Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Sushi - Descobrir e Provar

Sushi - Descobrir e Provar

Categoria: Alimentação
Comentários: 1
Sushi - Descobrir e Provar

Sushi, que significa ‘Risoto Japonês’, é um prato de origem japonesa, como o próprio nome indica, inspirado numa forma de conservar alimentos muito utilizada no Japão.

Este processo de conservação ainda é muito popular nos dias de hoje no Sudoeste Asiático. Através desta técnica de conservação era possível manter peixe conservado em arroz avinagrado. Só há 200 anos é que esta técnica se tornou o sushi que conhecemos actualmente. O sushi já era comercializado nas ruas, em barracas, e foi considerado ‘fast-food’.

Este prato japonês é, habitualmente, feito com arroz temperado com vinagre, sal e açúcar. Existem diversas formas de fazer sushi, alguns com frutos do mar, vegetais, frutas ou ovo combinados com o arroz avinagrado.






Os japoneses costumam servir algumas especiarias em conjunto com o sushi que lhe podem atribuir um sabor mais forte, adocicado ou picante.

O molho de raiz forte e o molho de soja são dois exemplos de molhos que fazem uma combinação saudável com o sushi. Este prato costuma ser servido em tabuleiros de plástico, pedra preta ou tabuleiros de madeira com rodelas de lima, limão e/ou laranja que liga com o salmão e restantes peixes utilizados na confeção do sushi, cuidadosamente dispostos obedecendo ao rigor e geometria do Japão. O sushi que mais recorda o antigo processo de conservação que lhe deu origem é confecionado próximo do lago Biwa, no Japão.

Este tipo de prato, normalmente, possui baixas taxas de gordura, muita proteína e muitas vitaminas. Os sushis ricos em peixe são uma óptima fonte de ómega-3. O sushi do estilo ocidental já possui cada vez mais calorias e é cada vez menos saudável pois são adicionados ingredientes como a maionese e o ketchup ao preparado. Os sushis que possuem elevado valor proteico são ricos em tofu, peixe, soja, marisco e ovo.

A grande diferença entre os sushis é o seu recheio e cobertura, o ponto comum a todos eles é o arroz. Consoante a cobertura, recheio e construção do sushi é atribuída uma designação diferente. O Makizushi, por exemplo, é um tipo de sushi enrolado numa alga marinha e Inarizushi é colocado dentro de uma ‘bolsa’ feita de tofu bem frito. Entre estes exemplos muitos outros deliciosos existem para pesquisar e provar!


Rua Direita

Título: Sushi - Descobrir e Provar

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

608 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    18-04-2014 às 23:30:14

    A Rua Direita agradece pelo seu texto maravilhoso!

    ¬ Responder

Comentários - Sushi - Descobrir e Provar

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Estratégia do arco-íris

Ler próximo texto...

Tema: Serviços
Estratégia do arco-íris\"Rua
Pessoas comuns estão a descobrir novas estratégias que supostamente fazem dinheiro rápido. Mas, a verdade da questão é que, isso é quase impossível. Ao longo de sua jornada de negociação, vai experimentar algumas vitórias e derrotas. Então, vejamos uma das estratégias que irá produzir mais vitórias do que derrotas: a estratégia do arco-íris. Esta é uma estratégia muito poderosa que qualquer um pode utilizar, especialmente novatos lá fora. Se é novo no comércio de opções binárias e gostaria de ganhar dinheiro online, esta é a estratégia ideal para si.

A estratégia do arco-íris envolve um período de 6, 14 e 26 períodos, períodos de média móvel exponencial. Estes permitem filtrar os movimentos menores no mercado e dar-lhe uma visão clara da tendência.

O mercado está numa tendência alta quando o período de 6 EMA está no topo dos 14 períodos EMA e dos 26 períodos EMA. A tendência baixa ocorre quando as EMA cruzam-se. Agora, os 26 períodos EMA devem estar no topo da EMA de 14 períodos. Em tendências altas, os comerciantes devem concentrar-se principalmente em opções de compra.

Uma opção de compra pode ser acionada quando o preço para baixo remonta à EMA 14 e começa a mover-se para cima. Uma opção de venda pode ser acionada quando o preço refaz para cima, e os períodos EMA 14 começam a mover-se para baixo.

As vantagens desta estratégia é que muitos dos sinais são precisos e não requerem muita análise para fazer um bom negócio. Com a gestão de risco adequada, pode fazer desta a sua principal estratégia. Mas, antes de tomar essa decisão, saiba que existem algumas desvantagens. O preço às vezes pode ir além dos 14 períodos de EMA. Alguns comerciantes podem não saber como reagir a isso.

Além disso, mesmo se os mercados são tendências, ainda existe a possibilidade de dar sinais falsos, mas com a gestão de riscos aplicadas, esses sinais falsos não causam muito dano. Combinar esta estratégia com coisas como Fibonacci, linhas de tendência ou médias móveis podem ajudar a reduzir as chances de perdas.

Em geral, a estratégia do arco-íris é um grande indicador. Ele faz maravilhas nos mercados de tendências e é muito fácil de usar para os comerciantes de todos os níveis. No fim de contas, é apenas uma questão de fazer uma boa gestão de risco. É uma ótima estratégia para iniciantes começarem a usar e obterem vitórias, experiência e bastante dinheiro.

Pesquisar mais textos:

Jerónimo Diogo Magalhães

Título:Estratégia do arco-íris

Autor:Jerónimo Diogo Magalhães(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios