Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Desperdicio Alimentar: Reciclar comida

Desperdicio Alimentar: Reciclar comida

Categoria: Alimentação
Visitas: 4
Desperdicio Alimentar: Reciclar comida

Usar as sobras de carne num empadão ou transformar pão duro em torradas são formas simples de evitar o desperdício.

A Europa desperdiça todos os anos milhões de toneladas de alimentos. Só Portugal manda para o lixo cerca de 1 milhão de toneladas, 324 mil das quais em casa dos consumidores.

Além das implicações económicas que o desperdício alimentar acarreta, colocam-se também questões ambientais e sociais. O desaproveitamento de comida nos países industrializados (222 milhões de toneladas) é quase tão elevado como a produção total líquida de alimentos na África Subsariana (230 milhões de toneladas), segundo um estudo da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO).

Nos países menos desenvolvidos, a perda e o desperdício deve-se sobretudo às condições financeiras, limitações técnicas de colheita, armazenamento, infraestruturas, embalagem e sistemas de comercialização. Já nos países mais industrializados, a responsabilidade passa pela descoordenação entre produtores e distribuidores e pelo comportamento dos consumidores.

Se há bens desperdiçados devido a normas de qualidade que rejeitam alimentos quando a forma e a aparência são imperfeitas, há também falhas no planeamento das compras das famílias.
Em Portugal, a maior fatia de alimentos que vai para o lixo é desperdiçada em casa. Sobretudo frutas, produtos hortícolas e pão, mas também de carne e peixe. Numa altura em que, se estima ser necessário aumentar a produção alimentar em 70%, para dar de comer aos 9 mil milhões de habitantes que se estima existirem em 2050, como pode existir ainda tanto desperdício?

O frigorífico também contribui para evitar desperdício, promovendo a segurança dos alimentos, desde que siga algumas destas regas como por exemplo:
Use os alimentos sãos e manipule-os de forma higiénica.
Se comprar produtos congelados, leve-os para casa em sacos isotérmicos.
Não deve voltar a congelar, um alimento descongelado.
Não encha demasiado o frigorífico, para permitir a circulação do ar em redor dos alimentos, bem como uma temperatura uniforme em todas as zonas do aparelho.
Retire os produtos frescos pouco tempo tempos antes de serem consumidos.
Consuma preferencialmente os alimentos que se encontrem há mais tempo no frigorífico.

Reaproveitar toda a comida é uma prioridade. Compre apenas o necessário.


Miguel Pereira

Título: Desperdicio Alimentar: Reciclar comida

Autor: Miguel Pereira (todos os textos)

Visitas: 4

608 

Comentários - Desperdicio Alimentar: Reciclar comida

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

10 motivos para você fazer um cruzeiro

Ler próximo texto...

Tema: Viagens
10 motivos para você fazer um cruzeiro\"Rua
Vai chegando o final do ano e começa a bater aquela vontade de viajar, de ir descansar longe da correria do dia-a-dia, sem se estressar, a dica é que não há nada mais prático e relaxante do que fazer um cruzeiro, sabe por quê?

1. Você pode contratar o serviço parcelado, em muitas agências de viagem; assim começa a pagar agora e provavelmente já estará mais da metade pago na ocasião da viagem;

2. Relaxar em lugar calmo, com todas as comodidades à bordo, garçons, camareiro, equipe de animação, entre outros;

3. Geralmente o pacote já vem com comida e bebida liberados, o que quer dizer que você se delicia e não se preocupa com quanto vai gastar e onde vai comer.

4. Como o navio atraca em vários portos, dá um tempinho para conhecer vários lugares bacanas e tirar muitas fotos nos pontos turísticos. Dependendo da parada, você até consegue alugar um kit de mergulho e dar uma olhada no fundo do mar.

5. A diversidade cultural costuma ser muita e você acaba conhecendo pessoas e costumes de outros países;

6. Para não ir achando que as horas à bordo do navio são entediantes, vale ressaltar que há inúmeras atividades fornecidas pela tripulação responsável, o que inclui brincadeiras, atividades físicas em grupo, dança, sorteios e muita música.

7. Para aqueles que apreciam jogos de azar, o navio tem um cassino que é um encanto mesmo para quem não joga.
8. Outra atração impressionante é a danceteria, aberta todas as noites, com músicas de variados estilos, e bebidas liberadas com o bar no mesmo ambiente;

9. Já se preferir lagartear ao sol dentro do navio costuma ter espaço para o banho de sol e com piscinas grandes e também jacúzis para você se sentir em um verdadeiro spa.

10. Não menos importante, os navios contam com um teatro que costuma impressionar os passageiros, com um elenco digno de grandes palcos, e histórias incríveis.


Então, se você ainda não teve essa incrível experiência, vale a pena se programar aí com a família, e aventurar no mar, colecionar um misto de emoções, lembrancinhas e milhares de fotos. Com certeza será uma experiência inesquecível e você vai acabar querendo fazer mais vezes!

Pesquisar mais textos:

Clarissa Reinoco Machado

Título:10 motivos para você fazer um cruzeiro

Autor:Clarissa Reinoco Machado(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios