Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > O Tarot

O Tarot

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Comentários: 1
O Tarot

Tradição mística, leitura de sina pelas cartas, adivinhação, auto desenvolvimento… De quantas mais maneira se pode descrever o tarot? Acredite, de muitas!

Há quem lhe chame bruxaria e esta indicação não é nova, mas de todo falsa. O misticismo por detrás do tarot leva-nos a pensar no oculto e se para uns isto se trata de um fascínio, para outros, os desacreditados, tudo não passa de coisa de charlatão.

É preciso respeitar o Tarot, pois a sua idade não é pequena e a sua sabedoria é enorme – característica de “coisa” antiga e estudada.

Mas afinal o que é o Tarot?

O Tarot é considerado por muitos como a mais fantástica arte esotérica de adivinhação.




A sua origem, apesar de bastante discutida, é afirmada como originária do Egipto. No entanto, só está documentada através de cartas de tarot a partir do século XV e com origem em Itália (documentos e cartas do tarot de Viscondi-Sforza – Milão – 1450). Há quem afirme que o tarot foi criado para divertimento, mas existem fortes convicções de que estas cartas continham magias ocultas que levavam á adivinhação.

Como seria de calcular, e tendo o desenvolvimento do tarot ocorrido na velha Europa, a perseguição durante a inquisição foi histórica. Associado a cultos maléficos, bruxaria, pecado e ocultismo, muitos baralhos foram queimados, tal como os seus utilizadores. Tornava-se assim assunto proibido e arte perigosa.

A popularidade foi recuperada e nos últimos 40 anos a creditação nesta arte esotérica cresceu consideravelmente. Aprende-se com mestres e não é qualquer um que sente a magia destas tão especiais cartas.

O tarot composto por um baralho de 78 cartas, divide-se em dois grupos – arcanos maiores e arcanos menores – cada um com o seu significado e simbolismo.
Os arcanos maiores contêm 22 cartas e tratam-se das cartas mais conhecidas do tarot pois identificamo-las pelas figuras que apresentam. A carga energética nestas cartas é única e apresentam-se com riqueza de adornos e extraordinários detalhes.

Os arcanos maiores, com 56 cartas, fazem parte integral do baralho. São tratados muitas vezes como “caminhos”.

O Tarot é uma arte e há que saber interpretá-lo com sabedoria e intuição. Pela resposta às perguntas e interrogações da vida ou mesmo para “matar” curiosidades, o tarot oferece respostas, quando estudada cada carta em todos os seus aspetos. Mais do que um “jogo de cartas” é uma arte única e apaixonante e despertas curiosidades em todos. Mesmo que seja para os menos curiosos.


Carla Horta

Título: O Tarot

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

629 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAnónimo

    08-09-2012 às 21:30:19

    O que significa quando as cartas de tarot pegam fogo?

    ¬ Responder

Comentários - O Tarot

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Secretária em vidro

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Mobiliário
Secretária em vidro\"Rua
A maior parte das casas tem um escritório para fazer os trabalhos relativos Á profissão ou outros. È uma divisão extremamente necessária para as pessoas se recolherem a trabalhar. Por isso o escritório deve ser um local com conforto e agradável. O ambiente torna-se extremamente importante para o recolhimento necessário e a concentração que certos trabalhos exigem. Se não se tiver no local de trabalho tem de construir-se em casa.

Em todas as profissões é útil ter uma secretária para colocar um computador portátil. Livros e outros acessórios. É uma peça de mobiliário que não se dispensa de forma nenhuma. Desde sempre que foi indispensável na escola, no escritório, na empresa. A sua funcionalidade é como a do computador que praticamente não se dispensa. Para onde se vá leva-se o computador portátil a servir de complemento.

No que diz respeito à secretária ela exige um bom material e design bonito. E de facto há secretárias muito belas desde o seu modelo ao material e design. Por exemplo uma secretária em vidro fica muito bem num escritório amplo de uma vivenda ou numa empresa particular bem decorada. Pode colocar-se também num pequeno escritório de um apartamento ou numa sala especial e decorada a gosto. Há quem prefira ter uma secretária num espaço pequeno especificamente para trabalho. Deste modo concentra-se mais nele e não pensa no que tem para fazer em casa. Ou seja, dá mais prioridade ao que eventualmente tenha que fazer numa secretária. Para além de ajudar a decorar e embelezar o espaço onde se coloca dá um certo ar de charme e gramou num ambiente. Se este for decorado com objectos bonitos de decoração e uma estante para livros dá um ar mais intelectual ao ambiente. Deste modo mais propício para o recolhimento.

Não é por acaso que muita gente prefere o seu escritório para passar as horas que dispõe no seu quotidiano ou fins – de - semana. É um local propício a pensar mais nos projectos, no trabalho e nos encargos da vida. Deste modo cada divisão da casa tem uma funcionalidade diferente e um ar distinto dos restantes.

Não quer dizer que uma secretária em vidro não fique adaptada noutro local que não seja para o trabalho de estudantes ou outros, ela pode ainda adaptar-se para embelezar ou harmonizar espaços que estejam por preencher numa casa maior ou outro local. Sem dúvida que a secretária em vidro não vai deixar mal nenhum espaço onde se coloque.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Secretária em vidro

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    20-04-2014 às 15:52:38

    Fantástico texto! A Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios