Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > A Psicologia Da Agressão

A Psicologia Da Agressão

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 70
A Psicologia Da Agressão

Acontece agressão quando um indivíduo prejudica ou agride outro intencionalmente.

Na espécie humana, além da agressão capaz de causar lesão corporal, existem vários tipos de agressão: dirigida, verbal e deslocada. A agressão dirigida é aquela em que o indivíduo prejudica outro diretamente. A agressão verbal não passa de palavras, por isso, não ofende o outro fisicamente, mas sim psicologicamente. A agressão deslocada é quando o sujeito direciona a sua raiva para um objeto.

Segundo a OMS, a violência é o uso da força e do poder, de forma real ou em ameaça, contra si próprio, outra pessoa ou outro grupo quer resulte ou tenha possibilidade de resultar em lesão, morte, danos psicológicos, deficiência de desenvolvimento ou privação. A agressão sem motivo denomina-se agressão gratuita.

Na conceção psicanalítica, a agressividade designa uma tendência especificamente humana marcada pelo carácter ou vontade de cometer um ato violento sobre outro.
Os estudos da agressão ou violência são tidos como próprios para uma abordagem inter-disciplinar, pois o seu enquadramento em qualquer uma das disciplinas científicas revela-se insuficiente.

Os estudos da agressão, denominados agressiologia, parecem seguir uma tendência de agregação multidisciplinar situando-se, no entanto, o enfoque dominante na área jurídica, a criminologia.

A agressão hostil é um tipo de agressão emocional e geralmente impulsiva. É um comportamento que tem como objetivo causar danos ao outro, independentemente se isso dá ou não alguma vantagem. A agressão Instrumental é agressão direcionado a um objeto, também este tipo de agressão é independente, mas este em relação aos danos que pode causar. Tem por hábito ser planeada, logo não é impulsiva. Na agressão direta, o comportamento agressivo dirige-se à pessoa ou objeto que justifica a agressão. Na agressão deslocada, o sujeito dirige a agressão a uma pessoa/coisa que não é responsável pela causa que deu origem. Na auto – agressão, a agressão está virada para a pessoa própria, como o suicídio. Agressão Aberta manifesta-se pela violência física ou psicológica explícita. Agressão dissimulada não é aberta. Recorre-se ao sarcasmo, à ironia e ao cinismo para agredir e provocar no outro sentimentos de ansiedade. Na agressão inibida, o sujeito não manifesta agressão para com o outro, mas consigo mesmo.


Daniela Vicente

Título: A Psicologia Da Agressão

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 70

803 

Comentários - A Psicologia Da Agressão

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Utilidades Domésticas
Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!\"Rua
O seguro desemprego é instituído pela Lei Nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990 e que tem por finalidade prover a assistência financeira temporária ao trabalhador desempregado sem justa causa. Foi sancionado pelo presidente da República do Brasil e também é regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT.

Este benefício é concedido a todo e qualquer trabalhador que foi dispensado apenas em regime de sem justa causa ou quando houver acordo judicial e o juiz autorizar o pagamento devido ao ex-trabalhador da empresa.

Sua duração é de 3(três) a 5(meses) de forma contínua e dependerá do tempo em que ficou empregado. O valor mensal é calculado conforme o que o trabalhador ganhava durante o período em que estava empregado.

Essa assistência financeira e temporária tem algumas regras, por isso, é muito importante conhecê-la antes mesmo de solicitá-la nos órgãos responsáveis.

Para ter direito ao benefício:


- Precisa ter a carteira devidamente assinada da empresa;
- Ter trabalhado durante 6 meses na empresa (no mínimo);
- Não ter recebido esse benefício no período de 16(dezesseis) meses ininterruptos;
- Ter sido dispensado sem justa causa.

Quem tem direito ao benefício:


- Os trabalhadores demitidos sem justa causa;
- O pescador artesanal; e
- O empregado doméstico, desde que o empregador esteja recolhendo o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS).

Como solicitar – Passo a passo:


1) Dirija-se à qualquer Caixa Econômica Federal ou ao M.T.E (Ministério do Trabalho e Emprego) da sua cidade munidos dos seguintes documentos:
- Rescisão contratual, carteira de trabalho devidamente dado baixa com a data de saída e assinada e carimbada pela empresa, as duas vias do seguro desemprego preenchido e fornecido pela empresa, cartão do PIS/PASEP ou o cartão cidadão, extrato do recebimento do pagamento do FGTS, comprovante de residência e os últimos 3 (três) contra-cheques;
2) Entregue todos esses documentos ao atendente. Eles vão fornecer o protocolo de entrada do seguro desemprego, vão lhe dizer quantas parcelas você tem direito e a data que você receberá a primeira (30 dias).

Bem, apenas isso e agora é só esperar para o recebimento do pagamento das parcelas. Para consultar, acesse este link: http://granulito.mte.gov.br/sdweb/consulta.jsf
Digite com seu número de PIS/PASEP e logo abaixo com o código no visor e clique em consultar. Vai abrir outra tela com as informações das parcelas.

Pesquisar mais textos:

Briana Alves

Título:Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Autor:Briana Alves(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios