Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Monte o seu kit básico de primeiros socorros

Monte o seu kit básico de primeiros socorros

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 16
Comentários: 7
Monte o seu kit básico de primeiros socorros

Por primeiros socorros, entende-se uma sucessão de procedimentos simples que visam preservar vidas em situações de emergência, realizados por pessoas comuns (que não precisam de ser especialistas, mas que têm de possuir conhecimentos elementares nessa matéria) até à chegada dos bombeiros ou paramédicos. Muitas são as circunstâncias passíveis de confirmar a necessidade de um pequeno curso de primeiros socorros e de material apropriado: acidentes de viação, atropelamentos, incêndios, catástrofes naturais, afogamentos, escaramuças, acidentes de trabalho, tiroteios, … Perante qualquer um destes acontecimentos, é possível depararmo-nos com pessoas a sofrer um ataque cardíaco ou epilético, convulsões, ferimentos, entorses, etecetera.

Um kit de primeiros socorros pode constituir uma valiosa ajuda para qualquer emergência, desde, é claro, que se saiba manusear o que ele contém. Não obstante, chamar apoio especializado, dando informações diretas e precisas sobre as condições do(s) afetado(s) e as coordenadas exatas do local é essencial.

Qualquer caixa de plástico fechada, de modo a resguardar o conteúdo da luz e da humidade, pode ser utilizada para colocar os utensílios de primeiros socorros, que convém ter sempre à mão em casa, no carro, no barco, no campismo e onde quer que nos encontremos. Atenção: as crianças não devem ter acesso a esta caixa!

Num kit de primeiros socorros é bom que constem: tesoura, pinça, termómetro, gaze esterilizada em embalagens individuais, adesivos de diversas larguras, ligaduras várias, antissépticos (água oxigenada, tintura de iodo, mercúrio,…), soro fisiológico para os olhos, vaselina esterilizada, luvas de látex, repelente de insetos, cotonetes, saco de água quente e placas de gelo, assim como números de telefone indispensáveis para ajuda em vicissitudes de emergência (dos bombeiros, do INEM, do médico assistente, do Centro Anti-Venenos, de um parente ou amigo mais próximo, de linhas SOS, etc.). Estes contactos telefónicos devem estar também em casa, em sítio de fácil visibilidade e acesso a todos.

Entretanto, recomenda-se que todos os produtos sejam mantidos nas suas embalagens originais, à semelhança dos respetivos rótulos. Por uma questão de segurança, os prazos de validade têm de ser rigorosamente respeitados e, no caso de medicamentos prescritos pelo médico, a posologia acatada, estando alerta para os hipotéticos efeitos secundários (nos de venda livre, há que seguir as indicações do folheto).

Quando persistam quaisquer dúvidas, é de toda a pertinência consultar profissionais de saúde (médicos, enfermeiros, farmacêuticos). Os kits de primeiros socorros devem ser guardados em pontos estratégicos, em malas ou caixas que protejam o interior de pós, humidades e calor, de forma a manter intactas as características dos produtos. Não fará muito sentido, por exemplo, ter de esvaziar a bagageira do automóvel, atolada de malas para as férias, para poder socorrer alguém em aflição!

De ressalvar a importância de se ter uma instrução básica em primeiros socorros para se usufruir de todas as potencialidades decorrentes de se ter um kit bem organizado e, acima de tudo, prestar um auxílio correto e eficaz num evento de urgência. Havia de ser bonito deitar álcool numa ferida aberta ou numa infeção… A vítima ficaria, certamente, com a garganta desobstruída de tanto gritar com dores!


Maria Bijóias

Título: Monte o seu kit básico de primeiros socorros

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 16

802 

Imagem por: robertgaal

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 7 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    17-07-2014 às 20:04:24

    Itens essenciais para se ter em casa, no carro, trabalho, enfim, em todo lugar. Muito boa as dicas para montar o seu próprio kit de primeiros socorros. Adorei!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAcsb

    29-04-2013 às 14:09:22

    Regular poderia conter mais informações mas no geral esta bom

    ¬ Responder
  • elisbelleelisbelle

    11-02-2012 às 12:06:36

    ola td bem?
    gostaria de saber se como que eu faço para montar um kit de primeiros socorros para professor de educação fisica...
    o devo colocar

    ¬ Responder
  • arlete porto da silvaarlete porto da silva

    23-02-2011 às 20:17:29

    os direitos da crianca em primeiro socorros em caso de catastorfes.

    ¬ Responder
  • jorge ribeirojorge ribeiro

    06-09-2010 às 15:58:34

    gostaria que fosse informado os materiais e medicamentos para termos um kit de segurança para uma empresa de 100 funcionarios
    devidamente autorizado o minimo pelo ministerio do trabalho.

    ¬ Responder
  • joakimjoakim

    17-11-2009 às 17:04:13

    n era o q eu esperava, eu queria saber o q deve conter em um kit de primeiros socorros!!!ve se melhora da próxima vez q for escrever algo!!!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAna Clara Cunha de Melo

    01-10-2009 às 17:50:21

    oi td bem com vcs pessoal so queria deixa uma mensagem ai nesse texto n tem o q deve conter no kit de primeiros socorros!!!mais e muito bom eu adorei!!!

    ¬ Responder

Comentários - Monte o seu kit básico de primeiros socorros

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Pulp Fiction: 20 anos depois

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Arte
Pulp Fiction: 20 anos depois\"Rua
Faz hoje 20 anos que estreou um dos mais importantes ícones cinematográficos americanos.

Pulp Fiction é um marco do cinema, que atirou para a ribalta Quentin Tarantino e as suas ideias controversas (ainda poucos tinham visto o brilhante “Cães Danados”).

Repleto de referências ao cinema dos anos 70 e com uma escolha de casting excepcional, Pulp Fiction conquistou o público com um discurso incisivo (os monólogos bíblicos de Samuel L. Jackson são um exemplo disso), uma violência propositadamente mordaz e uma não linearidade na sucessão dos acontecimentos, tudo isto, associado a um ritmo alucinante.

As três narrativas principais entrelaçadas de dois assassinos, um pugilista e um casal, valeram-lhe a nomeação para sete Óscares da Academia, acabando por vencer na categoria de Melhor Argumento Original, ganhando também o Globo de Ouro para Melhor Argumento e a Palma D'Ouro do Festival de Cannes para Melhor Filme.

O elenco era composto por nomes como John Travolta, Samuel L. Jackson, Bruce Willis, Uma Thurman e (porque há um português em cada canto do mundo) Maria de Medeiros.

Para muitos a sua banda sonora continua a constar na lista das melhores de sempre, e na memória cinéfila, ficam eternamente, os passos de dança de Uma Thurman e Travolta.

As personagens pareciam ser feitas à medida de cada actor.
Para John Travolta, até então conhecido pelos musicais “Grease” e “Febre de Sábado à Noite”, dar vida a Vincent Vega foi como um renascer na sua carreira.

Uma Thurman começou por recusar o papel de Mia Wallace, mas Tarantino soube ser persuasivo e leu-lhe o guião ao telefone até ela o aceitar.

Começava ali uma parceria profissional (como é habitual de Tarantino) que voltaria ao topo do sucesso com “Kill Bill”, quase 10 anos depois.

Com um humor negro afiadíssimo, Tarantino provou em 1994 que veio para revolucionar o cinema independente americano e nasceu aí uma inspirada carreira de sucesso, que ainda hoje é politicamente incorrecta, contradizendo-se da restante indústria.

Pulp Fiction é uma obra genial. Uma obra crua e simultaneamente refrescante, que sobreviveu ao tempo e se tornou um clássico.
Pulp Fiction foi uma lição de cinema!

Curiosidade Cinéfila:
pulp fiction ou revista pulp são nomes dados a revistas feitas com papel de baixa qualidade a partir do início de 1900. Essas revistas geralmente eram dedicadas às histórias de fantasia e ficção científica e o termo “pulp fiction” foi usado para descrever histórias de qualidade menor ou absurdas.

Pesquisar mais textos:

Carla Correia

Título:Pulp Fiction: 20 anos depois

Autor:Carla Correia(todos os textos)

Imagem por: robertgaal

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios