Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Jóias Relógios > As Cores do Ouro

As Cores do Ouro

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Jóias Relógios
Visitas: 4
Comentários: 1
As Cores do Ouro

O ouro é o mais nobre dos metais, e encanta a humanidade desde os remotos tempos em que foi encontrado pela primeira vez, em virtude de seu aspeto brilhante, maleável e potencialmente indestrutível. Em estado puro, pesa 24 quilates, tende ao amarelo e, por ser muito mole, sempre se mostrou adequado à fabricação de joias.

Uma das qualidades mais interessantes deste metal é que ele não perde sua pureza ao ser combinado com outros, apenas muda de cor e torna-se resistente, permitindo sua manipulação. Portanto, as cores que o ouro adquire não estão condicionadas à região de onde foi extraído, como são justificadas normalmente. Trata-se, apenas, de um mito. Assim como ao juntar-se a outros metais, a liga continuará sendo de ouro, as cores vão depender de sua composição. Desta forma, o ouro amarelo tem em sua formação os 75% dele próprio, equivalente a 18K, com os outros 25% equilibrados com o cobre e a prata. Entretanto, ao combinar-se com o paládio mais o níquel ou a prata, se converte em ouro branco. E o vermelho vem da combinação com o cobre, o zinco e a prata.

Quaisquer destas ligas, ou qualquer seja a cor em que o ouro se apresente, ele terá o mesmo valor, ao contrário do que se propaga popularmente, ao se repetir falsos especialistas.

O ouro branco, em razão dos metais que dão sua coloração, adquire um aspeto cinzento, sendo mais opaco que os outros. Por isso, esta liga necessita de um tratamento especial com ródio, a fim de que o brilho do ouro seja restaurado. Neste acabamento, normalmente se utiliza um equipamento contendo platina sólida, para garantir a fixação do ródio liquido na joia que deverá ser imersa neste composto. É preciso que não se confunda este processo com o folheamento, pois, nesse caso, o ouro apenas encobre a superfície da joia, enquanto que o ouro branco, mesmo necessitando do banho para revolver o brilho, continua sendo o primeiro metal, com toda sua nobreza. Às vezes, é necessária a repetição do processo, após uso prolongado da joia. Entretanto, o desgaste que ocorre afeta apenas o brilho do adorno, enquanto o metal, ao contrário, permanece intacto.

Então, se sua joia estiver com uma aparência opaca, recorra a um especialista confiável, numa joalheria tradicional, e peça a restauração do brilho. Sua peça voltará à mesma beleza que lhe causou fascínio na primeira vez.


Hediene

Título: As Cores do Ouro

Autor: Hediene Hediene (todos os textos)

Visitas: 4

785 

Imagem por: Lenny Montana

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    09-05-2014 às 16:25:05

    Que interessante saber que o ouro pode se diferenciar dependendo de sua combinação. Ainda bem que, independente disso, continua sendo um ouro de valor. O ouro branco é lindo!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - As Cores do Ouro

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Jardinagem Fonte de Vida

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Bricolage Jardim
Jardinagem Fonte de Vida\"Rua
A jardinagem é conhecida há anos como uma forma de emprego que possibilita a muitos uma renda familiar mensal. A jardinagem também pode ser artística onde a arte do profissional é aplicada. A jardinagem pode ser de inúmeras formas conhecida e exercida, trazendo benefícios imensuráveis a aqueles que dela são adeptos.

Muito mais que fonte de renda ou arte a jardinagem é uma fonte de inúmeros beneficio a vida do ser humano, fonte de alegria, relaxamento e distração. E por ser uma atividade tão simples não é difícil de ser realizada. A jardinagem é por si só fonte de vida, fonte de aprendizado e principalmente fonte de intimidade do ser humano.

Ser adepto da jardinagem não é somente revirar terra, ser adepto da jardinagem é decisão de vida que transforma seu dia-a-dia mudando a rotina de dias estressantes e cansativos.

Ao olhar de muitos a tarefa possa parecer penosa, cansativa e até chata, mais somente estando envolvido na jardinagem para perceber que muito mais ter um corpo cansado após a tarefa, você na verdade descansa seu corpo sua mente e seu espírito da agitação do dia-a-dia.

Alguns minutos dedicados à jardinagem são o suficiente para inibir grande carga emocional e física do nosso dia-a-dia, e proporcionando uma energia a mais para os próximos dias.

A jardinagem pode ser realizada de varias formas simples que vão trazer todos estes benefícios a sua vida e não são necessários grandes investimentos ou mudança radical da sua rotina de vida ou qualquer outra mudança que você possa imaginar. Na verdade as maiores mudanças são comportamentais e só depende de você.

Para detalhar um pouco o que você poderá fazer com alguns minutos dedicados à jardinagem você irá perceber que não há nenhuma dificuldade em realizar esta tarefa.

Com um mínimo de espaço você pode cultivar plantas simples, em vasos pequenos que não irão ocupar espaço e serão na verdade uma linda forma de ornamentar sua casa.

Você poderá cultivar uma espécie de planta conhecida como:
- Rosa de pedra

É uma suculenta, planta que armazena água nas folhas e caules, que tem o formato parecido com o de uma rosa. É muito usada para fazer arranjos em vasos com outras suculentas e cactos. Deve ser regada apenas uma vez por semana, pois a umidade pode apodrecer suas raízes. Não tolera muito sol.

E você vai perceber que se dedicar alguns minutos a jardinagem é muito bom para você, os resultados não tem como ser calculados, somente há possibilidade de experimentar o quanto bom é o resultado final.

Então não espere muito é dedique-se um tempo a descobrir o quanto é bom a jardinagem para sua vida.

Pesquisar mais textos:

Rodrigo Junio Ferreira

Título:Jardinagem Fonte de Vida

Autor:Rodrigo Junio Ferreira(todos os textos)

Imagem por: Lenny Montana

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:43:33

    É tão gratificante nós mesmos realizarmos a jardinagem. Essa atividade relaxa, gera prazer e o resultado nos deixa muito felizes. Vale a pena!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios