Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Os benefícios do chá verde

Os benefícios do chá verde

Categoria: Alimentação
Comentários: 5
Os benefícios do chá verde

O chá verde auxilia na perda de peso, deixa a pele mais bonita e aparência mais jovem. Além de todos os benefícios que o chá verde proporciona a saúde do organismo, ele favorece a beleza de diversas maneiras, auxilia na perda de peso de forma saudável, protege a pele e previne o envelhecimento precoce. As xantinas (cafeína, teofilina, e teobromina) estão presentes no chá verde, portanto age no sistema nervoso central, acelerando o metabolismo e aumentando a temperatura corporal. Além de aumentar a mobilização de gordura estocada, assim, às calorias consumidas são queimadas mais rapidamente e há dificuldade de acumular novas gorduras. Combinando com uma dieta regula e equilibrada e prática regular de exercícios físicos, o chá verde, no entanto colabora para o emagrecimento saudável. Adicione-o à sua dieta.

Especialistas recomendam ingerir de 2 a 4 xícaras de chá da bebida por dia. Como o chá verde tem ação digestiva e diurética ele promove o bom funcionamento do intestino e combate a retenção de líquidos, reduzindo os inchaços. O consumo regular da bebida combate a barriguinha saliente resultado do mau funcionamento do sistema digestivo que por gerar acúmulo de gazes intestinais e prisão de ventre. Além do inchaço causado pelo acúmulo de líquidos, o chá verde também pode auxiliar na redução de olheiras. Mais para isso faça o chá com uma colher de sopa de chá verde e uma xícara de chá de água. Espere ferver, coe e despejei em uma forma de gelo. Leve para o congelador ou frízer por 3 horas. Aplique os cubos de gelo com chá verde nas pálpebras, deixando o tempo suficiente para não queimar a pele.

Recentemente tem sido investigada a possibilidade dos polifenóis também atuarem em células adiposas, estimulando a quebra de gorduras, afirma os médicos especialistas que na China as plantas medicinais quebram gorduras e faz com que eles caiam na corrente sanguínea e sejam metabolizadas mais facilmente pelo organismo. Saiba, porém pele saudável e bonita não é à toa que o chá verde já virou ingredientes de vários cosméticos. No mercado, é possível encontrar sabonetes, cremes hidratantes, óleos corporais e xampus que hidratam e protegem o corpo todo. Eles têm ação benéfica na pele, seu uso tópico promove a regeneração cutânea, equilibra a oleosidade e protege contra os danos solar, por ter ação antiinflamatória. Tome chá verde à beça. Ele realmente emagrece e desintoxica o corpo. Tome bastante chá verde e fique linda.

Waldiney Melo

Título: Os benefícios do chá verde

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 0

786 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 5 )    recentes

  • SophiaSophia

    15-06-2014 às 15:25:56

    Já sabia do seu grande poder e agora lendo seu texto sobre os benefícios do chá verde fiquei ainda mais animada para começar a tomá-la diariamente. Obrigada!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Daniela VicenteDaniela Vicente

    20-09-2012 às 21:22:44

    sempre soube que o chá verde é óptimo para emagrecer. o que origina esta consequência, ou seja, a causa deste emagrecimento é a cafeína presente, se bem que outros chás também têm uma componente à base de cafeína.não é um chá muito saboroso, mas toda a gente bebe porque tem a publicidade de perder peso associado a ele. o chá verde tem também antioxidantes, onde costumamos encontrar nos frutos vermelhos. tem ainda vitaminas.

    ¬ Responder
  • mimymimy

    24-05-2011 às 08:56:55

    Tomo o chá antes ou depois das refeições? O meu objectivo é perder a barriga e tonificar as coxas. Faço exercicio.

    ¬ Responder
  • Mestre Carlos da Magiamaria celestina

    10-05-2010 às 17:27:11

    obrigada pela informação tirei
    a dúvida sobre semente de linhaça.

    ¬ Responder
  • ELINDA MARIAELINDA MARIA

    18-08-2009 às 00:08:17

    para emagrecer eu tomo o chá antes ou depois das refeições e qtos copos . obrigada .

    ¬ Responder

Comentários - Os benefícios do chá verde

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os descendentes de Eça

Ler próximo texto...

Tema: Literatura
Os descendentes de Eça\"Rua
Recentemente, por via da comunicação social, soubemos da entrega do prémio Leya, a um trineto de Eça de Queirós. Julgo que bastou essa noticia, para que todos ficássemos curiosos sobre os seus descendentes…esse mistério, como o Mistério da Estrada de Sintra, começou a adensar-se entre quem se interessa por estas coisas da literatura e da genealogia…então aqui deixo algumas notas que poderão ser importantes para quiçá, um dia, um qualquer jornalista, ou editor, se lembre, de conseguir reunir todos os seus descendentes vivos e se tire uma fotografia de família.

José Maria Eça de Queirós, escritor pródigo da nossa nação, contraiu matrimónio em 1886, com Emília de Castro Pamplona Resende, condessa de Resende, deixando à data de sua morte, em Paris, quatro filhos como seus descendentes e herdeiros diretos; foram eles António Eça de Queirós, Maria Eça de Queirós, Alberto Eça de Queirós e José Maria Eça de Queirós; portanto três meninos e uma menina.
Através do site Geneall.net, foi possível perceber as linhas genealógicas que se seguiram aos seus filhos. No entanto, nem todos os nomes dos seus bisnetos e trinetos estão aí presentes, com certeza por motivos de ordem pessoal, de resguardo da privacidade, motivos que não podemos questionar. Porém, é possível, pelo menos determinar a existência desses membros da família queirosiana.

De antemão sabemos que não houve descendência por parte de dois dos seus filhos, António Eça de Queirós e de Alberto Eça de Queirós.
Maria Eça de Queirós teve dois filhos, uma menina e um menino, porém a menina morreu muito nova, ficando apenas o menino, de seu nome Manuel Pedro Benedito de Castro, que mais tarde casou com Maria da Graça Salema de Castro, a mulher que se tornou a primeira diretora da Fundação Eça de Queirós, na casa de Tormes, pertença da família da esposa de Eça de Queirós. Como Manuel Pedro Benedito de Castro não teve filhos, sabemos que por este ramo, terminou a descendência do escritor.

Convém, entretanto, acrescentar aqui uma curiosidade. Depois do regresso a Portugal da viúva de Eça, ela e os filhos, foram residir para a casa da Granja, pertencente à família de Sophia de Mello Breyner. Inicialmente como esta casa costumava ser arrendada pela família de Sophia, Emília de Castro, arrendou-a, vindo a compra-la uns anos depois. Portanto, é aqui nesta casa que ela cria os seus filhos, e é onde, José Maria Eça de Queirós, um dos seus filhos, permanece após a sua morte, tendo criado aqui os seus filhos e netos, e tendo aqui também falecido.

Podemos então seguramente afirmar que a sua grande linha de descendência parte do seu filho, com o mesmo nome, José Maria Eça de Queirós, que teve também ele, atente-se à curiosidade, quatro filhos, neste caso, ao inverso, um menino, e três meninas, respetivamente de seus nomes, Manuel Eça de Queirós, Maria das Dores Eça de Queirós, Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós e Emília Maria de Castro Eça de Queirós. Esta ultima, Emília, teve ao que consta nove filhos, sendo que um deles, Afonso Maria Eça de Queirós Cabral, é quem atualmente preside à Fundação acima citada, depois da morte da primeira presidente, referida atrás, Maria da Graça Salema de Castro.

Manuel Eça de Queirós por sua vez teve seis filhos, Maria das Dores Eça de Queirós teve três filhos, e Matilde Maria de Castro de Eça de Queirós, dois filhos. Somados, contabilizamos vinte, os bisnetos do famoso escritor. Seria interessante avançar um pouco mais nos ramos genealógicos e aflorar quem são ou pelo menos, quantos são os trinetos e tetranetos de Eça, por conseguinte fica aqui o desafio, pois é certo que porventura alguns destes descendentes não se conhecem, e nunca terão trocado qualquer impressão sobre o seu ascendente, para uns, bisavô, para outros trisavô, e ainda para outros, tetravô.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Os descendentes de Eça

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios