Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > A momentos do fim…

A momentos do fim…

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Comentários: 3
A momentos do fim…

Acredito que aqueles de nós mais atentos ao mundo ao nosso redor, seja através dos média, das conversas que temos com os nossos amigos ou através das conversas que ouvimos sem querer, percebemos que tem vindo a surgir nos últimos anos uma nova ideia um pouco radical em relação futuro. Que algo de grande e de diferente estará para acontecer, o fim.

Se ainda não se apercebeu disto, desta nova ideia viral deverá tomar mais atenção ao que se passa ao seu redor.




O ser humano sempre teve em si a ideia que o planeta, tal como nós, não é eterno. Nada na natureza o é, e portanto, ideias de que por um qualquer motivo o mundo tal como o conhecemos, chegará um dia ao fim, sempre esteve presente na história e religiões humanas.

Assim, de X em X tempo este tipo de conversa vem sempre à tona.

Seja, a bíblia cristã e o seu apocalipse, sejam os maias e as suas profecias, seja o oraculo de Delfos, o I-Ching ou até mesmo, um supercomputador qualquer usado para calcular grandes mudanças nos mercados internacionais, que diz que a partir de um data em particular, não existirá mais nada para calcular (Dezembro de 2012), temos vindo a receber informação de várias fontes que nos dizem para nos prepararmos para uma altura de grandes mudanças.
Os místicos e pessoas que se dizem espirituais dizem que se aproxima um qualquer evento que causará uma grande mudança no nosso planeta.




Será que é mesmo assim? Ou será esta uma ideia ou noção que é partilhada por todos nós através de uma espécie de rede neural invisível partilhada por todos os seres vivos neste planeta (conceito New Age) ou é isto apenas um fenómeno ou desejo inconsciente de libertação, resultante das mentes cansadas de uma Humanidade sem esperança de um melhor amanhã (fator resultante da crise financeira que se tem vindo a sentir nos últimos anos)!?

Muitas são as teorias, mas a única verdadeira certeza é que a qualquer momento poderá dar-se um qualquer evento catastrófico resultante da fragilidade do nosso planeta enquanto um astro no vácuo que é o espaço infinito do nosso universo.

Não nos vale de nada enraizar teorias apocalípticas, acredito sim que, resta-nos apenas viver a nossa vida da melhor maneira possível e sentirmo-nos plenos na curta e fantástica viagem que pode ser a nossa presença neste planeta, sermos felizes.






Bruno Jorge

Título: A momentos do fim…

Autor: Bruno Jorge (todos os textos)

Visitas: 0

603 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Kizua UriasKizua

    18-08-2014 às 05:35:14

    Sabemos que um dia ele chega, mesmo que seja o fim de sua vida com a inevitável morte.

    ¬ Responder
  • Anne TeixeiraAnne Teixeira

    03-10-2012 às 01:42:14

    Fico me perguntando como as pessoas criam essas teorias. No fundo, acho que é uma forma de fuga, apoio, como a religião e as relações em geral. O problema é que essa preocupação fará com que pensemos em viver intensamente nas últimas horas. Pessoas passam a vida sozinhas, preocupadas em conquistar mais e mais, sem importar com sentimentos puros como o amor.
    A publicidade em torno desse evento pode até gerar algo, mas creio que o fim dos tempos pode ser algo mais teórico, abstrato... o fim de uma era, um estilo de vida, um pensamento. Não necessariamente alienígenas invadirão o planeta, ou morreremos afogados, queimados, congelados, explodidos....

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoMaria João Martins

    01-10-2012 às 11:26:25

    Adorei este texto. É verdade que realmente há pessoas a ficar um bocado paranóicas acerca deste assunto. Vê-se no cinema, vê-se nas noticias acerca de seitas que se preparam para um evento apocalíptico eminente, documentários acerca de catástrofes. Lembro-me que em 2000 foi exactamente a mesma coisa e viu-se que não aconteceu nada. Enfim... mas gostei muito do texto. Força ai Bruno

    ¬ Responder

Comentários - A momentos do fim…

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Receptores digitais

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: TV HIFI
Receptores digitais\"Rua
Os receptores digitais são instrumentos que têm a função de receber sinal por via de canais digitais.

De acordo com a sua função, estes canais poderão ser satélite ou por cabo. Actualmente, já existem bastantes serviços de televisão por cabo que funcionam apenas com estes receptores, uma vez que é através deles que se consegue ter acesso não só aos canais de serviço, mas também a pacotes codificados.

O serviço de recepção de canais por satélite é um sistema independente para o qual é necessário ter um disco receptor satélite de modo a poder ter canais digitais fora dos serviços prestados pelos operadores de televisão digital.

Este instrumento permite que os próprios ecrãs sem tecnologia digital passem a usufruir desta através destes receptores. No entanto, a melhor qualidade só é garantida com um ecrã já com esta tecnologia.

Os receptores digitais permitem também aceder a uma multiplicidade de serviços, desde que devidamente configurados. Por exemplo, com estes receptores, é possível aceder a menus específicos de pausa de emissão para depois ser continuada, de serviços on-demand ou acesso a portais específicos, entre outros.

Esta pequena caixinha permite ao seu utilizador usufruir da televisão a um novo nível, de modo a que possa ter todas as comodidades no conforto do lar. 

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Receptores digitais

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    04-06-2014 às 06:53:28

    Gostei dos receptores digitais. Bom texto abordando isso.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios