Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Biografia de Alberto Caeiro

Biografia de Alberto Caeiro

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 22
Comentários: 3
Biografia de Alberto Caeiro

Alberto Caeiro da Silva foi inventado por Fernando Pessoa, querendo indicar que se trata duma personagem ficcional, dos heterónimos deste poeta português, como também é o caso de Ricardo Reis e Álvaro de Campos.

Esta personagem ganhou vida com Fernando Pessoa, porém elaborou uma biografia para Caeiro, encachando-se perfeitamente no seu poema. Este nasce em Lisboa em mil novecentos e oitenta e nove, considerado como o “Mestre Ingénuo” devido a ter poucas instruções escolares (primária), falecendo a mil e novecentos e quinze, da doença tuberculose.

Alberto Caeiro era uma personagem que viveu toda a sua vida no campo, não tendo qualquer profissão, descrevia-se sendo um homem louro, de olhos azuis, frágil e de porte médio, anti metafísico, ligado á natureza, inocente, realista, alegre e sincero, sendo órfão de pais viveu certa parte da sua vida em casa duma Tia.

Proclamava a recusar o pensamento metafisico, era anti religioso, o sentimento social e individual, o misticismo e a filosofia devido ao facto de ter que pensar, afirmando que impedia a visão, fazendo existir a dor, o desespero, tornando a vida num clima mais hostil e incerto, no entanto não conseguia evitar o pensamento. Caeiro limitava-se simplesmente a modo de vida natural, observando a realidade com grande simplicidade. Para este, tudo o que estava ao seu redor, era para ser admirado e aproveitado, como todo o momento da sua vida, o envelhecer não lhe causava angústia, o pensamento não lhe obstruía a visão, observar o ser com o estar no momento, sentia-se completo.

A sua poesia era criada no presente, baseando-se exclusivamente na harmonia com a natureza, instantaneamente fluía a inspiração e ação de escrever, recusando o pensamento e sentimentos, traduzindo o real objetivo para o papel, com vocabulário simples e corrente, com frases curtas e versos livres, comparações simples, poucas metáforas, substantivos concretos limitando-se a reticências e frases interrogativas.

Esta personagem interligava-se ao Pessoa Ortónimo, com o facto de eliminar o pensamento e sentimentos, o ato de pensar. No entanto, também se interligava com os outros heterónimos, como Álvaro de Campos e Ricardo Reis, com a transmissão da sinceridade plena e o regresso às origens.


Sandra Mendes

Título: Biografia de Alberto Caeiro

Autor: Sandra Mendes (todos os textos)

Visitas: 22

773 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Yuri SilvaYuri

    18-08-2014 às 01:53:50

    Muito boa a biografia de Alberto Campos. Bem, Fernando Pessoa é o cara, né?? srrsr

    ¬ Responder
  • Jovita CapitãoJovita Capitão

    17-09-2012 às 17:46:34

    Fernando pessoa tinha uma grande imaginação! Foi um poeta notável!

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    17-09-2012 às 16:51:56

    Alberto Caeiro foi considerado pelo próprio Fernando Pessoa como o mestre entre os seus heterónimos, talvez por ser o mais genuíno- como refere, um homem do campo com pouca educação formal- que escrevia sobre a natureza e a qualidade da vida como algo passageiro com palavras simples, mas brilhantes. Representa aquilo que de mais inato existe em todos os seres humanos, que depois de corrompidos pelas cidades e pelo consumismo perdem a sua essência original.

    ¬ Responder

Comentários - Biografia de Alberto Caeiro

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Secretária em vidro

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Mobiliário
Secretária em vidro\"Rua
A maior parte das casas tem um escritório para fazer os trabalhos relativos Á profissão ou outros. È uma divisão extremamente necessária para as pessoas se recolherem a trabalhar. Por isso o escritório deve ser um local com conforto e agradável. O ambiente torna-se extremamente importante para o recolhimento necessário e a concentração que certos trabalhos exigem. Se não se tiver no local de trabalho tem de construir-se em casa.

Em todas as profissões é útil ter uma secretária para colocar um computador portátil. Livros e outros acessórios. É uma peça de mobiliário que não se dispensa de forma nenhuma. Desde sempre que foi indispensável na escola, no escritório, na empresa. A sua funcionalidade é como a do computador que praticamente não se dispensa. Para onde se vá leva-se o computador portátil a servir de complemento.

No que diz respeito à secretária ela exige um bom material e design bonito. E de facto há secretárias muito belas desde o seu modelo ao material e design. Por exemplo uma secretária em vidro fica muito bem num escritório amplo de uma vivenda ou numa empresa particular bem decorada. Pode colocar-se também num pequeno escritório de um apartamento ou numa sala especial e decorada a gosto. Há quem prefira ter uma secretária num espaço pequeno especificamente para trabalho. Deste modo concentra-se mais nele e não pensa no que tem para fazer em casa. Ou seja, dá mais prioridade ao que eventualmente tenha que fazer numa secretária. Para além de ajudar a decorar e embelezar o espaço onde se coloca dá um certo ar de charme e gramou num ambiente. Se este for decorado com objectos bonitos de decoração e uma estante para livros dá um ar mais intelectual ao ambiente. Deste modo mais propício para o recolhimento.

Não é por acaso que muita gente prefere o seu escritório para passar as horas que dispõe no seu quotidiano ou fins – de - semana. É um local propício a pensar mais nos projectos, no trabalho e nos encargos da vida. Deste modo cada divisão da casa tem uma funcionalidade diferente e um ar distinto dos restantes.

Não quer dizer que uma secretária em vidro não fique adaptada noutro local que não seja para o trabalho de estudantes ou outros, ela pode ainda adaptar-se para embelezar ou harmonizar espaços que estejam por preencher numa casa maior ou outro local. Sem dúvida que a secretária em vidro não vai deixar mal nenhum espaço onde se coloque.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Secretária em vidro

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    20-04-2014 às 15:52:38

    Fantástico texto! A Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios