Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > Um Passeio Pelo Himalaia

Um Passeio Pelo Himalaia

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Viagens
Visitas: 6
Um Passeio Pelo Himalaia

Cordilheira do Himalaia como tradicionalmente conhecida, é um dos pontos turísticos mais visitados em todo o mundo. Atraem milhões de pessoas por oferecer escaladas em suas montanhas, ela é famosa por conter o Monte Everest com quase 9.000 metros de altura considerado como o mais alto do mundo.

Possui grandes curiosidades em seus aspetos de relevo, sua região passa por cinco lugares: o Paquistão, Nepal, Índia, Butão e China. O Himalaia é muito grande, pra falar que ela é enorme tanto em altura como comprimento e largura. O que você faria se estivesse nesse lugar?

Provavelmente os turistas vão até o Himalaia pela aventura que ela proporciona. Aqueles que adoram escalar montanhas, vão se sentir realizados pelos aspetos bons que ela traz. Haja esforço, garra, coragem para escalar sua montanha, visto que é muito alto, só mesmo os que estão acostumados aguentam o tranco. A grande cobertura das neves também atraem os alpinistas que adoram praticar esse tipo de esporte.

Mas, ela apresenta outros atrativos. Ele possui muitos lagos, cerca de centenas deles com uma beleza surpreendente. O maior lago fica entre Tibete e a Índia com uma altitude de 4600 metros e é chamada de Pangong Tso. Há outros também conhecidos, mas o que pode-se observar de interessante é que em todos eles sobrevivem, são alimentados pelos chamados glaciares. Também você encontra alguns rios como o Rio Indo. Realmente é uma experiência única ter a oportunidade de conhecer o maior monte do mundo e o Himalaia.

Localizado bem próximo da Índia, não é caro para viver lá quanto mais para passar alguns dias e meses. Com tantos lugares para visitar o período tem que ser longo para dar tempo de não perder nada. Afinal, suas viagens precisam ser inesquecíveis e precisa valer a pena. Mas, você tem que ir preparado, pois lá o frio é tremendo, faz muito, muito frio lá. Para nossa curiosidade Himalaia significa “casa da neve”, recebeu este nome já pelo fato do ambiente próprio que a natureza proporciona. Esse lugar é um sonho para turistas que adoram um frio, mas aquele frio de ficar com várias roupas por baixo e para prática de esportes que não é muito visto no Brasil, um lugar exótico e muito visitado em todo o mundo.


Adriana Santos

Título: Um Passeio Pelo Himalaia

Autor: Adriana Santos (todos os textos)

Visitas: 6

638 

Comentários - Um Passeio Pelo Himalaia

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios