Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > A Pintura Italiana No Renasciemnto

A Pintura Italiana No Renasciemnto

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Arte
Visitas: 14
A Pintura Italiana No Renasciemnto

Na pintura italiana do século XIII ao século XVIII podemos encontrar artistas muitos conhecidos pelo público, assim como as suas obras.

A obra de Cimabue, Maestá, é uma tábua com um fundo dourado. Ao centro está a Virgem sentada com o Menino no trono rodeada por seis anjos que amparam a poltrona. Esta encontra-se em perspetiva, suspensa no ar. As vestes da Virgem e do Menino são muito representativas do período em que viveram. Destacamos o uso do vermelho e do azul. Esta obra ainda tem inspiração bizantina.

A obra de Giotto, São Francisco recebe os estigmas, é também uma tábua. Tem uma cena principal em grande destaque e pequenas cenas na predela, se podemos chamar assim. Jesus crucificado aparece a São Francisco sob a forma de um Serafim, mostrando-lhe os seus estigmas. São Francisco encontra-se ajoelhado a receber os estigmas. O fundo desta cena é rochoso com algumas árvores. Na predela estão três cenas da vida de São Francisco.

A Coroação da Virgem, de Beato Angelico é uma obra fantástica, onde nos sobressalta à vista a cor azul. No centro, vemos Cristo num trono a coroar a Virgem. À volta do trono, estão anjos a tocar e santos a assistir. Conseguimos distinguir os santos através dos atributos dos seus martírios: Santa Catarina com a roda, Santa Inês com o cordeiro e Santa Úrsula com a seta. No lado esquerdo, vemos personagens como Luís IX, rei de França com a coroa de flores-de-lis, São Nicolau de Bari com um manto com cenas da Paixão de Cristo, São Tomás de Aquino, São Domingos e São João Evangelista.

Outra obra exemplar do Renascimento italiano é As Bodas de Canã, de Veronese. Vemos um grande banquete profano, onde a confusão reina. Alguns artistas, como Tiziano e Tintoretto estão aqui retratados a tocar instrumentos. A contrastar com a movimentação das personagens mundanas, está Cristo rígido e hierárquico. O banquete acontece numa estrutura clássica.
A Coroação de espinhos, de Tiziano Vecellio, retrata o momento em que Cristo foi obrigado a suportar a coroa de espinhos na cabeça. A sua pose, assim como as poses dos seus carrascos são de grande dramatismo.


Daniela Vicente

Título: A Pintura Italiana No Renasciemnto

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 14

657 

Comentários - A Pintura Italiana No Renasciemnto

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Estratégia do arco-íris

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Serviços
Estratégia do arco-íris\"Rua
Pessoas comuns estão a descobrir novas estratégias que supostamente fazem dinheiro rápido. Mas, a verdade da questão é que, isso é quase impossível. Ao longo de sua jornada de negociação, vai experimentar algumas vitórias e derrotas. Então, vejamos uma das estratégias que irá produzir mais vitórias do que derrotas: a estratégia do arco-íris. Esta é uma estratégia muito poderosa que qualquer um pode utilizar, especialmente novatos lá fora. Se é novo no comércio de opções binárias e gostaria de ganhar dinheiro online, esta é a estratégia ideal para si.

A estratégia do arco-íris envolve um período de 6, 14 e 26 períodos, períodos de média móvel exponencial. Estes permitem filtrar os movimentos menores no mercado e dar-lhe uma visão clara da tendência.

O mercado está numa tendência alta quando o período de 6 EMA está no topo dos 14 períodos EMA e dos 26 períodos EMA. A tendência baixa ocorre quando as EMA cruzam-se. Agora, os 26 períodos EMA devem estar no topo da EMA de 14 períodos. Em tendências altas, os comerciantes devem concentrar-se principalmente em opções de compra.

Uma opção de compra pode ser acionada quando o preço para baixo remonta à EMA 14 e começa a mover-se para cima. Uma opção de venda pode ser acionada quando o preço refaz para cima, e os períodos EMA 14 começam a mover-se para baixo.

As vantagens desta estratégia é que muitos dos sinais são precisos e não requerem muita análise para fazer um bom negócio. Com a gestão de risco adequada, pode fazer desta a sua principal estratégia. Mas, antes de tomar essa decisão, saiba que existem algumas desvantagens. O preço às vezes pode ir além dos 14 períodos de EMA. Alguns comerciantes podem não saber como reagir a isso.

Além disso, mesmo se os mercados são tendências, ainda existe a possibilidade de dar sinais falsos, mas com a gestão de riscos aplicadas, esses sinais falsos não causam muito dano. Combinar esta estratégia com coisas como Fibonacci, linhas de tendência ou médias móveis podem ajudar a reduzir as chances de perdas.

Em geral, a estratégia do arco-íris é um grande indicador. Ele faz maravilhas nos mercados de tendências e é muito fácil de usar para os comerciantes de todos os níveis. No fim de contas, é apenas uma questão de fazer uma boa gestão de risco. É uma ótima estratégia para iniciantes começarem a usar e obterem vitórias, experiência e bastante dinheiro.

Pesquisar mais textos:

Jerónimo Diogo Magalhães

Título:Estratégia do arco-íris

Autor:Jerónimo Diogo Magalhães(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios