Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Problemas da Crise Económica mundial

Problemas da Crise Económica mundial

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Problemas da Crise Económica mundial

O mundo está sem sombra de dúvida a atravessar grandes mudanças a todos os níveis.

Mas será que poderemos mesmo chamar-lhe de crise? Não será esta uma palavra comum, falada por todos, em qualquer lugar e a qualquer hora. Por hábito, rotina, ou diria mesmo agressão. No entanto constata-se que os hábitos de consumo e estilo de vida não são alterados. Pelo contrário, assistimos hoje, a um consumo cada vez mais exagerado, a comportamentos exuberantes e necessidades de mostrar aquilo que se tem.

Na realidade, o contexto sócio económico em que vivemos deveria ser diferente mas não é. Verifica-se que todos fazem as mesmas coisas e, ainda não estamos receptivos ás mudança.

O que afeta neste momento a sociedade em geral, é uma grande instabilidade profissional, intranquilidade, desconforto psicológico e agressão camuflada. E em vez de aproximação e união temos o reverso. Isto porque nunca assistimos a tantos problemas sociais como agora. Mas o ser humano não mudou em nada o seu conforto e egoísmo em relação aos que nada têm. Deste modo, não é justo toda a gente falar na palavra, quando existe crise só para alguns e ninguém faz nada para a alterar. Nem no aspeto emocional que ela envolve, nem no material. Devíamos chamar-lhe outra coisa, pois contrariamente ao que se diz, cada vez há mais ricos.

Considera-se haver uma estagnação e uma não receptividade ás mudanças.

Que fazer então face a esta atitude de revolta e desejo de vingança a que assistimos? Estes sentimentos negativos são cada vez mais frequentes e, em vez de se procurarem apoios, amizade, partilha, minorizam-se aqueles que poderiam até prestar ajuda.

Cada vez se torna mais frequente atitudes de sarcasmo, ódio e menosprezo por tudo e todos.
Como consequência temos uma sociedade insatisfeita e revoltosa que nada ajuda para superar os problemas que realmente existem e sempre existiram.

Seria melhor, ao invés de se virarem as costas, se procurassem encontrar as saídas possíveis para ela e canalizar as energias para soluções e não para a vitimização e fúria.

Deste modo torna-se mais difícil enfrentá-la e superar.

Ou, em vez de lhe chamar-mos crise a todo o momento, devíamos apelidá-la de mudança. Os sentimentos que ela provocou levaram involuntariamente ao aumento de gastos em vícios como o álcool, tabaco, viagens e outros. Logo, em vez da poupança que se deveria esperar numa crise, o resultado foi o gasto exagerado, o medo e o redobrar do egoísmo.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Problemas da Crise Económica mundial

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

761 

Imagem por: stuartpilbrow

Comentários - Problemas da Crise Económica mundial

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Receptores digitais

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: TV HIFI
Receptores digitais\"Rua
Os receptores digitais são instrumentos que têm a função de receber sinal por via de canais digitais.

De acordo com a sua função, estes canais poderão ser satélite ou por cabo. Actualmente, já existem bastantes serviços de televisão por cabo que funcionam apenas com estes receptores, uma vez que é através deles que se consegue ter acesso não só aos canais de serviço, mas também a pacotes codificados.

O serviço de recepção de canais por satélite é um sistema independente para o qual é necessário ter um disco receptor satélite de modo a poder ter canais digitais fora dos serviços prestados pelos operadores de televisão digital.

Este instrumento permite que os próprios ecrãs sem tecnologia digital passem a usufruir desta através destes receptores. No entanto, a melhor qualidade só é garantida com um ecrã já com esta tecnologia.

Os receptores digitais permitem também aceder a uma multiplicidade de serviços, desde que devidamente configurados. Por exemplo, com estes receptores, é possível aceder a menus específicos de pausa de emissão para depois ser continuada, de serviços on-demand ou acesso a portais específicos, entre outros.

Esta pequena caixinha permite ao seu utilizador usufruir da televisão a um novo nível, de modo a que possa ter todas as comodidades no conforto do lar. 

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Receptores digitais

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: stuartpilbrow

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    04-06-2014 às 06:53:28

    Gostei dos receptores digitais. Bom texto abordando isso.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios