Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Materiais Construção > Granito desde a antiguidade

Granito desde a antiguidade

Visitas: 12
Comentários: 1
Granito desde a antiguidade

O granito, utilizado no domínio ornamental e na construção civil, é uma rocha ígnea de grão grosseiro. Quem diria que a falta de polimento havia de vir a afectar o mundo dos penedos?

Também é verdade que se estiver polido, o granito se torna bastante escorregadio. Outra semelhança com os humanos (que às vezes mais parecem ser feitos de pedra!): há uns que deslizam com extrema facilidade, sobretudo quando se trata de “fugir com o rabo à seringa” por qualquer motivo.

Veja-se, a título de exemplo, a mudez ou a verborreia que acometem os estadistas ao sentirem os flashes das máquinas fotográficas ou os microfones dirigidos à sua pessoa. Se o assunto for delicado q.b., ou se calam, ou falam sem parar, se tal se revelar útil para “limpar” a sua imagem.

Nesta, que nem lustro político apresenta na maioria dos casos, ao contrário do granito a limpeza revela-se bastante complicada e a suposta polidez não persiste. Portanto, e tal como ele, que está, por natureza, sujeito a variações de cores e tonalidades, desenhos e veios, não pode ser devolvida.

De qualquer forma, quem iria querer de volta uma “encomenda” defeituosa?!...

O granito é usado pelo Homem desde as civilizações antigas, como atestam as Pirâmides do Egipto.

Deste modo, sempre que se adquira material granítico, além do valor da rocha em si, passa-se a ser detentor(a) de uma monta patrimonial e histórica nada inferior, em jeito de comunhão com os gostos e desejos dos povos ancestrais.

O granito está presente em monumentos, obras de património histórico e religioso, residências e áreas comerciais, revestindo paredes e pisos, proporcionado beleza, sofisticação e durabilidade a cada ambiente.

Nomeadamente no que respeita às estátuas, esta questão da duração é assaz importante. A fama de uma pessoa não pode cair assim…


Rua Direita

Título: Granito desde a antiguidade

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 12

801 

Imagem por: vidalia_11

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • bebeubebeu

    27-02-2011 às 14:38:01

    gostaria muito de saber isso:
    Que utilidades tem o granito para o ser humano?

    ¬ Responder

Comentários - Granito desde a antiguidade

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: vidalia_11

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios