Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Desperdicio Alimentar: Reciclar comida

Desperdicio Alimentar: Reciclar comida

Categoria: Alimentação
Visitas: 4
Desperdicio Alimentar: Reciclar comida

Usar as sobras de carne num empadão ou transformar pão duro em torradas são formas simples de evitar o desperdício.

A Europa desperdiça todos os anos milhões de toneladas de alimentos. Só Portugal manda para o lixo cerca de 1 milhão de toneladas, 324 mil das quais em casa dos consumidores.

Além das implicações económicas que o desperdício alimentar acarreta, colocam-se também questões ambientais e sociais. O desaproveitamento de comida nos países industrializados (222 milhões de toneladas) é quase tão elevado como a produção total líquida de alimentos na África Subsariana (230 milhões de toneladas), segundo um estudo da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO).

Nos países menos desenvolvidos, a perda e o desperdício deve-se sobretudo às condições financeiras, limitações técnicas de colheita, armazenamento, infraestruturas, embalagem e sistemas de comercialização. Já nos países mais industrializados, a responsabilidade passa pela descoordenação entre produtores e distribuidores e pelo comportamento dos consumidores.

Se há bens desperdiçados devido a normas de qualidade que rejeitam alimentos quando a forma e a aparência são imperfeitas, há também falhas no planeamento das compras das famílias.
Em Portugal, a maior fatia de alimentos que vai para o lixo é desperdiçada em casa. Sobretudo frutas, produtos hortícolas e pão, mas também de carne e peixe. Numa altura em que, se estima ser necessário aumentar a produção alimentar em 70%, para dar de comer aos 9 mil milhões de habitantes que se estima existirem em 2050, como pode existir ainda tanto desperdício?

O frigorífico também contribui para evitar desperdício, promovendo a segurança dos alimentos, desde que siga algumas destas regas como por exemplo:
Use os alimentos sãos e manipule-os de forma higiénica.
Se comprar produtos congelados, leve-os para casa em sacos isotérmicos.
Não deve voltar a congelar, um alimento descongelado.
Não encha demasiado o frigorífico, para permitir a circulação do ar em redor dos alimentos, bem como uma temperatura uniforme em todas as zonas do aparelho.
Retire os produtos frescos pouco tempo tempos antes de serem consumidos.
Consuma preferencialmente os alimentos que se encontrem há mais tempo no frigorífico.

Reaproveitar toda a comida é uma prioridade. Compre apenas o necessário.


Miguel Pereira

Título: Desperdicio Alimentar: Reciclar comida

Autor: Miguel Pereira (todos os textos)

Visitas: 4

608 

Comentários - Desperdicio Alimentar: Reciclar comida

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Ler próximo texto...

Tema: Beleza
Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente\"Rua
Com a chegada do verão, os cuidados com a pele precisam ser intensificados. É claro que, independente da estação, os cuidados com a saúde e beleza são fundamentais. Mas, no verão, alguns problemas de pele, principalmente da face, tornam-se mais frequentes e, com isso, surgem algumas preocupações. A boa notícia é que, a maior parte dessas preocupações podem ser amenizadas ou até mesmo solucionadas com dicas caseiras de cuidado com a pele.

Logo, certos cuidados como o uso regular de bloqueador solar é importantíssimo, não só para evitar manchas no rosto e no corpo, como também, para evitar doenças graves como o temido câncer de pele. Por isso, a boa hidratação, a limpeza correta da face e o uso de cremes faciais com proteção contra os raios ultravioletas UVA e UVB não podem ser menosprezados.

Outro detalhe relevante é a escolha da alimentação. Para ter uma pele saudável e bonita é preciso evitar o uso de certos alimentos. Sabe-se que os conservantes, corantes e similares, que estão sempre presentes nos alimentos industrializados provocam alergias e outros problemas. Essas substâncias podem fazer surgir ou intensificar doenças como o melasma, aquelas manchas escuras na face. E, essas manchas são sensíveis ao calor do sol e, dependendo da pele, o tratamento exige bastante tempo e recursos financeiros para cuidados e acompanhamento dermatológico.

Mas, você pode preparar em casa uma loção para limpar a pele, reduzir ou até mesmo remover essas manchas escuras. Você vai precisar de um pêssego maduro, um pouco de hidratante facial e uma bisnaga de Bepantol, que é um creme com vitamina A.

Dicas para preparar seu creme removedor de manchas na pele:

Primeiramente, faça o creme de pêssego: é só bater no Mix o pêssego com um pouquinho de água. Para facilitar, amasse o pêssego com uma colher antes de bater no Mix. Depois, peneire a massa de pêssego para o creme ficar mais homogêneo. Em seguida, misture a terça parte da bisnaga de Bepantol ao pêssego com uma colher, preferencialmente de madeira ou de plástico. Com um algodão e com movimentos suaves, aplique a loção no rosto e deixe agir por 40 minutos. Depois lave com água abundante. Evite o uso de esfoliante porque a pele ficará muito sensível. Essa loção pode ser usada até três vezes na semana. Não use sobras de creme.

Pesquisar mais textos:

Zilma Silva

Título:Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Autor:Zilma Silva(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios