais tarde casou com Maria da Graça Salema de Castro, a mulher que se tornou a primeira diretora da Fundação Eça de Queirós, na casa de Tormes, pertença da família da esposa de Eça de Queirós. Como Manuel Pedro Benedito de Castro não teve filhos, sabemos que por este ramo, terminou a descendência do escritor.

Convém, entretanto, acrescentar aqui uma curiosidade. Depois do regresso a Portugal da viúva de Eça, ela e os filhos, foram residir para a casa da Granja, pertencente à família de Sophia de Mello Breyner. Inicialmente como esta casa costumava ser arrendada pela família de Sophia, Emília de Castro, arrendou-a, vindo a compra-la uns anos depois. Portanto, é aqui nesta casa que ela cria os seus filhos, e é onde, José Maria Eça de Queirós, um dos seus filhos, permanece após a sua morte, tendo criado aqui os seus filhos e netos, e tendo aqui também falecido.

Podemos então seguramente afirmar que a sua grande linha de descendência parte do seu filho, com o mesmo nome, José Maria Eça de Queirós, que teve também ele, atente-se à curiosidade, quatro filhos, neste caso, ao inverso, um menino, e três meninas, respetivamente de seus nomes, Manuel Eça de Queirós, Maria das Dores Eça de Queirós, Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós e Emília Maria de Castro Eça de Queirós. Esta ultima, Emília, teve ao que consta nove filhos, sendo que um deles, Afonso Maria Eça de Queirós Cabral, é quem atualmente preside à Fundação acima citada, depois da morte da primeira presidente, referida atrás, Maria da Graça Salema de Castro.

Manuel Eça de Queirós por sua vez teve seis filhos, Maria das Dores Eça de Queirós teve três filhos, e Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós, dois filhos. Somados, contabilizamos vinte, os bisnetos do famoso escritor. Seria interessante avançar um pouco mais nos ramos genealógicos e aflorar quem são ou pelo menos, quantos são os trinetos e tetranetos de Eça, por conseguinte fica aqui o desafio, pois é certo que porventura alguns destes descendentes não se conhecem, e nunca terão trocado qualquer impressão sobre o seu ascendente, para uns, bisavô, para outros trisavô, e ainda para outros, tetravô.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Os descendentes de Eça

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Imagem por: zenobia_joy

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios