Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > O Homem Futuro

O Homem Futuro

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Comentários: 2
O Homem Futuro

Vivemos num mundo tecnológico que a algumas décadas atrás apenas existia na mente de escritores de ficção cientifica, Júlio Verne um autor que viveu no século XIX foi dos primeiros a escrever acerca dos computadores pessoais e muitos outros objetos que usamos no quotidiano sem sequer pensarmos acerca da sua origem e que sem os quais não conseguimos funcionar.

Assim, se podermos para instantes e centrarmos a nossa atenção num determinado pedaço de tecnologia e tentarmos perceber o que veio antes, podemos perceber que para além de não sabermos muitas vezes a resposta acerca da sua origem, não conseguimos visualizar qual será o seu aspeto e possibilidades daqui por mais uns 10 anos.

Considero curioso e interessante refletir acerca do futuro da tecnologia que usamos e usaremos no futuro, não serão as possibilidades infinitas?




A uns anos pensávamos em estender a vida de uma pessoa usando criogenia, hoje vemos que tal poderá nem ser a melhor forma de o fazer (degradação dos tecidos e células devido às temperaturas extremas do processo) e que poderá ser através da manipulação genética (ADN), usando células estaminais em conjunto com um estilo de vida mais saudável que poderemos atingir esse objetivo.

As tecnologias de comunicação por exemplo, são um outro bom exemplo da capacidade e evolução tecnológica da humanidade. Passamos muito rapidamente de continentes, países e indivíduos vivendo geograficamente limitados a uma cada vez mais crescente aldeia global, em que a transmissão de informação é feita de um ponto para o outro qualquer no mundo em tempo real. Os telemóveis são hoje autênticos escritórios móveis através dos quais tratamos das nossas vidas familiares, negócios e através dos quais temos vidas sociais online que nos preenchem (em alguns casos) tanto como a nossa vida física. Qual será o futuro de tudo isto?

Os meios de transporte são outro dos exemplos que fazem muitas pessoas sonhar, será que existiram carros voadores, quais serão as alternativas daqui por 50 anos? O petróleo irá acabar e soluções terão de ser postas em prática. Os carros passaram a conduzir-se sozinhos dentro das cidades do futuro?

Iremos daqui por 100 anos criar colónias noutros planetas?

E daqui por 300 anos? Consegue imaginar como será a vida de um ser humano?

Será que irá ser como alguns autores de ficção científica dizem? Que nos iremos fundindo gradualmente com a tecnologia e que ai seremos ainda mais dependentes do tecnológico? Ou será que daqui por 300 anos já nem nos lembraremos de como a vida era neste século?



Bruno Jorge

Título: O Homem Futuro

Autor: Bruno Jorge (todos os textos)

Visitas: 0

618 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Yuri SilvaYuri

    18-08-2014 às 06:26:23

    O mais importante é sonhar com aquilo que mais almejamos, desejosos que um dia venham a se tornar realidade. O homem futuro está a cada dia perto de nós.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarla

    02-10-2012 às 10:04:27

    Boa! Gostei deste texto. Eu pessoalmente gosto muito de ficção cientifica, e é realmente o que gosto acerca de sci-fi que encontrei neste texto, a especulação assente na realidade da evolução tecnológica. Parabéns por um texto fantástico. Vou ver o que escreveste mais aqui.

    ¬ Responder

Comentários - O Homem Futuro

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios