Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Quatro Passos para Alcançar o Sucesso nas Finanças Pessoais

Quatro Passos para Alcançar o Sucesso nas Finanças Pessoais

Categoria: Outros
Visitas: 4
Quatro Passos para Alcançar o Sucesso nas Finanças Pessoais

Você já sonhou em fazer uma aposta na Mega Sena e logo pela manhã, receber a notícia que é o mais novo milionário brasileiro? Ou de uma hora para outra ser contemplado com uma herança milionária de um tio que você sequer conhecia? Infelizmente a chance de que isso aconteça é praticamente nula, mas não fique triste temos aqui o caminho para você conquistar o sucesso nas finanças pessoais. Claro que não se trata de nenhuma fórmula mágica ou de receitinhas prontas, mas trata-se de conceitos que, se colocados em prática trarão ótimos resultados às suas finanças.

1° Passo: Adquirir Conhecimento

Aprender nunca é demais, certo? Nas finanças uma regra de ouro é estar sempre atento às oportunidades, por isso precisamos adquirir conhecimento. Existem centenas de sites, jornais, revistas e mídias, muitas delas gratuitas, que nos fornecem informações financeiras de boa qualidade. Existem também diversos cursos, treinamentos, simuladores (como exemplo: UOL Invest que simula operações de compra e venda de ações na Bolsa de Valores), workshops, palestras e eventos, como exemplo a EXPOMONEY (evento que ocorre anualmente nas principais capitais brasileiras e que conta com os maiores palestrantes e expositores do país). Atualize-se, vale a pena.

Outro ponto importantíssimo que a maioria das pessoas negligencia é o de não ter autoconhecimento. Parece fácil, mas será que temos consciência de nossos hábitos de consumo e de nossas características como investidor? Conhecer-se é a melhor maneira de evitar péssimas opções de investimentos, por exemplo: uma pessoa que tem um perfil de investidor cauteloso (é avesso a riscos), mas possui a maior parte de seu dinheiro aplicado em ações. Parece um contrassenso, mas erros assim são mais comuns do que se imagina.

2° Passo: Elabore a sua Estratégia

Às vezes ouvimos alguém dizer: “compre imóveis, é o melhor investimento” já outros dizem “compre ações da Petrobrás, é lucro certo” e aí quem esta certo e quem esta errado? Sinto em lhe dizer, mas não existe fórmula pronta no mundo das finanças, algo que funciona bem para o meu vizinho, pode ser um verdadeiro desastre para mim. As melhores opções de investimento são aquelas que nós mais conhecemos e que temos mais familiaridade. Outro ponto a ressaltar é que toda estratégia para ser bem sucedida ela tem que ter começo, meio e fim. Você tem que saber para que esta investindo, o quanto pretende obter de retorno e quando realizará os lucros dessa operação, caso contrário será apenas um acumulo de valores.

3° Passo: Mantenha o Foco

Essa é a etapa dos dilemas, nos passos anteriores você estudou o mercado, escolheu um investimento conforme suas possibilidades e familiaridades elaborou uma boa estratégia e agora tem que ser firme no seu posicionamento. Vão surgir milhares de dúvidas e de fantasmas, mas se você tiver plena confiança que a sua escolha foi bem fundamentada, fique tranquilo e siga em frente. Não estou dizendo que você não deva revisar periodicamente a sua estratégia, pelo contrário, isso deve ser feito, mas tome cuidado com constantes mudanças de rumo, minha avó já dizia: “quem muito quer nada tem”. Tome cuidado também com as promessas de ganhos fáceis, é impressionante, basta você ter algum dinheiro na conta que surgem vários negócios mirabolantes que prometem ganhos rápidos, fuja desses oportunistas. Outro vilão do seu planejamento financeiro é o consumismo, às vezes abortamos nossos planos para utilizar o dinheiro para o consumo (de algo não planejado), por isso reforço a ideia, planeje bem a finalidade do seu investimento e siga em frente.

4° Passo: Realização

Nos conceitos apresentados aqui essa palavra pode ter dois significados, o primeiro é de efetuar a conclusão do investimento “realizando os lucros da operação”, o segundo é o de realização pessoal “realização do seu sonho”. Existem pessoas que possuem um imenso prazer de acumular, porem na hora de realizar sua operação elas normalmente prolongam o período de investimento. Entendo que às vezes isso possa ocorrer por mudanças do planejamento, por necessidades pessoais, mas sempre é mais recomendável que você cumpra com o que se comprometeu no inicio do planejamento. Você vai ter uma sensação maravilhosa de conquista e de autoconfiança, pois tem a certeza de que você é capaz de conquistar o que quiser, basta planejar.


Fabio Vidal

Título: Quatro Passos para Alcançar o Sucesso nas Finanças Pessoais

Autor: Fabio Vidal (todos os textos)

Visitas: 4

234 

Comentários - Quatro Passos para Alcançar o Sucesso nas Finanças Pessoais

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios