Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Sushi - Descobrir e Provar

Sushi - Descobrir e Provar

Categoria: Alimentação
Comentários: 1
Sushi - Descobrir e Provar

Sushi, que significa ‘Risoto Japonês’, é um prato de origem japonesa, como o próprio nome indica, inspirado numa forma de conservar alimentos muito utilizada no Japão.

Este processo de conservação ainda é muito popular nos dias de hoje no Sudoeste Asiático. Através desta técnica de conservação era possível manter peixe conservado em arroz avinagrado. Só há 200 anos é que esta técnica se tornou o sushi que conhecemos actualmente. O sushi já era comercializado nas ruas, em barracas, e foi considerado ‘fast-food’.

Este prato japonês é, habitualmente, feito com arroz temperado com vinagre, sal e açúcar. Existem diversas formas de fazer sushi, alguns com frutos do mar, vegetais, frutas ou ovo combinados com o arroz avinagrado.






Os japoneses costumam servir algumas especiarias em conjunto com o sushi que lhe podem atribuir um sabor mais forte, adocicado ou picante.

O molho de raiz forte e o molho de soja são dois exemplos de molhos que fazem uma combinação saudável com o sushi. Este prato costuma ser servido em tabuleiros de plástico, pedra preta ou tabuleiros de madeira com rodelas de lima, limão e/ou laranja que liga com o salmão e restantes peixes utilizados na confeção do sushi, cuidadosamente dispostos obedecendo ao rigor e geometria do Japão. O sushi que mais recorda o antigo processo de conservação que lhe deu origem é confecionado próximo do lago Biwa, no Japão.

Este tipo de prato, normalmente, possui baixas taxas de gordura, muita proteína e muitas vitaminas. Os sushis ricos em peixe são uma óptima fonte de ómega-3. O sushi do estilo ocidental já possui cada vez mais calorias e é cada vez menos saudável pois são adicionados ingredientes como a maionese e o ketchup ao preparado. Os sushis que possuem elevado valor proteico são ricos em tofu, peixe, soja, marisco e ovo.

A grande diferença entre os sushis é o seu recheio e cobertura, o ponto comum a todos eles é o arroz. Consoante a cobertura, recheio e construção do sushi é atribuída uma designação diferente. O Makizushi, por exemplo, é um tipo de sushi enrolado numa alga marinha e Inarizushi é colocado dentro de uma ‘bolsa’ feita de tofu bem frito. Entre estes exemplos muitos outros deliciosos existem para pesquisar e provar!


Rua Direita

Título: Sushi - Descobrir e Provar

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

608 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    18-04-2014 às 23:30:14

    A Rua Direita agradece pelo seu texto maravilhoso!

    ¬ Responder

Comentários - Sushi - Descobrir e Provar

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Secretária em vidro

Ler próximo texto...

Tema: Mobiliário
Secretária em vidro\"Rua
A maior parte das casas tem um escritório para fazer os trabalhos relativos Á profissão ou outros. È uma divisão extremamente necessária para as pessoas se recolherem a trabalhar. Por isso o escritório deve ser um local com conforto e agradável. O ambiente torna-se extremamente importante para o recolhimento necessário e a concentração que certos trabalhos exigem. Se não se tiver no local de trabalho tem de construir-se em casa.

Em todas as profissões é útil ter uma secretária para colocar um computador portátil. Livros e outros acessórios. É uma peça de mobiliário que não se dispensa de forma nenhuma. Desde sempre que foi indispensável na escola, no escritório, na empresa. A sua funcionalidade é como a do computador que praticamente não se dispensa. Para onde se vá leva-se o computador portátil a servir de complemento.

No que diz respeito à secretária ela exige um bom material e design bonito. E de facto há secretárias muito belas desde o seu modelo ao material e design. Por exemplo uma secretária em vidro fica muito bem num escritório amplo de uma vivenda ou numa empresa particular bem decorada. Pode colocar-se também num pequeno escritório de um apartamento ou numa sala especial e decorada a gosto. Há quem prefira ter uma secretária num espaço pequeno especificamente para trabalho. Deste modo concentra-se mais nele e não pensa no que tem para fazer em casa. Ou seja, dá mais prioridade ao que eventualmente tenha que fazer numa secretária. Para além de ajudar a decorar e embelezar o espaço onde se coloca dá um certo ar de charme e gramou num ambiente. Se este for decorado com objectos bonitos de decoração e uma estante para livros dá um ar mais intelectual ao ambiente. Deste modo mais propício para o recolhimento.

Não é por acaso que muita gente prefere o seu escritório para passar as horas que dispõe no seu quotidiano ou fins – de - semana. É um local propício a pensar mais nos projectos, no trabalho e nos encargos da vida. Deste modo cada divisão da casa tem uma funcionalidade diferente e um ar distinto dos restantes.

Não quer dizer que uma secretária em vidro não fique adaptada noutro local que não seja para o trabalho de estudantes ou outros, ela pode ainda adaptar-se para embelezar ou harmonizar espaços que estejam por preencher numa casa maior ou outro local. Sem dúvida que a secretária em vidro não vai deixar mal nenhum espaço onde se coloque.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Secretária em vidro

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    20-04-2014 às 15:52:38

    Fantástico texto! A Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios