Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Desporto > Sedentarismo

Sedentarismo

Categoria: Desporto
Comentários: 1
Sedentarismo

Quando era pequena,minha mãe me matriculou em várias escolas esportivas.Fui matriculada em ballet clássico e moderno,jazz,sapateado,natação,volley,basquete e outros esportes que nunca gostei.

Sequer fazia minhas aulas de educação física no colégio,fugia sempre para algum banheiro ou qualquer outro lugar que eu pudesse me esconder.

Cresci e continuei fugindo da prática de exercícios.Nunca gostei de me mexer,posso dizer que sou uma preguiçosa nata.O único esporte que gosto é levantamento de copo e de garfo.Porém o tempo foi passando e eu comendo cada vez mais.Fazia dieta e não conseguia emagrecer e então desistia e voltava a engordar.

Até o dia que fui em uma nutricionista e a mesma me receitou uma dieta e exercícios físicos.Não aditava só fechar a boca eu precisaria malhar para emagrecer.Tive que fazer matrícula numa academia e optar por um pacote de ginástica e musculação.

Os primeiros dias foram bem ruins,mas depois meu corpo foi se acostumando.Até chegar ao ponto que se eu não malhasse um dia,teria que compensar no próximo dia.Devido a tamanha falta meu organismo sentia.

Hoje,quando tenho que malhar o faço com o maior prazer do mundo.Deixou de ser uma obrigação e se transformou em uma atividade agradável.

Sou uma ex-sedentária,mais ainda não virei "rata-de academia".Me cuido e sinto satisfação nisso.Todos deveriam tentar frequentar uma academia,uma coisa que pode ser ruim no começo pode se tornar muito prazerosa conforme ganha-se prática.

Nem que seja uma simples caminhada diária de 30 min,é muito válido praticar algum exercício físico.Para aqueles que já tentaram malhar e não gostaram,aconselho praticar algum esporte.Pode ser uma natação perto da casa ou do trabalho.Uma aula de lutas marciais,um futebol com os amigos,um curso de salsa com marido ou a mulher,esgrima para os mais exóticos.

Existem centenas de esportes,vários tipos de dança e várias formas de trabalhar o corpo.Todas elas apresentam vantagens diferenciadas. A dança por exemplo queima calorias ou seja ajuda a emagrecer,já a musculação promove o enrijecimento da musculatura resultando num corpo definido.

Seja qual for sua escolha,seu coração vai ser eternamente grato!


Gabriela Torres

Título: Sedentarismo

Autor: Gabriela Torres (todos os textos)

Visitas: 0

631 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    30-06-2014 às 21:49:56

    O sedentarismo é um mal terrível na nossa sociedade. Mais pessoas a cada dia estão sedentárias, engordando ao máximo e trabalhando muito. É difícil mudar a rotina, até porque o cansaço se apodera de nós, mas temos que buscar forças e sair dessa! Depois que começa a fazer os exercícios, fica mais fácil! O importante é persistir sempre!

    ¬ Responder

Comentários - Sedentarismo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios