Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Palácio Nacional da Pena

Palácio Nacional da Pena

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 6
Comentários: 3
Palácio Nacional da Pena

Quem não ouviu falar, quem não murmurou já, quem não apreciou já o lindíssimo Palácio Nacional da Pena? É de louvar que este seja muito conhecido, nacionalmente e internacionalmente, estando já eleito em uma das 7 maravilhas de Portugal, merecidamente claro, pela sua beleza interior e exterior, pela sua estrutura deliciosa, o seu “desenho” maravilhoso.

Visivelmente muito visitado, poderá ser ele visitado no concelho de Sintra, distrito de lisboa, é la que se encontra a sua localização. Ele é caracterizado por ser o primeiro palácio do estilo “romantismo” a ser construído na Europa no século XIX.




Ele foi habitado por vários Reis, dos quais deles Dom Pedro V e Dona Estefânia no reinado de 1853 a 1861, em seguida, Dom Luís I e Dona Maria Pina no reinado de 1861 a 1889. Seguiu-se Dom Carlos I e Dona Amélia no reinado de 1889 a 1908 e por último o Palácio da Pena oi habitado pelo Rei Dom Manuel II de Portugal no seu reinado de 1908 a 1910.

O Parque da Pena foi concretizado em conjunto com o Palácio da Pena, fazendo “ um só “, constituído por mais de 200 hectares, apresentado um manto coberto de arvoredos, poderá ser visto pelos seus visitantes apreciadores desta magnífica obra de arte. Neste Parque, poderá caminhar, passear, existindo percursos apropriados para tal, graças á construções de pontes, grutas, jardins e respetivos bancos, pérgulas e fontes.

Voltando ao tema, Palácio da Pena, interiormente, pode encontrar-se a Sala dos Veados, utilizada para exposições, a Sala de Saxe onde predomina a porcelana de Saxe, o Salão Nobre existindo móveis, estuques e lustres do século XIV ao século XIX, o Atelier do Rei Dom Carlos, o terraço da Rainha sendo o melhor sítio onde se pode apreciar a arquitetura do Palácio. Existe também o Claustro Manuelino revestido de azulejos hispano-árabes, a Capela, sendo ela uma parte original do antigo mosteiro dos frades Jerônimos, os aposentos, uma Sala Indiana com obras de arte valiosíssimas como por exemplo o lustre em cristal da Boémia e existindo também uma Sala Árabe que expõe pinturas do famoso pintor Paolo Pizzi e outras pinturas em pratos do rei-artista, em outras salas.

André Belacorça

Título: Palácio Nacional da Pena

Autor: André Belacorça (todos os textos)

Visitas: 6

643 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    18-08-2014 às 04:03:09

    Que lindo esse Palácio Nacional da Pena! Quero muito visitá-lo!

    ¬ Responder
  • Carla HortaCarla Horta

    17-09-2012 às 23:53:40

    este é um dos locais mais maravilhosos que já visitei. Não é por acaso que é um dos monumentos mais visitados em Portugal e que é falado em e por todo o mundo. Quem nunca o visitou, não perca a oportunidade e visite. é memorável. O texto tem uma descrição fantástica, mas vai ficar ainda mais impressionado com o que vai ver...

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    17-09-2012 às 12:43:14

    Conheço a maioria dos palácios e castelos de Portugal, sendo no entanto o da Pena aquele que mais me fascina. Talvez esta preferência, que pareço partilhar com muitos dos apreciadores da nossa História, se deva à forma como os interiores do palácio se apresentam ao público extremamente conservados no seu recheio, sendo-nos oferecida à vista uma panóplia de objectos e artigos de decoração que parecem dispostos da forma que estariam se o palácio fosse habitado.

    ¬ Responder

Comentários - Palácio Nacional da Pena

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Beleza
Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente\"Rua
Com a chegada do verão, os cuidados com a pele precisam ser intensificados. É claro que, independente da estação, os cuidados com a saúde e beleza são fundamentais. Mas, no verão, alguns problemas de pele, principalmente da face, tornam-se mais frequentes e, com isso, surgem algumas preocupações. A boa notícia é que, a maior parte dessas preocupações podem ser amenizadas ou até mesmo solucionadas com dicas caseiras de cuidado com a pele.

Logo, certos cuidados como o uso regular de bloqueador solar é importantíssimo, não só para evitar manchas no rosto e no corpo, como também, para evitar doenças graves como o temido câncer de pele. Por isso, a boa hidratação, a limpeza correta da face e o uso de cremes faciais com proteção contra os raios ultravioletas UVA e UVB não podem ser menosprezados.

Outro detalhe relevante é a escolha da alimentação. Para ter uma pele saudável e bonita é preciso evitar o uso de certos alimentos. Sabe-se que os conservantes, corantes e similares, que estão sempre presentes nos alimentos industrializados provocam alergias e outros problemas. Essas substâncias podem fazer surgir ou intensificar doenças como o melasma, aquelas manchas escuras na face. E, essas manchas são sensíveis ao calor do sol e, dependendo da pele, o tratamento exige bastante tempo e recursos financeiros para cuidados e acompanhamento dermatológico.

Mas, você pode preparar em casa uma loção para limpar a pele, reduzir ou até mesmo remover essas manchas escuras. Você vai precisar de um pêssego maduro, um pouco de hidratante facial e uma bisnaga de Bepantol, que é um creme com vitamina A.

Dicas para preparar seu creme removedor de manchas na pele:

Primeiramente, faça o creme de pêssego: é só bater no Mix o pêssego com um pouquinho de água. Para facilitar, amasse o pêssego com uma colher antes de bater no Mix. Depois, peneire a massa de pêssego para o creme ficar mais homogêneo. Em seguida, misture a terça parte da bisnaga de Bepantol ao pêssego com uma colher, preferencialmente de madeira ou de plástico. Com um algodão e com movimentos suaves, aplique a loção no rosto e deixe agir por 40 minutos. Depois lave com água abundante. Evite o uso de esfoliante porque a pele ficará muito sensível. Essa loção pode ser usada até três vezes na semana. Não use sobras de creme.

Pesquisar mais textos:

Zilma Silva

Título:Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Autor:Zilma Silva(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios