Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > As últimas Ceias de Castagno e Tintoretto, semelhanças e diferenças

As últimas Ceias de Castagno e Tintoretto, semelhanças e diferenças

Categoria: Arte
Visitas: 8
As últimas Ceias de Castagno e Tintoretto, semelhanças e diferenças

Na obra de Andrea del Castagno, a primeira coisa que o observador vê é um apóstolo isolado dos restantes. Jesus Cristo e os onze apóstolos encontram-se dispostos atrás da mesa virados para o observador, enquanto Judas Iscariotes se encontra à frente da mesa, de perfil. Rejeitado, Judas aparece sem a auréola, mas com o saco dos trinta denários à vista.
A Última Ceia de Andrea del Castagno tem muitos aspectos idênticos à ceia de Leonardo. Estas semelhanças devem-se a ambas as obras fazerem parte do Renascimento italiano. Neste cenáculo, Jesus Cristo é o ponto de fuga para projectar a perspectiva. Na mesa, com uma toalha branca, estão alimentos pascais.

Por cima das cabeças dos apóstolos e de Jesus Cristo estão seis blocos de mármore decorados, todos diferentes, sendo o mais saliente aquele que se encontra perto de Jesus Cristo.

A Última Ceia de Tintoretto tem diferenças assinaláveis da obra do pintor renascentista. Nesta obra a disposição da mesa está alterada, encontrando-se na diagonal. Não estão só representados os doze apóstolos e Jesus Cristo, mas também serviçais que estão a servir. Os apóstolos estão dispostos pela mesma ordem, seis para o lado esquerdo e seis para o lado direito de Jesus Cristo, porém, aqui, Jesus Cristo já não é a figura central, pois todas as personagens são importantes.

Assim como Cristo, também Judas não tem um destaque entre os apóstolos e as restantes figuras. Na obra pode ver-se dois espaços diferentes: a mesa rodeada pelos apóstolos, por Jesus Cristo e alguns criados à direita (um amontoado de personagens distintas) e depois, à esquerda do observador, está um espaço aberto preenchido com mais alguns criados.

Como é característico do Maneirismo, movimento onde se insere Tintoretto, há uma valorização extrema da luz sobre as personagens. Jesus Cristo emana uma luz da sua cabeça que ilumina toda a sala, assim como, a lamparina. Esta luz provinda de Jesus Cristo e da lamparina faz com que passe para a tela as sombras das personagens, permite ver os anjos que estão a sobrevoar a cena e dá ainda luminosidade às personagens, às suas vestes, aos seus movimentos. Pode-se afirmar que a luz é o elemento que Tintoretto dá grande importância na obra.


Daniela Vicente

Título: As últimas Ceias de Castagno e Tintoretto, semelhanças e diferenças

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 8

776 

Comentários - As últimas Ceias de Castagno e Tintoretto, semelhanças e diferenças

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios