Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Desporto > Coordene os movimentos dentro da água

Coordene os movimentos dentro da água

Categoria: Desporto
Visitas: 6
Coordene os movimentos dentro da água

A natação é um dos desportos mais concorridos. Normalmente, os pais fazem questão de inscrever as suas crianças, ainda em idade pré-escolar.

Consubstancia, sem dúvida, uma fonte de genuíno prazer e imprime uma agradável sensação de intensa liberdade. Flutuar na água, por exemplo, é uma experiência deliciosa.

Não obstante, para se conseguir avançar para um processo de aprendizagem, há que vencer algumas barreiras, sendo que a primeira é o medo. Desde a infância que somos intimados a sentir quase pânico de nos aproximarmos da água. Alguns levam isto tão a sério que reduzem, inclusive, a frequência dos banhos de chuveiro… Na realidade, não dominando a técnica de nadar, o afogamento aparece como um risco iminente.

Controlar o ritmo respiratório é mais um elemento de suma importância. Somente este domínio perfeito da inspiração e da expiração confere segurança no que respeita a não engolir água.

A coordenação dos movimentos representa outro aspecto essencial para uma pessoa se manter à tona e para se deslocar. Pela sua relevância, tanto a respiração como a técnica devem ser aprendidas com professores de natação.

A pele, os pêlos e os cabelos podem oferecer resistência quando se está dentro de água, pelo que os nadadores de competição usam fatos e toucas produzidos com materiais que “escorregam” melhor, vencendo a oposição das pilosidades e afins.

Em termos das disputas de natação a alto nível, existem diferentes estilos: livre (mais habitual, e que propicia maiores velocidades), bruços (em que os movimentos são semelhantes aos de uma rã), costas e mariposa (que, embora com nome de borboleta, imita os golfinhos).

A natação é um dos desportos mais completos, exercitando o aparelho respiratório e a maioria dos músculos de maneira harmoniosa. Por esta razão, é recomendado no tratamento de afecções musculares e ósseas, constituindo uma terapia agradável e divertida. As senhoras costumam também acorrer a ela para moldar o corpo e atingir as linhas desejadas.

A natação pratica-se, regra geral em piscinas, mas no Verão os rios, as barragens e o mar são, igualmente, palco da actuação de autênticos “peixes” e “sereias”, directamente saídos de um conto de férias. Nestes espaços, porém, os cuidados têm de ser redobrados, porque os perigos acrescem bastante. O equipamento consiste no fato de banho e, opcionalmente, em óculos e touca.

É bom lembrar que a natação é requisito absolutamente fundamental para qualquer actividade aquática. Praticar surf sem saber nadar seria equivalente a jogar futebol sem saber andar!...

Não é preciso ser como Johnny Weissmüller, que foi o primeiro a nadar 100 metros em menos de um minuto, e que, à conta desse feito, foi convidado a participar em diversos filmes, como “Tarzan”, onde apareceu a dar espantosos mergulhos e a escapulir dos crocodilos; basta aprender a não se afundar!


Maria Bijóias

Título: Coordene os movimentos dentro da água

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 6

768 

Comentários - Coordene os movimentos dentro da água

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios