Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Desporto > Sedentarismo

Sedentarismo

Categoria: Desporto
Comentários: 1
Sedentarismo

Quando era pequena,minha mãe me matriculou em várias escolas esportivas.Fui matriculada em ballet clássico e moderno,jazz,sapateado,natação,volley,basquete e outros esportes que nunca gostei.

Sequer fazia minhas aulas de educação física no colégio,fugia sempre para algum banheiro ou qualquer outro lugar que eu pudesse me esconder.

Cresci e continuei fugindo da prática de exercícios.Nunca gostei de me mexer,posso dizer que sou uma preguiçosa nata.O único esporte que gosto é levantamento de copo e de garfo.Porém o tempo foi passando e eu comendo cada vez mais.Fazia dieta e não conseguia emagrecer e então desistia e voltava a engordar.

Até o dia que fui em uma nutricionista e a mesma me receitou uma dieta e exercícios físicos.Não aditava só fechar a boca eu precisaria malhar para emagrecer.Tive que fazer matrícula numa academia e optar por um pacote de ginástica e musculação.

Os primeiros dias foram bem ruins,mas depois meu corpo foi se acostumando.Até chegar ao ponto que se eu não malhasse um dia,teria que compensar no próximo dia.Devido a tamanha falta meu organismo sentia.

Hoje,quando tenho que malhar o faço com o maior prazer do mundo.Deixou de ser uma obrigação e se transformou em uma atividade agradável.

Sou uma ex-sedentária,mais ainda não virei "rata-de academia".Me cuido e sinto satisfação nisso.Todos deveriam tentar frequentar uma academia,uma coisa que pode ser ruim no começo pode se tornar muito prazerosa conforme ganha-se prática.

Nem que seja uma simples caminhada diária de 30 min,é muito válido praticar algum exercício físico.Para aqueles que já tentaram malhar e não gostaram,aconselho praticar algum esporte.Pode ser uma natação perto da casa ou do trabalho.Uma aula de lutas marciais,um futebol com os amigos,um curso de salsa com marido ou a mulher,esgrima para os mais exóticos.

Existem centenas de esportes,vários tipos de dança e várias formas de trabalhar o corpo.Todas elas apresentam vantagens diferenciadas. A dança por exemplo queima calorias ou seja ajuda a emagrecer,já a musculação promove o enrijecimento da musculatura resultando num corpo definido.

Seja qual for sua escolha,seu coração vai ser eternamente grato!


Gabriela Torres

Título: Sedentarismo

Autor: Gabriela Torres (todos os textos)

Visitas: 0

631 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    30-06-2014 às 21:49:56

    O sedentarismo é um mal terrível na nossa sociedade. Mais pessoas a cada dia estão sedentárias, engordando ao máximo e trabalhando muito. É difícil mudar a rotina, até porque o cansaço se apodera de nós, mas temos que buscar forças e sair dessa! Depois que começa a fazer os exercícios, fica mais fácil! O importante é persistir sempre!

    ¬ Responder

Comentários - Sedentarismo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios